ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Governo de MG busca parceria de instituições privadas para reforçar programa do leite

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 30/06/2014

3 MIN DE LEITURA

0
0
A união de forças do Governo do Estado de Minas Gerais e instituições privadas, com o objetivo de fortalecer o programa Minas Leite, da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), será anunciada quinta-feira, 3 de julho, na abertura da 45ª Exposição Agropecuária de Governador Valadares. Durante o evento, que terá a presença do governador Alberto Pinto Coelho, haverá a assinatura de um Termo de Cooperação Técnica com a participação da Seapa e suas vinculadas Emater-MG e Epamig, do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo de Minas Gerais (Sescoop/Ocemg) e Sindicato das Indústrias de Laticínios do Estado de Minas Gerais (Silemg).

O objetivo do Minas Leite (Programa Estadual da Cadeia Produtiva do Leite) é promover a qualidade de vida dos produtores e suas famílias, por meio da qualificação gerencial e técnica dos sistemas de produção de leite, proporcionando-lhes ganhos econômicos, sociais e ambientais. Atualmente, o programa atende a 1.301 propriedades mineiras cuja produção média é de até 200 litros de leite, tendo na atividade a sua principal base econômico-financeira.

As instituições que compõem a parceria para expansão do Minas Leite no Estado devem elaborar uma agenda semestral de atividades relativas à implantação e ao acompanhamento das ações do programa nos municípios onde tenham atuação em comum. Também de acordo com o documento, a Secretaria da Agricultura responde pela gestão e supervisão das ações executadas pelas parceiras e vai elaborar anualmente a avaliação dos índices alcançados pelos produtores participantes do programa.

Além de fornecer aos parceiros informações relacionadas à atividade leiteira, a Seapa, por intermédio da coordenação do Minas Leite, realizará acompanhamento técnico às propriedades participantes do programa. Promoverá também dias de campo para os produtores, técnicos e representantes das instituições parceiras com o objetivo de difundir a tecnologia e avaliar os resultados alcançados.

Parceria público-privada

O acordo confirma a Emater como responsável pelas ações de assistência técnica aos produtores e fornecedores de leite que aderirem ao Minas Leite. Além disso, a Seapa garantirá a capacitação das instituições parceiras, garantindo o uso da metodologia adequada (software) nas novas propriedades a serem assistidas.

A Epamig deve manter os técnicos das instituições parceiras atualizados sobre as novas pesquisas aplicadas à bovinocultura. A empresa também participará dos dias de campo e outros eventos relacionados ao Minas Leite.

Já o Sescoop/Ocemg e o Silemg deverão dar suporte na realização de programas de capacitação nas fazendas experimentais da Epamig para os técnicos das cooperativas parceiras no programa Minas Leite. Também vão apoiar e patrocinar a publicação de material técnico e de divulgação do programa, bem como contribuir na realização de eventos do programa.

Segundo a assessora técnica da Pecuária da Seapa, Alessandra Botelho, o Minas Leite tem intensificado suas ações por meio de parcerias. Ela diz que o modelo proporciona bons resultados, e um dos exemplos é o trabalho desenvolvido na região Leste do Estado, onde serão diagnosticadas 150 propriedades leiteiras por meio da parceria com o Laticínio Porto Alegre.

Para o secretário André Merlo, o Minas Leite é um bom exemplo da eficiência das parcerias público-privadas no desenvolvimento de programas e ações do agronegócio. “A assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre o Estado, por meio da Seapa e vinculadas, com o Sescoop/Ocemg e o Silemg deverá contribuir para a expansão do programa no Estado, atendendo a um maior número de pequenos e médios produtores rurais de leite”, explica.

Reativação de escritório

Durante a solenidade de abertura da 45ª Expoagro de Governador Valadares, também será assinado pelo secretário André Merlo e o presidente da Emater, José Ricardo Ramos Roseno, o Convênio de Prestação de Serviços de Assistência e Extensão Rural no Município de Governador Valadares. Por meio do documento fica assegurada a retomada dos serviços da Emater no município por meio da parceria da empresa com a União Ruralista Rio Doce (URRD) e Rede Sicoob (Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil).

O secretário André Merlo diz que “a reativação do escritório atende a uma solicitação da sociedade, que reconhece a importância dos serviços prestados pela Emater ao desenvolvimento do agronegócio e à organização dos produtores rurais no município e região”.

Cooperação para pesquisa

Na abertura da Expoagro 2014 de Governador Valadares será firmado também um acordo de cooperação técnica para o desenvolvimento de pesquisa e transferência de tecnologia entre a Universidade Vale do Rio Doce (Univale) e a Epamig, com a participação da Secretaria da Agricultura. O documento será assinado pelo secretário André Merlo, diretor de Operações Técnicas da Epamig, Plínio César Soares, e reitor da Univale, José Geraldo Lemos do Prata. A parceria possibilitará o intercâmbio técnico-científico nas áreas de ensino, pesquisa, extensão e do desenvolvimento do agronegócio regional.

As informações são da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais.
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint