ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Balança comercial de lácteos: Importações de leite em pó crescem 54% em agosto

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 14/09/2012

1 MIN DE LEITURA

10
0
A balança comercial de lácteos em agosto apresentou um déficit de 9319 toneladas, 46% maior do que o valor observado no mês anterior. Considerando os dados em valor, o déficit foi de 34,9 milhões de dólares, 28,5% maior que julho, como pode ser observado na tabela 1.

Tabela 1 - Balança comercial de lácteos - Agosto de 2012



Em relação ao mesmo período do ano anterior, as importações do Brasil registraram ligeiro aumento de 0,5% em volume. No entanto, em termos de valor, as importações caíram 9,8% na comparação com agosto de 2011. Tal fato ocorreu devido à queda na importação de queijos, produto de maior valor agregado na balança comercial de lácteos, que teve sua demanda de importação reduzida de 3700 toneladas em agosto de 2011 para 1700 toneladas em agosto de 2012. Esta redução no valor dos itens importados causou a diminuição do déficit mensal do saldo da balança comercial, que em agosto de 2011 foi de 38 milhões de dólares e em julho de 2012 reduziu-se para 34 milhões de dólares.

A análise do volume em equivalente-leite (a quantidade de leite utilizada para produzir um quilo de determinado produto), mostra que foram importados 88,35 milhões de litros de leite em agosto, aumento de 44,6% frente a julho e de 3,8% em relação a agosto de 2011, como pode ser visto no gráfico abaixo.


Fonte: MilkPoint, a partir de dados do MDIC

Após registrar queda de 6% entre junho e julho, as importações de leite em pó subiram vertiginosamente (54%). O volume importado de leite em pó subiu de 4.947 toneladas para 7.609. O principal fornecedor de leite em pó do Brasil foi o Uruguai, responsável por 4.325 toneladas, 57% da quantidade internalizada do produto. Os outros 43% foram importados da Argentina, que enviou3283 toneladas de leite em pó para o mercado brasileiro. No mês de agosto, não houve importação de produtos lácteos provenientes do Chile.

Quanto às exportações, houve crescimento de 14,6% no volume exportado e de 35,7% em valor. Isto se deve ao substancial aumento de leite modificado exportado, que foi de 419 toneladas em agosto frente a apenas 53 toneladas em julho.

Por Carlos Venturini, Equipe MilkPoint

10

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MARIA BEATRIZ TASSINARI ORTOLANI

PIRACICABA - SÃO PAULO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 16/10/2012

Presada Mariza,

Acesse:https://www.milkpoint.com.br/cadeia-do-leite/estatisticas/estatisticas-do-leite-milkpoint-80417n.aspx

Qualquer dúvida entre em contato.

Atenciosamente,

Bia Ortolani
MARIZA SANTANA

SÃO PAULO - SÃO PAULO - INDÚSTRIA DE INSUMOS PARA A PRODUÇÃO

EM 15/10/2012

bom dia!


Gostaria de saber se é possível ter acesso ao histórico das tabelas - Balança Comercial de Lácteos 2011 e 2012.





Obrigada
ANDERSON LUIS DE RESENDE

COROMANDEL - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 23/09/2012

Brasil!!! Nós produtores pagamos a conta, e o governo fica bonito na fita. Vamos reagir, vamos cobrar providências de nossos representantes no Senado, Câmara dos Deputados e entidades ligadas à pecuária leiteira. Soluções existem basta mobilizarmos.
VALMIR LEANDRO SCHATZ

ITAPIRANGA - SANTA CATARINA - REVENDA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS

EM 20/09/2012

Não dá pra compreender... estamos (brasil) exportando milho... aqui no sul já está dificil de conseguir e produtores estão pagando até 36-38 reais a saca , já o farelo de soja mais de R$ 1500 por ton, desta forma enxugando a margem (se é que ainda tem) de lucro na venda do leite... e por outro lado ainda vem esta enxurada de leite sendo importada, como ficamos nós os produtores????
DARLANI PORCARO

MURIAÉ - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 19/09/2012

E lástimável a nossa situação , tudo ficando mais caro,mão de obra difícil, e o leite com remuneração menor do que o início do ano , que pelo menos chovia, dava para levar, agora complicou .  Como o mercado está bem suprido pelo leite que vem do mercosul , então não tem aumento ou voltar ao prêço do início do ano.
EDMAR CASSIANO

UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 18/09/2012

Tenho apenas 2 anos na produção de leite, que é modesta média 350/mês, porém, enquanto ficarmos contrabalançando a balança comercial  do mercosul com Uruguai, Argentina e Chile, iremos bancar esta diferença do custo/produção. Com certeza, alguém está ganhando esta diferença e, não é o produtor brasileiro, pois a política é esta, quem quiser fica e banque.


Me dá dó de ver os pecuarista do nordeste, mendingar um pouco de milho para manter os animais vivos e, sem nenhuma expectativa para eles. O Brasil precisa rever os conceitos, valores de quem produz neste país. Afinal de contas, o que vem segurando a nossa balança, ainda é agro business.
MARCIO DIAS

ITAJUBÁ - MINAS GERAIS

EM 18/09/2012

Está na hora de falar


Parar com o movimento ou desanimar com este ramo que é produzir leite,não faz parte de nós,mas precisamos levantamos a cabeça e seguirmos em frente. A crise do leite e antiga, precisamos unirmos as nossas forças e idéias para mostrarmos ao governo a importancia do segmento e o nosso valor. Precisamos abrir as porteiras de nossas propriedades para olharmos o que está  por vir e abrir a voz.
MARCIO DIAS

ITAJUBÁ - MINAS GERAIS

EM 17/09/2012

Com tanta importação de leite em pó que vem de fora, será que vale a pena produzir leite neste pais?
ELIZARIO PEDROZO

ENÉAS MARQUES - PARANÁ - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 17/09/2012

O que mais podemos esperar?

Ou melhor, será que não está na horar de Parar?
ÂNGELO MÁRIO LACERDA

UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 17/09/2012

Este governo não faz nada pelo produtor. O Uruguai exporta para o Brasil o volume que quiser e o ministro se quer cria uma cota.

É lamentável.

MilkPoint AgriPoint