ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Importações de leite em pó caem 26% em relação a maio

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 11/07/2012

1 MIN DE LEITURA

1
0
A balança comercial de lácteos em junho apresentou um déficit de 6.986 toneladas, 14% mais baixo quando comparado ao mês passado. Considerando o dado em valor, o déficit foi de 29,3 milhões de dólares, como pode ser observado na tabela 1.


Tabela 1: Balança comercial de lácteos - junho de 2012
Clique na imagem para ampliá-la.

Em relação ao mesmo período do ano anterior, as importações de produtos lácteos em volume foram 7% inferiores, com 793 toneladas importadas a menos do que em junho de 2011. Quando analisamos o valor em equivalente-leite (a quantidade de leite utilizada para produzir um quilo de determinado produto), foram importados 68,57 milhões de litros de leite em junho, 17% a menos do que mês passado e 17% a menos também que a quantidade internalizada em junho de 2011, que na época totalizou 82,16 milhões de litros, como pode ser visto no Gráfico 1.

Gráfico 1. Quantidade de equivalente-leite importada mensal



O volume total de produtos lácteos internalizados foi de 10.403 toneladas, o que representou o montante de 39,875 milhões de dólares. O produto de maior impacto nas importações foi o leite em pó (incluindo o integral e desnatado), com 5.256 toneladas, 26% a menos do que em maio; seguido do soro de leite (2.073 toneladas) e queijos (2.005 toneladas). Essa redução nas importações pode ser uma intimidação dos importadores frente a elevação da cotação do dólar nos últimos meses, mas ainda é cedo para avaliar.

Do total importado de leite em pó, a Argentina foi responsável por 51%, colocando no Brasil 2.669 toneladas (valor dentro da cota permitida). Em segundo lugar aparece o Uruguai com 39% de participação e 2.059 toneladas e por último o Chile, que no mês passado não enviou nada e agora exportou 528 toneladas.

O volume exportado de lácteos também diminui em relação a maio, havendo redução de 14% em relação ao mês passado, com 3.416 toneladas. Em valor, pouco se alterou totalizando um valor de R$ 10,59 milhões de dólares. O leite condensado, produto de destaque entre os exportados, teve seu volume reduzido em 37%, com 1.725 toneladas.

A matéria é da Equipe MilkPoint.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

AMAURIK

PASSA TEMPO - MINAS GERAIS - INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

EM 12/07/2012

Mais do que a elevação do dólar, o que intimidou a queda da importação foi a redução do preço pago no produto nacional. Nivelamos nosso mercado com os países do merco-sul com a diferença que carregamos o CUSTO BRASIL
MilkPoint AgriPoint