ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Irlanda: analistas do setor dizem que as cotas de produção da UE precisam ser mantidas

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 26/04/2002

1 MIN DE LEITURA

0
0
Os ministros dos países que fazem parte da União Européia (UE) estão considerando a possibilidade de remover o sistema de cotas de produção de leite em vigor no bloco, alegando que este pode estar criando uma ineficiência de produção. A sugestão foi feita em um relatório publicado pelo Departamento para o Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais (Defra) na segunda-feira, dia 22 de abril.

Caso essa medida seja possível de ser aplicada, o governo irá consultar a indústria sobre a possibilidade de uma mudança na legislação. O relatório do Defra veio em resposta ao documento feito pela "Força-Tarefa Leite", em janeiro deste ano.

A remoção do sistema de cotas de produção de leite da União Européia (UE) poderia ter grandes conseqüências para os produtores de leite da Irlanda, de acordo com uma análise feita pelos economistas do Teagasc Rural Economy Research Centre, Trevor Donnellan e Thia Hennessy. Os economistas demonstraram preocupação com o fórum da UE ocorrido nesta semana em Bruxelas para discutir justamente a possibilidade de remoção do sistema de cotas de produção de leite. Eles disseram que a remoção deste sistema poderá levar à expansão da produção de leite do bloco na ordem de 8%, com uma redução de cerca de 27% no preço médio pago pelo produto.

Os economistas alertaram também que a redução do preço do leite será ainda maior na Irlanda, devido à dependência deste país em relação aos programas de intervenção do governo europeu, bem como aos altos níveis da produção destinados ao mercado de exportação.

"Com os preços baixos, os produtores de leite irlandeses terão que mais que dobrar sua produção para conseguir manter sua renda atual. Entretanto, os altos custos desta expansão farão com que muitos produtores deixem a atividade".

Os economistas disseram também que os produtores que atualmente produzem cerca de 135 mil litros de leite ou menos por ano, o que significa cerca de 1 terço dos produtores irlandeses, não serão capazes de obter essa expansão na produção. Esses produtores teriam que investir mais de 55 mil euros (US$ 49,12 mil) para poder dobrar sua produção. Devido à sua atual escala, o nível de investimento não será sustentável.

Mesmo os grandes produtores de leite da Irlanda, com produção de 450 mil litros, precisarão aumentar sua produção em pelo menos 60% para manter sua renda, em uma situação de ausência de cota.

Fonte: Irish Examiner (por Ray Ryan) e Farmers Weekly (por Isabel Davies), adaptado por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint