ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

ARG: governo pede acordo entre indústrias e produtores

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 18/12/2009

1 MIN DE LEITURA

0
0
O secretário de Comércio Interior da Argentina, Guillermo Moreno, solicitou aos dirigentes do setor industrial de leite que façam um acordo de preços com os representantes dos produtores de leite.

Durante o encontro realizado na última terça-feira (15) na sede do Comércio Interior, em Buenos Aires, em que participaram dirigentes do Centro de Indústrias Lácteas (CIL) e da Associação de Pequenas e Médias Indústrias Lácteas (Apymel), Moreno confirmou que o Governo nacional deixará de pagar em 2010 o subsídio de 0,20 pesos (US$ 0,05) por litro e que serão as indústrias que deverão recompor o preço pago aos produtores para que esses possam receber pelo menos 1,10 pesos (US$ 0,28) por litro. Moreno comunicou que, no caso do setor leiteiro não chegar a um acordo nos próximos dias, ordenará uma nova intervenção das exportações lácteas.

Desde quarta-feira começaram os contatos entre dirigentes do CIL e da Apymel para tentar chegar a um acordo. Os primeiros estão integrados por firmas com um forte perfil exportador e outras muito concentradas com o mercado interno, enquanto que o grosso do faturamento das pequenas e médias empresas se origina da venda local de queijos. Por isso, a capacidade de pagamento no setor é bastante desigual.

Os representantes da Apymel ofereceriam aceitar o compromisso de um aumento escalonado de preços ao produtor em troca de que o preço atacadista dos queijos comercializados registre um aumento de 10% (ainda que a autorização disso pelo Governo não garanta a aceitação por parte das cadeias de supermercados).

Uma vez que os representantes das companhias e das pequenas e médias empresas de lácteos cheguem a um acordo sobre os preços que podem pagar aos produtores a partir de janeiro, os representantes dos produtores serão convocados para tentar fechar o acordo entre todos.

Em outras oportunidades, Moreno interveio no mercado de lácteos para provocar uma queda dos valores do leite recebido pelos produtores. Agora, o secretário vem insistindo com uma melhora nos preços do leite e com um acordo exigido aos industriais.

Em 17/12/09 - 1 Peso Argentino = US$ 0,2619
3,8115 Peso Argentino = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

A reportagem é do Infocampo, adaptada e traduzida pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint