ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Começa hoje: "Índices Zootécnicos: como calcular, interpretar, agir" com Rodrigo de Almeida

NOTÍCIAS AGRIPOINT

EM 29/04/2016

2 MIN DE LEITURA

0
0

No dia 09/05, começará o curso online "Índices Zootécnicos: como calcular, interpretar, agir” com o professor Rodrigo de Almeida.

O objetivo deste curso, é ensinar aos participantes a interpretar os resultados produtivos de uma propriedade leiteira, fornecendo conhecimento para que aprendam a avaliar os principais índices zootécnicos da atividade, buscando o ponto ideal de equilíbrio entre o resultado técnico e econômico.

Rodrigo de Almeida, é professor do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal do Paraná, responsável pelas disciplinas de Produção de Bovinos de Leite e Corte e Técnicas Avançadas em Formulação de Rações. É Médico Veterinário formado pela UFPR, realizou mestrado em melhoramento animal pela McGill University, Montreal, Canadá e doutorado em nutrição de ruminantes pela ESALQ/USP. Atua também como consultor na área de nutrição de bovinos em propriedades leiteiras do Paraná e em confinamentos de bovinos de corte no Centro-Oeste.

Durante o curso, Rodrigo falará sobre os índices produtivos, nutricionais, reprodutivos, sanitários e econômicos, explicando sua importância e como calcular. Os alunos terão acesso a um material completo com videoaulas, textos e exercícios. Além disso, poderão tirar suas dúvidas com o professor diretamente através do fórum de perguntas.

Confira abaixo algumas das perguntas respondidas nas últimas edições do curso:

Aluno- Sobre o índice "dias em leite", gostaria de saber qual a importância deste índice na produção leiteira?

Rodrigo- "O índice "dias em leite" tem muita importância na produção de leite. Por melhor que seja a nutrição, o manejo e a sanidade de uma fazenda, se o dias em leite estiver muito alto, não há como as vacas produzirem muito leite, porque basicamente elas estão em média num estádio de lactação menos produtivo."

Aluno- Como associar taxa de descarte e vida produtiva? Qual seria o período mais adequado na média para manter um animal no rebanho?

Rodrigo- "Minhas recomendações variam de 20-25% de taxa de reposição anual (20% para os rebanhos mais extensivos e 25% para os rebanhos intensivos e confinados). Descartar muitas vacas é ruim, mas descartar poucas vacas é tão ruim quanto.

As desvantagens da taxa de descarte muito altas é que neste caso, provavelmente estaremos descartando muitas vacas jovens e temos que lembrar que uma vaca precisa de 1,5 a 2,0 lactações para amortizar o investimento que foi feito na sua criação. Uma outra desvantagem de descartar muitas vacas é que a idade média do rebanho será menor e assim teremos uma alta proporção de vacas de 1 e 2 partos, as quais produzem menos leite, e uma baixa proporção de vacas com 3 e 4 partos, as quais normalmente produzem maiores volumes.
"

Aluno- Professor, quanto a repetibilidade, é recomendado descartar vacas por baixa produção logo ao final da primeira lactação, porém, esses animais ainda vão melhorar nas próximas lactações. Qual o percentual que essas vacas em primeiras lactações, podem melhorar nas próximas lactações?

Rodrigo- "Você tem razão em afirmar que todas as vacas irão produzir mais leite na segunda lactação do que na primeira. Mas este aumento ocorrerá tanto nos piores como nas melhores primíparas. Ou seja, o que comentei foi que primíparas que produziram menos leite do que outras primíparas na primeira lactação, muito provavelmente continuarão sendo vacas menos produtivas nas lactações seguintes."

Participe do curso online "Índices Zootécnicos: como calcular, interpretar, agir” e aproveite esta oportunidade de tirar dúvidas com um dos maiores especialista no assunto!

Ou entre em contato:
contato@educapoint.com.br
(19)3432-2199
Whatsapp (19) 99817- 4082

 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint