FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

O estresse e a baixa conversão alimentar interferem na produção de bovinos

Por: Departamento de Marketing – Animais de Produção UCBVET Saúde Animal (14/12/2018)

Os ruminantes ocupam um nicho importante na pecuária moderna, e o aumento da produtividade dos mesmos depende de um bom manejo nutricional, sanitário e reprodutivo que começa muito antes do bezerro nascer, porém, em casos de doenças ou de deficiências de origem nutricional, o comprometimento do apetite em animais debilitados é um achado comum, fato importante a ser considerado, e que deve ser tratado imediatamente para a pronta recuperação do animal e para que não haja comprometimento no futuro.

 É de suma importância destacar, que o uso de medicamentos auxiliares na restauração do apetite do animal é importante para que o mesmo retorne ao seu desenvolvimento e desempenho normal de acordo com a sua aptidão produtiva.

Diante do exposto, avaliou-se em um estudo, a eficácia do PHENODRAL um tônico estimulante das funções metabólicas dos animais, produzido pela UCBVET Saúde Animal desde 1956. O produto é composto por metilarsinato de sódio 300 mg, citrato de ferro amoniacal 300 mg e solução milesimal de adrenalina 1,5 mL.

Segundo Lavinas (2012) os medicamentos veterinários contendo mertilarsinato de sódio são utilizados como estimulantes de nutrição. De acordo com Spears (1995) a deficiência de ferro está relacionada à diminuição da imunidade, principalmente quando relacionada a infestações parasitarias e doenças de perda crônica de sangue. Já a adrenalina, é uma catecolamina que exerce efeitos diversos sobre o metabolismo em geral, provocando um efeito calorigênico em diferentes órgãos e tecidos (Adams, 2003).

 O experimento com o PHENODRAL foi realizado com 20 bovinos jovens debilitados com escore corporal 2 e a influência deste produto nos parâmetros clínicos, laboratoriais e ganho de peso. A idade média foi entre 8 a 12 meses, divididos em dois grupos de 10 animais cada, sendo cinco machos e cinco fêmeas/grupo (Grupo Controle – GI e Grupo Tratado – GII).

Os animais do grupo GII receberam três doses de 15 mL do produto PHENODRAL® administrado, a cada seis dias (D0, D+6 e D+12), via I.V., e o grupo GI recebeu administração de solução fisiológica 0,9%, via I.V. Os resultados mostraram que o ganho de peso no grupo GII foi superior ao grupo controle GI, principalmente, nos momentos antes e após aplicação do produto, e uma diferença estatística mais evidente no momento D+28 em comparação ao GI. Os resultados encontrados para os parâmetros avaliados foram consumo de ração, ganho de peso semanal e conversão alimentar semanal ressaltando-se que, os animais tratados ingeriram maior quantidade de ração resultando em um ganho de peso maior (figura 1) em função de melhor conversão alimentar em comparação aos animais do grupo controle.

 Além disso, por outro lado, os valores de cortisol no grupo GII diminuíram após a aplicação do produto PHENODRAL assim como as concentrações de glicose em comparação ao GI, demonstrando assim a eficiência do produto PHENODRAL® na melhoria do desempenho dos animais tratados.

Figura 1: Média do peso corporal dos bovinos dos grupos Controle e

 Tratado durante o período experimental.

Sendo assim, o uso do produto PHENODRAL se mostrou eficaz na melhora do quadro de estresse dos bezerros com escore corporal baixo, fato este evidenciado pela diminuição do nível de cortisol e queda na concentração sérica da glicose.

Portanto, a administração de três doses do produto PHENODRAL em bovinos por via intravenosa, com intervalos de 6 dias a cada dose, pode ser indicado para auxiliar na reabilitação física dos animais, aumentar o consumo de ração e consequentemente diminuir as sobras de alimento, potencializar o desenvolvimento ponderal e melhorar a conversão alimentar.

 

Protocolo de aplicação

D0----------------D6---------------D12

15 mL             15 mL            15 mL

 

 

 

Para mais informações, consultar publicação em: ARS VETERINARIA, Jaboticabal, SP, v.32, n.1, 009-015, 2016.

5

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MAYRA ISHIZUKA

TAQUARITUBA - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 23/07/2019

Pode ser usado em qualquer bezerra saudavel, com pouco ganho de peso, em qualquer idade?
ALEXANDRE FONSECA DE PAULA

SANTA RITA DE IBITIPOCA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 22/04/2019

Pode ser usado associado ao potenay
MARCOS ANTÔNIO DE OLIVEIRA FERREIRA

JABOTICABAL - SÃO PAULO

EM 22/04/2019

Bom dia Alexandre, obrigado pela pergunta.
Sim. O Phenodral pode ser utilizado juntamente com o Potenay ou qualquer outro produto vitamínico, lembrando que nosso produto é um estimulador de metabolismo, o que estimula o apetite do animal, frente a isso a aplicação de complexos vitamínicos conjuntamente proporciona um tratamento e resposta excelentes.
DANIEL ANTUNES AMORIM

CRUCILÂNDIA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 17/12/2018

Gostaria de saber se vacas holandesas a pasto podem utilizar esse medicamento, sem riscos. Obrigado.
MARCOS ANTÔNIO DE OLIVEIRA FERREIRA

JABOTICABAL - SÃO PAULO

EM 17/12/2018

Olá Daniel,

Sim, o Phenodral é indicado para bovinos e equinos em todas as suas categorias. Não há riscos se a aplicação for realizada conforme as indicações em bula. Além de vacas holandesas a pasto, recomendamos aplicar também (vide bula) em bezerras de casinha para melhor desempenho, reduzindo o estresse e melhorando a conversão alimentar. Em caso de dúvidas, entre em contato pelo SAC: 0800-160024.