ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

FDA: Resíduos de drogas em amostras de leite cru declinam novamente

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 28/02/2014

2 MIN DE LEITURA

2
0
O relatório anual sobre testes de verificação de resíduos de drogas no leite da Food and Drug Administration (FDA), mostrou que os consumidores de lácteos do país estão mais seguros que nunca. De quase 3,76 milhões de amostras de leite testadas para resíduos de drogas animais no ano passado, somente 731 apresentaram resultado positivo. Além disso, e especialmente importante aos consumidores de lácteos, o FDA não encontrou resultados positivos em testes de resíduos de drogas em produtos lácteos pasteurizados que foram colocados à venda, de acordo com o resultados da Base de Dados Nacional de Resíduos de Drogas no Leite (NMDRD) do FDA.

As amostras de leite são testadas em vários passos da cadeia de fornecimento de lácteos, incluindo: 1) leite cru na fazenda; 2) caminhões-tanque que coletam o leite cru das fazendas leiteiras; 3) leite fluido pasteurizado e produtos lácteos embalados ou a granel; e 4) outros testes aleatórios na cadeia de fornecimento. O relatório apresenta um sumário dos dados das amostras e testes conduzidos durante o ano fiscal de 2013 (1 de outubro de 2012 a 30 de setembro de 2013). Todos os 50 estados e Porto Rico enviaram dados para esse relatório.

Vinte e seis métodos de testes foram usados para analisar as amostras para resíduos de drogas. Os testes foram reportados nas amostras para 10 grupos diferentes de famílias ou drogas individuais. Das 731 amostras positivas, quase 97% eram para beta-lactâmicos.

Somente 0,014% de todos os caminhões de leite cru (445 de 3,19 milhões) apresentaram testes positivos para resíduos de drogas medicinais animais no ano fiscal de 2013, menos que as 0,017% no ano fiscal de 2012. A regulamentação para produção de leite pasteurizado do tipo “A” requer que todo o leite transportado em caminhões sejam amostrados e analisados para resíduos de drogas animais antes de ser processado. Sempre que há resultado positivo, o leite é rejeitado para consumo humano. A quantidade de leite descartada nos anos fiscais de 2009 a 2013 continuou em declínio desde 2008, de acordo com o NMDRD.

Das 467.429 amostras de leite cru na fazenda, 281 (0,06%) apresentaram resultado positivo, resultando no descarte de 153.767 quilos de leite.

Das 55.408 amostras de leite coletadas de tanques em plantas ou transportadores de leite, cinco apresentaram resultado positivo para resíduos de drogas, resultando no descarte de 108.861 litros de leite.

Das 40.435 amostras de lácteos embalados testadas após a pasteurização, nenhuma apresentou resultado positivo.

Os produtores de leite e veterinários americanos usam medicamentos animais sob controles rígidos para tratar animais doentes. Os animais tratados são removidos da produção regular de leite e não retornam ao rebanho de ordenha até que o leite esteja livre de qualquer resíduo. Quando usado de acordo com as recomendações da bula, os medicamentos não devem resultar em nenhum resíduo no leite. Em casos raros, entretanto, misturas de registros de tratamentos e de identificação dos animais na fazenda podem levar a resíduos na oferta de leite cru.

O NMDRD é um programa de relatórios voluntário da indústria dos Estados Unidos. Relatórios obrigatórios são requeridos por agências estatais de regulamentação sob o National Conference on Interstate Milk Shipments (NCIMS).

Para ver o relatório completo (em inglês), acesse o site: https://www.kandc-sbcc.com/nmdrd/.

A reportagem é do Dairy Herd Management, traduzida e adaptada pela Equipe MilkPoint.
 

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

ESTÊVÃO DOMINGOS DE OLIVEIRA

QUIRINÓPOLIS - GOIÁS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 03/03/2014

E aqui no Brasil?



Como estão os resultados???
CLAUDIR JORGE KUHN

TOLEDO - PARANÁ - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 01/03/2014

Achei que fosse no brasil.
MilkPoint AgriPoint