ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

EUA: Censo de agricultura mostra diversidade

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 13/02/2009

1 MIN DE LEITURA

0
0
O número de fazendas dos Estados Unidos cresceu em 4% e os operadores destas fazendas se tornaram mais diversos nos últimos cinco anos, de acordo com os resultados do Censo de Agricultura 2007 divulgado recentemente pelo Serviço Nacional de Estatísticas Agrícolas (National Agricultural Statistics Service - NASS) do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

O Censo de 2007 registrou 2.204.792 fazendas nos EUA, um aumento líquido de 75.810 fazendas. Quase 300.000 novas fazendas começaram suas operações desde o último censo, em 2002. Comparado com todas as fazendas nacionalmente, essas novas fazendas tendem a ter uma produção mais diversificada, menos área, menores vendas e operadores mais jovens que também trabalham fora da fazenda.

Nos últimos cinco anos, os operadores de fazendas dos EUA se tornaram mais demograficamente diversos. O Censo de 2007 mostrou quase 30% mais mulheres como principal operadora. A quantidade de operadores hispânicos cresceu em 10% e a quantidade de operadores indianos, asiáticos e negros também aumentou.

Os dados do último Censo dos EUA mostram uma continuação da tendência em direção a mais fazendas pequenas e muito grandes e menos fazendas de tamanho médio. Entre 2002 e 2007, o número de fazendas com vendas de menos de US$ 2.500 aumentou em 74.000. O número de fazendas com vendas de mais de US$ 500.000 aumentou em 46.000 durante o período.

Os resultados do Censo mostram que a maioria das fazendas dos EUA é de operações menores. Mais de 36% são classificadas como fazendas residenciais/estilo de vida, com vendas de menos de US$ 250.000 e operadores com uma ocupação primária que não é a produção agrícola. Outros 21% são de fazendas de aposentadoria, que têm vendas de menos de US$ 250.000 e operadores que disseram que são aposentados.

O Censo de 2007 também mostrou que 57% de todos os produtores rurais dos EUA têm acesso a Internet, mais que os 50% de 2002. Pela primeira vez, em 2007, o Censo também avaliou o acesso à Internet de alta velocidade. Daqueles produtores que acessam a Internet, 58% disseram ter conexão de alta velocidade.

Mais informações sobre o Censo Agrícola dos EUA podem ser acessadas no site: www.agcensus.usda.gov.

A reportagem é da Drovers, traduzida e adaptada pela Equipe AgriPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint