ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

ARG: governo prepara plano de resgate do setor leiteiro

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 09/10/2008

1 MIN DE LEITURA

0
0
O secretário de Comércio Interior da Argentina, Guillermo Moreno, está negociando com um setor da indústria de lácteos um novo acordo que consiste em fixar o preço do leite pago ao produtor em 1 peso (US$ 0,31) por litro em troca de o Estado comprar - por um valor a ser determinado - o estoque de excedente de leite em pó e queijos presente no mercado local.

Em 30 de setembro venceu o acordo firmado em 2 de julho entre a Secretaria do Comércio Interior, o Centro da Indústria Leiteira (CIL) e representantes de produtores de leite das províncias de Córdoba e Santa Fé, por meio do qual se estabeleceu que os pagamentos de julho, agosto e setembro teriam um preço mínimo pago aos produtores de 0,94 pesos (US$ 0,29) por litro. Entretanto, em muitos casos esse acordo não foi cumprido, dado que os preços pagos ao produtor ficaram abaixo do piso estabelecido.

A Confederação das Associações Rurais de Buenos Aires e La Pampa (Carbap) rechaçou a proposta ao considerar que "hoje a indústria de lácteos não está em condições de pagar nem os 0,94 pesos (US$ 0,29) pelo litro de leite cru".

"Entendemos que o secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Alimentação, Carlos Cheppi, deve firmemente recusar essas inovações e soluções mágicas impossíveis de cumprir", disse a entidade por meio de um comunicado.

A reportagem é do Infocampo, traduzida e adaptada pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint