ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

AUS: Fonterra reduz pagamento aos produtores

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 08/01/2009

1 MIN DE LEITURA

2
0
A processadora de lácteos australiana Fonterra Austrália, subsidiária da gigante neozelandesa Fonterra, anunciou na última semana de dezembro cortes no preço pago pelo leite aos produtores. A companhia disse a seus fornecedores na Austrália que reduziria seu preço base do leite para janeiro de 2009 em 7 centavos (4,98 centavos de dólar) por quilo de gordura e 17 centavos (12,11 centavos de dólar) por quilo de proteína.

O diretor gerente da Fonterra Austrália, Bruce Donnison, enviou uma carta a seus fornecedores informando sobre o corte nos preços, que levará o preço base de janeiro ao preço de abertura de junho de 2008. "Nossas expectativas para o restante da estação permanecem abaixo de quaisquer previsões anteriores. Consequentemente, estamos em processo de revisão de nossos níveis de preços para o período de fevereiro a junho de 2009".

De sua sede em Auckland, na Nova Zelândia, a Fonterra Cooperative Group Ltd, maior exportadora de lácteos do mundo, disse que a queda nos preços das commodities e o enfraquecimento da demanda poderão forçar um corte no preço pago pelo leite nesta estação.

O presidente da Fonterra, Henry van der Heyden, disse que os preços mundiais de manteiga, leite e queijos caíram cerca de 53% com relação aos preços recordes de 13 meses atrás. Isso reflete a desaceleração econômica global, que prejudicou a demanda por commodities.

"Não há dúvidas, agora, que existem pressões de baixa nos pagamentos (aos produtores de leite da Nova Zelândia e da Austrália)", disse Van der Heyden. "O contínuo declínio nos preços internacionais de commodities, somado à piora nos efeitos da crise financeira global, estão contribuindo com isso".

Em 06/01/09 - 1 Dólar Australiano = US$ 0,71272
1,40308 Dólar Australiano = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

A reportagem é do Farm Weekly, publicada no site Farmonline.com.au, adaptada e traduzida pela Equipe MilkPoint.

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MARCELO SILVA BRAGA

VARGINHA - MINAS GERAIS

EM 08/01/2009

É lamentável concluir, inclusive pelo que indica a matéria, que a economia passa por uma readequação dos valores. Possivelmente nada será como antes, e a princípio haverá uma reeducação de preços, seja com produtos industrializados ou produtos de base. Num segundo momento, como acontecia, os produtos industrializados passam a se reajustar e os produtos primários continuam com os preços abaixo dos custos de produção. No entanto, como será tudo novo, diferente, pois temos uma condição financeira sem precedentes, que encontremos um mecanismo de parametro também novo, que não seja a indexação pelo petróleo.

Vale lembrar, que embora com preços mínimos bem mínimos, o governo parece ter acertado ao lançar o PEP, que ainda dá para corrigir para os próximos leilões.
MARIANO

SANTA FÉ - MÍDIA ESPECIALIZADA/IMPRENSA

EM 08/01/2009

Excelente informe, mis felicitaciones, los invito a conocer la pagina de las pymes argentinas a www.pymeslacteas.com.ar
Un abrazo.

Ing. Mariano Viroglio
MilkPoint AgriPoint