ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Argentina: queda na produção e nos preços do leite

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 03/01/2001

2 MIN DE LEITURA

0
0
O preço do leite na Argentina em outubro, segundo uma pesquisa feita com os produtores de leite pela Revista Infortambo, apresentou redução de mais de 3% com relação a setembro, tendo média de US$15,48 por 100 litros.

Tabela 1


Os dados sobre os preços do leite em outubro encontram-se na tabela abaixo:

Tabela 2
* Última atualização em 06/12/00

Comentários gerais sobre o preço do leite na Argentina para o mês de novembro:

Sancor

A Sancor definiu o preço para o leite A para US$14,50/100 litros em novembro (3,47% de gordura e 3,13% de proteína). Também para esse mês, o preço do excedente foi de US$12/100 litros (a base é de abril - agosto). Segundo algumas fontes, a empresa aumentaria o preço do leite para o mês seguinte.

Sereníssima

A Sereníssima não modificou os preços de outubro, continuando em US$2,9 o preço da proteína. Como resultado positivo, a empresa fechou contratos esse mês de 2500 toneladas de leite em pó com o México, 2000 toneladas com a Argélia e 1000 toneladas de manteiga com a Rússia. Os preços foram US$2150/ton, US$2100/ton e US$1400/ton, respectivamente.

Graças a essas exportações, a Sereníssima diminuiu sua luta pelo mercado interno de queijos. Agora, estão destinados para a fabricação de queijos para o mercado interno 400 mil litros diários de leite da fábrica de Trenque Lauquen, ao invés dos 700 mil que tinham sido programados.

A Sereníssima recebeu em novembro diariamente 4,9 milhões de litros de leite, cerca de 6% a menos que em outubro. A baixa deve-se principalmente aos litros destinados aos produtores de queijos que pagaram preços melhores no inverno e começo da primavera. O panorama do oeste da província de Buenos Aires está complicado.

Milkaut

A Milkaut reduziu em novembro o preço do leite em 2%, pagando preço único. Seus produtores estão recebendo cerca de US$0,15/litro.

A Milkaut captou em novembro a média de 1,33 milhão de litros de leite/dia. O pico de recebimento ocorreu na segunda quinzena de outubro, tendo queda na primeira quinzena de novembro devido às fortes chuvas ocorridas na Argentina.

Williner

O preço do leite em novembro foi:

- destinado ao mercado interno (80%): US$3/kg de sólidos;

- destinado ao Mercosul (20%): US$2,9/kg de sólidos

- destinado ao extra-Mercosul (excedente): US$2,8/kg de sólidos.

Esses valores, dependendo da porcentagem dos diferentes volumes, equivaleria a cerca de US$14,20/100 litros, o que denota queda de 3,5%.

O recebimento de leite em novembro foi de 1,1 milhão de litros diários. Houve queda na primeira quinzena do mês, com relação à primeira quinzena de outubro, mas a expectativa até o fechamento dessa pesquisa era de que novembro terminasse com recebimentos similares aos de outubro. Com relação a novembro de 1999, o recebimento está 4% menor.

fonte: Infortambo, por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint