ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Espanha: produtores descartam leite em protesto

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 17/05/2010

2 MIN DE LEITURA

1
0
Milhares de produtores de leite da Espanha se concentraram no final de semana dos dias 1º e 2 de maio, em diversos pontos do país, para denunciar o abuso de poder da distribuição comercial e de algumas indústrias lácteas. Para mostrar seu descontentamento, derramaram milhares de litros de leite devido à "situação limite que vive o setor".

A principal mobilização ocorreu em Madrid, na la Glorieta de Cuatro Caminos, em frente a um hipermercado de capital francês e foi convocada pelas organizações agrárias ASAJA (Associação Agrária de Jovens Agricultores), COAG (Coordenadora de Organizações de Agricultores e Pecuaristas), UPA (União de Pequenos Agricultores e Pecuaristas) e cooperativas agroalimentares, onde participaram cerca de 500 produtores, de várias comunidades produtoras de leite. Além de derramar leite, os produtores atiraram ovos contra a fachada do centro comercial.

Os manifestantes repartiram folhetos em que explicavam que custa aos produtores 0,40 euros (US$ 0,50) para produzir um litro de leite e os grandes centros comerciais estão vendendo o produto a 0,43 euros (US$ 0,54). Nesses três centavos de euros deveriam ser incluídos os gastos de processo industrial (transporte, elaboração, embalagem), mais o benefício da indústria e da própria distribuição.

As cooperativas agroalimentares reclamaram um maior controle por parte das administrações para evitar essas posições de abuso e para revitalizar o "espírito" do acordo lácteo assinado no ano passado, além de fazer uma clara aposta pelo setor lácteo tradicional.


Fonte: EFE


Fonte: Europa Press

O presidente da Asaja, Pedro Barato, insistiu na necessidade de pagar um preço justo ao produtor, que está vendendo com perdas há muitos meses e garantiu que "se pode viver dignamente da profissão". O presidente da UPA, Lorenzo Ramos, disse que o setor não aguenta mais essa situação que está levando à ruína os pecuaristas e disse que o produtor tem que receber "um preço mínimo que pelo menos cubra os custos de produção".

Em outros pontos da Espanha também houve mobilizações. Em Asturias, dezenas de pecuaristas descartaram em Villaviciosa 12 mil litros de leite. Em Castilla y León se repetiram os protestos ocorridos em Ávila, Segovia, Saldaña. Em todos esses locais, foram derramadas milhares de litros de leite.

Por outro lado, os preços do leite baixaram 2% na Espanha em março, com relação ao mês anterior, e também registraram quedas na França, enquanto apresentaram leve alta na Alemanha, segundo os últimos dados da Comissão Europeia. Na Espanha, o preço do litro do leite foi de 0,2883 euros (US$ 0,3664) em março.

Em 12/05/10 - 1 Euro = US$ 1,27791
0,78670 Euro = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

As informações são do Abc.es, traduzidas e adaptadas pela Equipe MilkPoint.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

DARLANI PORCARO

MURIAÉ - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 17/05/2010

Nossas forças sindicais , onde temos nossa representante maior que é a senadora Kátia Abreu, deveria juntamente com representantes de outros paises do mundo , que passam pelas mesmas dificuldades que o nosso , que é , o valor recebido pelo produto , menor que o seu custo de produçao , fazer um movimento uníco mundial forte , para que o produtor seja respeitado e possa viver uma vida normal , e não com uma corda no pescoço feita geralmente por banqueiros.
MilkPoint AgriPoint