ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Mastite em novilhas

NOVIDADES DOS PARCEIROS

EM 04/05/2021

2 MIN DE LEITURA

0
0

O retorno financeiro da pecuária leiteira é proveniente principalmente da produção das vacas em lactação. Por outro lado, há a necessidade inevitável e constante de descarte de uma pequena parcela desses animais. Esse descarte ocorre por vários motivos como baixos índices reprodutivos, produção de leite muito inferior à média, senilidade, enfermidades etc. Visto isso, uma categoria destaca-se como peça fundamental para manutenção e reposição do rebanho: as novilhas.

O que muitos não sabem é que, embora as novilhas normalmente pareçam muito saudáveis, podem apresentar mastite, doença muito comum nas vacas em lactação. A presença da mastite nessa categoria geralmente é silenciosa (subclínica), não sendo notada no início da vida produtiva, o que pode significar sérios prejuízos ao produtor, visto que muitas vezes ele só nota a doença meses depois (Babcock, 2002).

A ciência comprova que índices relativamente altos de mastite são comuns em novilhas. Segundo Fox (2009), a prevalência de quartos infectados varia aproximadamente de 29 a 75% no período pré-parto e cerca de 12 a 45% no pós-parto. Já uma pesquisa neozelandesa relatou que 18,5 a 21,5% dos quartos mamários das novilhas estudadas, apresentaram cultura positiva três semanas antes e cinco semanas após o parto (Compton et al., 2007).

Há indícios de que as infecções da glândula mamária nessa categoria prejudicam o desenvolvimento do tecido glandular, interferindo negativamente na diferenciação das células secretoras e, consequentemente, na futura produção de leite da novilha (Trinidad et al., 1990). Além disso, em fazendas em que há realização de monitoramento periódico, pode ser detectado alterações na Contagem de Células Somáticas (CCS), que em algumas situações perduram até o fim da lactação.

Quanto as medidas de prevenção e controle da mastite em novilhas, recomenda-se evitar a mamada cruzada entre bezerras, promover nutrição adequada, melhora da higiene e conforto nas instalações, cuidados com lesões nos tetos e úberes, além de controle de moscas, que por ventura podem contribuir para a transmissão de agentes infecciosos (Vliegher et al. 2012; Nickerson et al. 1995).

Além da profilaxia, é de extrema importância a identificação e tratamento das fêmeas acometidas. Segundo Sampimon et al. (2009), a solução desse tipo de problema é o tratamento antimicrobiano das vacas doentes, sendo evidenciada por Oliver et al. (2003) a utilização de Cloxacilina, que quando administrada nos primeiros 14 dias do período seco, reduz em mais de 60% a prevalência de mastite nas novilhas. O uso do selante intramamário à base de Subnitrato de Bismuto também é indicado, apresentando redução de quase 70% nos casos de mastite clínica nessa faixa etária (Parker et al. 2007).

A sugestão da JA Saúde Animal para o combate e controle da mastite em novilhas é o uso do Intrasec VS, aliado ao SelaTeto. Intrasec VS é um eficaz antimicrobiano intramamário à base de Cloxacilina Benzatina 600 mg, com formulação exclusiva em veículo de liberação lenta, atuando com eficácia por até duas semanas na glândula mamária. Já o Selateto, um selante intramamário à base de Subnitrato de Bismuto, atua como formador de barreira mecânica no esfíncter do teto, impedindo a entrada de novos micro-organismos.

As referências desse artigo podem ser solicitadas através do e-mail do autor:  eduardorezende@jasaudeanimal.com.br

 

Este é um conteúdo da JA Saúde Animal

 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint