Autor

Mensagem

davi g pottes

Diferença entre vermifugação oral e injetável


Enviado em 16/09/2011

Boa Noite a todos.
Bem tenho uma pequena criação de ovinos - 200 matrizes. Onde faço a vermifução de 2 em 2 meses, sempre oral. Mas surgiu uma duvida. Qual a diferença entre um vermifugação oral e uma injetável? Qual é a mais recomendável para ovinos?

Jaime de Oliveira Filho

Enviado em 16/09/2011

Boa noite
A diferença não existe, só que vc tem que pensar que não existe prazo para vermifugar o rebanho e sim deve verificar a necessidade para isso.
O uso do método Famacha, onde verifica a mucose do ôlho, que tem uma classificação de 1 a 5, onde 1 e2 são bem vermelha ,3 já é um rosa claro ,4 rosa quase branco e 5 branco onde já começa aparecer papera e o animal fica bem magro, não é bom chegar neste estágio, vermifúga os animais que apresentarem a classificação de 3 a 5, deve ser feito todo mes.
Outro método mais certo e fazer o OPG(ovos por grama de fezes) fazendo 10% do rebanho, onde um profissional da área realizará , sendo este mais preciso e havendo a necessidade de vermifugar deve depois de 7 a 14 dias fazer nova coleta para verificar se os nº de ovos diminuiu pelo menos 90%, para verificar se o vermifúgo esta fazendo efeito satisfat´rio.
Não se deve mudar todas as vezes o princípio para não provocar resistência aos vermes.

Jordana Andrioli Salgado

Enviado em 23/11/2011

Há pouca diferença entre as formas de administração de anti-helmínticos, a única coisa é que deve-se tomar cuidado na forma em como se administra. Nos dois casos os animais devem ser pesados para o cálculo correto da dose.
Na administração injetável os cuidados são referentes à via correta (intramuscular ou subcutânea) e na higiene de agulhas e seringas.
Na administração oral, cuidados com refluxo do medicamento (o animal pode "cuspir") e falsa via (causa pneumonia secundária). Recomenda-se deixar os animais em jejum à noite para a aplicação oral de dia. A administração oral é de mais fácil manejo pelos funcionários, entretanto, também é mais fácil o erro da dose.

josé roberto da silva

Enviado em 09/12/2011

Nunca aplicar vermifugos em todo o rebanho. Use o metodo famacha, acompanhe o re sultado, marque os animais resistentes e OPG neles

Flávio belmonte R. da Silva

Enviado em 22/07/2012

Olá, pessoal.
Os vermífugos via oral estão ficando mais escassos. o mercado oferece mais os injetáveis.
eu não gosto de fazer injeções . é mais extressante, mais trabalhoso e deixa sequelas, como caroços, etc...
A  desverminação via oral, além da pesagem ,requer um bom jejum, para maior eficiência.
Abraço

Adriano

Enviado em 18/09/2012

Olá pessoal, A poucos dias detectei no meu rebanho de ovinos uma borrega com oestrose(bicho da cabeça) é possivel salvar este animal ainda. o que preciso fazer???

Jaime de Oliveira Filho

Enviado em 18/09/2012

Voce pode aplicar ivermectina, a larva fica localizada na via nasal e incomoda muito formando também muito muco.
Vide bula.

Adriano

Enviado em 19/09/2012

Obrigado Jaime pela orintação.

Mariana Pompeo de Camargo Gallo

Enviado em 16/10/2013

Olá pessoal,

Para os interessados no assunto, o curso "Controle parasitário em ovinos e caprinos" esta com inscrições abertas.

O curso começa no dia 12/11, e o instrutor Marcelo Molento, irá ensinar as principais técnicas para prevenir e controlar parasitas além de tirar as dúvidas relacionadas ao tema no fórum do curso.
Aproveitem!
Inscrições no site : http://www.agripoint.com.br/curso/controle-parasitas/

Liel da silva amaral

Enviado em 03/05/2014

Boa tarde meu nome e Liel sou acadêmico formando em medicina veterinária estou precisando de um artigo sobre verminose,estou fazendo meu TTC E preciso de mais conhecimento a respeito dessa virose que causa grande prejuizo no setor da ovino cultura..se puder  me enviar alguma coisa desde já agradeço....
leoaamaral@hotmail.com esse e meu e-mail  ok

Flávio belmonte R. da Silva

Enviado em 04/05/2014

Olá Liel. sou criador de ovinos no RGS. fiz o curso que está sendo anunciado pela Mariana aí acima. é excelente. tu aprendes muito sobre o assunto verminose. não deixe de fazer. outra dica: o livro " doenças parasitárias de Caprinos e Ovinos, epidemiologia e controle"
Vários autores, inclusive o Professo Molento. editado pela  EMBRAPA, é muito bom. tu achas no site. abraço

Flávio belmonte R. da Silva

Enviado em 04/05/2014

QUANTO Á VIA DE APLICAÇÃO, ACRESCENTO AO QUE FOI DITO ACIMA O SEGUINTE:
Prefiro a via injetável por dispensar  o jejum e porque aprendi a aplicar na virilha, na aba solta que liga a perna à barriga. é uma pele solta , a aplicação é indolor e pode ser feita com o animal de pé, o que diminui o extress(?) e não encaroça. dá um pouco mais de trabalho , mas acho que vale a pena pelas vantagens.
outra via utilizada, que facilita a aplicação e não encaroça é na pela atrás da orelha.
Saudações a todos.

Jaime de Oliveira Filho

Enviado em 06/05/2014

Bom dia Flávio
  Ambos são eficientes para combate desde algumas análises,mas a questão da metodologia é a quantidade a ser dada por animal,na maioria recomenda 1ml/50kg,e isso muitas vezes não é respeitado Ex.: um animal de 35kg e se aplica 1ml,a super dosagem ou a sub  dosagem coopera para os vermes criarem resistência ao principio e aí como se faz,agora se a pessoa tem bem conhecimento e experiência de saber o peso do animal ou faz uso de uma balança e usa uma seringa com melhores recursos de graduação,aí sim eu  acho bem eficiente na maneira como vc expôs.  

Flávio belmonte R. da Silva

Enviado em 06/05/2014

totalmente de acordo Jaime.
Eu procuro pesar meus animais com certa regularidade e tenho uma boa noção do peso.
obrigado

jose carlos damaceno

Enviado em 21/05/2014

o lá, tenho um rebanho de 250 ouvelhas e 120 cabras,só vermifugo de 6 em 6 meses  de uma para outra, quero saber se estou certo ou errado, a minha propriedade fica no nordeste região da caatinga.( sento-sé ba) , josé carlos damaceno.

Jaime de Oliveira Filho

Enviado em 22/05/2014

Boa  noite José Carlos
   Se vc consegue  este feito está de parabéns ,pois vc deve estar com seu rebanho em lugar bem seco,alimentação geralmente arbusto,um ambiente deste é favorável a criação de pequenos ruminantes.
    Mas ocorre algum caso de morte que vc acha ser devido a verminose?

bergamo neto

Enviado em 27/05/2014

Bom dia os meus carneirinhos de 2 a 3 meses de idade eles estão morrendo ele fica fraco e não quer andar a barriga cresce e deita até morrer, aplico vermifugo normal e continua morrer

bergamo neto

Enviado em 27/05/2014

Bom dia os meus carneirinhos de 2 a 3 meses de idade eles estão morrendo ele fica fraco e não quer andar a barriga cresce e deita até morrer, aplico vermifugo normal e continua morrer

bergamo neto

Enviado em 27/05/2014

Bom dia os meus carneirinhos de 2 a 3 meses de idade eles estão morrendo ele fica fraco e não quer andar a barriga cresce e deita até morrer, aplico vermifugo normal e continua morrer

bergamo neto

Enviado em 27/05/2014

Bom dia os meus carneirinhos de 2 a 3 meses de idade eles estão morrendo ele fica fraco e não quer andar a barriga cresce e deita até morrer, aplico vermifugo normal e continua morrer

Jaime de Oliveira Filho

Enviado em 27/05/2014

Boa tarde Bergamo Neto
    Eles estão com as mães ainda,ficam a pasto,recebem alguma ração fora pasto,o pasto como está bom ou ruim,o vermifugo que tem dado qual é?,
Faz quanto tempo que vc está dando este vermifugo para seus carneiros?
veja o olho dos cordeiros na parte dos cilius de baixo e veja a cor que está,se estiver muito branco é sinal que é verminose e se deu e continua branco depois de alguns dias, é sinal que não tá fazendo efeito,então cabe mudar para outro vermifugo.
Mas me fala qual vc tá dando ,para que se possa orientar mais.
Aguardo

bergamo neto

Enviado em 27/05/2014

Obrigado Jaime pela resposta:
Vamos lá eles estão ainda com as mães e o pasto está muito baixo e estou dando um pouco de milho puro e farinha de milho , e estou dando o ricobendazole oral da ouro fino dei já faz 3 meses e dei a outra semana passada e os olhos estão bem brancos, pelo que mais vi um está bem ruim e vai morrer também, ele fica parado não corre.
o ano passado estava em Itu-sp dando Ripercol, agora comprei um sitio em Porangaba-sp e trouxe eles para cá e não achei mais o ripercol por aqui por isto comprei este.
Obrigado Neto

Jaime de Oliveira Filho

Enviado em 27/05/2014

Boa noite
O o principio albendazole é um dos mais antigos vermifugos,dificilmente encontrei uma criação que não tivesse já a resistência a esse princípio,por isso deve procurar urgente
o Ripercol e dar para eles e compre também Ferrodex e B12,o ferro para recuperar a anemia e a B12 para fazer ele comer novamente,sugiro prendê-los durante o dia para não se contaminarem mais ainda até se recuperarem e deixar  mamar à noite quando prender com as mães ,se acaso dormem presos, poderia comprar uma ração ou fazer se quiser fazer,vou lhe dar uma receita
-milho moído-68 kg
-farelo de soja-29 kg
-sal mine ral-1,5 kg
-calcário calcítico -1 kg
e não esquecer de cortar um capim bem verdinho para eles comerem e não jogue no chão ponha em um lugar que eles possam ir puxando ,sem pisar encima.
E providencie urgente Ripercol,ou pode ser também o Diantel(Closantel),muito bom ,mas respeite a dosagem certa ,dando o vermifugo , aplicar 3 ml de ferrodex,no pernil dele( muscular profunda),e dar 2 ml de B12,durante 5 dias consecutivos e sempre verificar a mucose do olho pois ela falará se o animal está respondendo ao tratamento e  comida neles e veja as ovelhas tb,  se precisar vermifugue também.
aguardo  notícias

bergamo neto

Enviado em 28/05/2014

Bom dia Jaime , não sei como lhe agradecer já vou por em pratica tudo isto, depois lhe aviso o resultado, mais uma vez muito muito obrigado o que vcê precisar de mim estou a sua disposição , abraços Neto.

naoko matsushima teixeira

Enviado em 06/07/2014

Eu tenho umas 60 cabeças de cabra e tenho sério problema de verminose. Gostaria de saber se a administração de VER-MI-SAL é, realmente, eficiente como na propaganda na TV e qual o método para administrar esse produto.
Obrigada, Naoko Matsushima Teixeira

naoko matsushima teixeira

Enviado em 06/07/2014

Eu tenho umas 60 cabeças de cabra e tenho sério problema de verminose. Gostaria de saber se a administração de VER-MI-SAL é, realmente, eficiente como na propaganda na TV e qual o método para administrar esse produto.
Obrigada,
Naoko

Jaime de Oliveira Filho

Enviado em 07/07/2014

Bom dia Naoko
  Não tenho nenhuma informação,mas como já ouvi falar muito comprei um pouco e vou fazer uso para certificar

ISAEL OLIVEIRA DE SOUTO

Enviado em 18/07/2014

TENHO UM REBANHO DE OVINOS NO SEMIÁRIDO DO RN, E GOSTARIA DE SABER SE FARMAZOLE É UM BOM VERMIFUGO? E COMO DEVO TRATAR DE OVELHAS COM PNEUMONIA?

Jaime de Oliveira Filho

Enviado em 18/07/2014

Boa noite Isael
Primeiro lugar,o que vc tem dado a seu animais de vermifugo?
Este Farmazole que vc fala aqui,pode ser bom ou não depende muito de como vc tem vermifugado seu animais,pois existe resistência a certos princípios e não é o fato de vc fornecer qualquer vermifugo que terá algum efeito positivo.
vc conhece o sistema Famacha,o qual se vê a mucosa ocular do animal e quando tiver da cor rosa claro é sinal de anemia que é provocado por vermes sugadores de sangue,por isso a verminose,se não conhece esse sistema procure aqui mesmo no Farmpoint que existe artigos explicando dele.
Para mais alguma dúvida escreva de novo e tentaremos atender.

Jaime de Oliveira Filho

Enviado em 18/07/2014

Boa noite Isael
Primeiro lugar,o que vc tem dado a seu animais de vermifugo?
Este Farmazole que vc fala aqui,pode ser bom ou não depende muito de como vc tem vermifugado seu animais,pois existe resistência a certos princípios e não é o fato de vc fornecer qualquer vermifugo que terá algum efeito positivo.
vc conhece o sistema Famacha,o qual se vê a mucosa ocular do animal e quando tiver da cor rosa claro é sinal de anemia que é provocado por vermes sugadores de sangue,por isso a verminose,se não conhece esse sistema procure aqui mesmo no Farmpoint que existe artigos explicando dele.
Para mais alguma dúvida escreva de novo e tentaremos atender.

Flávio belmonte R. da Silva

Enviado em 19/07/2014

caros amigos.
Não pretendendo me sobrepor ás orientações do Jaime Oliveira, colaboro com o seguinte: estes vermífugos citados acima(ripercol, albendazole, etc..) já encontram muita reistência. é preciso buscar outros princípios ativos.
Para alguns sei que é difícil, mas é importante uma análise através de exame de fezes, para saber que vermífugo estã fazendo efeito.
A utilização do método famacha é extremamente importante!
Eu aprendi, no curso do DR. Molento que o melhor vermífugo que existe é COMIDA. animal saudável e bem alimentado apresenta resistência natural.
Abraço a todos.

Responder ao tópico:

10.000 caracteres restantes

Enviar mensagem

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade