ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Anvisa propõe aviso para alérgicos em rótulos de alimentos e bebidas

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 06/05/2015

1 MIN DE LEITURA

0
0
Em breve, rótulos de alimentos e bebidas trarão alerta sobre a presença de substâncias que causam alergias. A medida faz parte de uma proposta de resolução da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), obtida pela Folha, e que será apresentada em audiência pública na quarta­-feira (06/05).

Pelo texto, rótulos terão que informar a presença de nove grupos de substâncias, que hoje respondem por 90% dos casos de alergias, segundo a agência.

São eles: trigo e derivados, crustáceos, ovos, peixes, amendoim, soja, nozes e
castanhas, leite e látex natural.

Hoje, a Anvisa já obriga as empresas a informarem os ingredientes, mas não havia uma norma que determinasse isso de forma clara. Várias substâncias são colocadas no rótulo com letrinhas miúdas e nomes técnicos.

Para o médico Fábio Castro, professor de imunologia clínica e alergia da USP, a inclusão de avisos no rótulo pode reduzir o número de casos de reações causadas por esses produtos. "Hoje, o número de pessoas com alergia está aumentando de forma absurda", diz. "E as pessoas têm dificuldade de saber o que contêm os alimentos. Não adiantar colocar caseína se a pessoa não tem a menor ideia de que é uma proteína do leite."

Agora, a ideia é que os avisos passem a constar com destaque abaixo da lista dos ingredientes. A proposta prevê que a letra seja igual ou maior à do restante da embalagem, com o aviso "Alérgicos: contém [...]".

Empresas também terão que informar sobre possíveis casos de contaminação cruzada, quando uma máquina utilizada para fabricar um produto pode ter resíduos de outras substâncias. Nesse caso, será usada a expressão "pode conter".

Após a audiência pública, o projeto de mudança do rótulo passará por reunião da diretoria colegiada da Anvisa. Se aprovado, a indústria terá um ano para se adaptar.

Para o diretor Renato Porto, a principal dificuldade era criar uma regra de forma a não passar uma imagem negativa –ou até mesmo positiva– sobre a presença ou não de algumas substâncias. "Temos que tomar cuidado para não restringir a dieta da população brasileira sem justificativa. Alimento não é vilão. Só é para quem tem alergia", afirma.

As informações são do jornal Folha de São Paulo.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint