ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Argentina: produtores de leite reivindicam US$ 0,11 o litro

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 15/04/2002

2 MIN DE LEITURA

0
0
Os produtores de leite das províncias argentinas de Santa Fé e Córdoba, que são responsáveis por 66% da produção total de leite do país, e compõem a principal bacia leiteira da América Latina, reclamaram na semana passada, em suas respectivas províncias, um preço base de 30 centavos (US$ 0,11) para o leite pago ao produtor no mês de abril.

Os produtores disseram que se as indústrias não aceitarem este preço - que, na prática, significa um aumento de 10 centavos (US$ 0,04) em relação ao preço de março - tomarão medidas de ação direta, que incluiriam não somente o bloqueio da saída dos produtos terminados às gôndolas, mas também, a não entrega do leite às fábricas.

"Sinceramente, estamos outra vez em pé de guerra", disse o presidente da Federação dos Centros Produtores de Leite (Facet), Gustavo Colombero, um dos participantes do encontro realizado na semana passada, na cidade de Sastre.

Proposta

Os produtores de Santa Fé estão pretendendo levar esta proposta à reunião que ocorrerá hoje na sede do Ministério da Produção, que deveria ter sido realizada na semana passada, mas foi adiada devido à ausência dos representantes do setor industrial. Em Córdoba, um encontro similar ocorrerá amanhã.

"Com relação à questão do pagamento, creio que não somente para nós, mas para todos os demais setores envolvidos com este tema, é necessário determinar um mecanismo de fixação automática dos preços, que acabe de uma vez por todas com as posições dominantes, porque isso significaria que as partes teriam encontrado um ponto de equilíbrio e cada um saberia em que se apoiar", disse Colombero.

O membro da Associação dos Produtores de Leite de Santa Fé (Aplesafe), Carlos Chiavassa, ressaltou a importância da unidade obtida pelos produtores de leite de Santa Fé e Córdoba, mas deixou claro que a decisão das medidas de ação direta será resolvida somente na quarta-feira, em um encontro que será realizado na cidade de São Francisco, em Córdoba.

Vale lembrar que, durante o mês passado, os produtores de leite de ambas as províncias argentinas protagonizaram uma semana de protesto, por não terem recebido uma resposta favorável ao pedido de fixação do preço do leite em 20 centavos (US$ 0,07) o litro, que, até então, estava entre 9 e 13 centavos (US$ 0,03 e US$ 0,05).

Apesar do acordo ocorrido entre a indústria e a produção, que resultou em uma recomposição dos valores, cerca de 25% dos produtores de leite da região centro-oeste de Santa Fé deixaram a atividade, sendo que muitos deles substituíram a produção de leite por outra cultura, como a soja.

Fonte: La Nación (por José E. Bordón), adaptado por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint