carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

IBGE: em 2015, produção de leite brasileira caiu 0,4% em relação ao ano de 2014

postado em 30/09/2016

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O IBGE divulgou os dados da Pesquisa Pecuária Municipal, referente a dados da produção brasileira de leite do ano de 2015. O ano apresentou produção total de 35 bilhões de litros de leite, número inferior em 0,4% em relação ao ano de 2014.

Gráfico 1 - Produção brasileira de leite.


Igualmente ao ano de 2014, a Região Sul liderou em números de produção de leite, com 12,32 bilhões de litros, sendo responsável por 35,2% da produção nacional. A Região Sudeste teve a segunda maior produção em 2015, representando 34% do total.

Gráfico 2 - Produção de leite por região (em milhões de litros).



No comparativo dos estados, Minas Gerais se destacou novamente como principal produtor de leite, apresentando 9,14 bilhões de litros, o que corresponde a 76,8% da Região Sudeste e 26,11% do total da produção nacional. Em segundo lugar esteve o Estado do Paraná, com produção de 4,66 bilhões de litros de leite em 2015. A região Centro-Oeste representou 13,7% da produção nacional de leite, sendo que o Estado de Goiás representou 73,3% da produção da região.

A produtividade média da produção de leite no Brasil foi de 1.609 litros/vaca/ano, em 2015, correspondendo a um crescimento de 5,7% em relação à observada em 2014 (1.525 litros/vaca/ano). O Rio Grande do Sul apresentou a maior produtividade dentre os estados, com 3.073 litros/vaca/ano, um aumento de 1,3% em 2015, comparado ao ano anterior. A menor produtividade foi encontrada no Estado de Roraima (345,2 litros/vaca/ano).

Vacas ordenhadas

O número total de vacas ordenhadas atingiu 21,75 milhões de cabeças, valor 5,7% inferior ao de 2014 (representado por 23,06 milhões de cabeças), com as regiões Sudeste e Nordeste apresentando as maiores participações: respectivamente, 34,3% e 19,8% do total nacional.

As informações são do IBGE.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint Indústria, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade