ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Congresso Internacional da Embrapa volta a Goiás

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 25/10/2005

2 MIN DE LEITURA

0
0
De 28 a 30 de novembro, a Embrapa Gado de Leite realiza a quinta edição do Congresso Internacional do Leite. O evento irá ocorrer no Estado de Goiás, no Centro de Convenções de Goiânia, onde o congresso teve sua origem. Lá, em 1999, foi realizado o Primeiro Simpósio de Sustentabilidade da Pecuária de Leite, que no ano seguinte se desdobrou no Congresso Internacional.

Segundo o chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Paulo do Carmo Martins, o evento volta renovado e fortalecido à sua origem, "consolidando-se como um espaço privilegiado para o encontro dos diferentes agentes da cadeia produtiva". Martins explica que a opção por Goiás para ser novamente o palco das principais discussões do setor se deve à pujança da pecuária de leite no Estado. "Além do aumento contínuo da produção, Goiás vem dando lições de organização da cadeia produtiva".

Políticas públicas

O Estado vem disponibilizando linhas de crédito especiais para os produtores e prima por políticas públicas que beneficiem o setor. Ações de relevância como a campanha de combate ao carrapato e o Arranjo Produtivo Local (APL) dão provas de que o leite se tornou um tema prioritário na pauta do governo estadual.

O debate sobre políticas públicas ganhou espaço nobre no congresso. "Um setor que passa por rápidas transformações precisa buscar convergências rápidas. O debate é fundamental para solidificar políticas favoráveis para a cadeia produtiva", diz Martins.

Dos dois dias de palestras e debates, o primeiro terá como foco questões econômicas que envolvem o setor. Martins diz que "a crise de oferta vivida nos primeiros meses deste ano deixou a cadeia produtiva em alerta, de janeiro a março de 2005 a pecuária de leite teve um crescimento de 13,7% comparado ao mesmo período do ano passado". O aumento da demanda não acompanhou este crescimento e interferiu negativamente nos preços pagos aos produtores. "Teremos chance de debater soluções para estes e outros problemas durante o congresso", afirma Martins.

Além das questões político-econômicas, palestras técnico-científicas sobre a sustentabilidade da produção serão a tônica do segundo dia de evento. Estarão presentes representantes dos principais países exportadores. A realização do Congresso conta com o apoio do Governo de Goiás; CNPq, FAEG; OCB e diversas outras instituições.

Entre os temas discutidos, estão o mercado mundial de lácteos; o comércio internacional de lácteos: oportunidades e ameaças para os exportadores; pontos fortes e dez desafios para a cadeia produtiva leiteira; pagamento por qualidade; qualidade do leite e saúde animal; integração lavoura/pecuária; estratégias de gestão da propriedade leiteira e Produção sustentável de leite.

Fonte: Embrapa Gado de Leite (por Rubens Neiva), adaptado pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint