ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Colostragem, sucedâneos, infraestrutura: confira alguns dos temas debatidos no curso sobre aleitamento de bezerras

NOTÍCIAS AGRIPOINT

EM 28/08/2015

1 MIN DE LEITURA

0
0
O Curso Online "Aleitamento de bezerras com sucedâneos lácteos" já começou e ainda há vagas disponíveis para quem quiser participar.

Muitos assuntos fundamentais para obtenção de sucesso na criação de bezerras, já estão sendo discutidos no fórum de perguntas. Confira abaixo algumas das perguntas respondidas pela instrutora Carla Bittar :

Aluno- "Bom dia Carla, ao fazer o descongelamento do colostro armazenado em garrafa PET em banho-maria, devo ir retirando o leite da garrafa à medida que ele for descongelando ou posso esperar o descongelamento total?"

Carla Bittar - "O ideal é ir retirando por que acelera o descongelamento e você não arrisca de super aquecer aquilo que já foi descongelado. É muito importante descongelar a temperatura correta (máximo de 55 °C), de forma que o calor não desnature os anticorpos fazendo com que percam sua função biológica."

Aluno- "Prof. Carla, gostaria de saber sua opinião sobre, quando iniciar o uso de sucedâneo lácteo, de boa qualidade, sem fibra . Logo após o colostro (total: até 3 dias ) . Ou tenho que usar leite da vaca para depois iniciar o uso de sucedâneo lácteo?"

Carla Bittar- "Se o sucedâneo for de boa qualidade podemos utiliza-lo já a partir do segundo dia de vida do animal, logo após o período de colostragem. Temos ótimos resultados com sucedâneos de qualidade durante todo o período de aleitamento."

Aluno- "Gostaria de obter algumas informações sobre os bezerreiros modelo argentino ou uruguaio, onde os bezerros ficam presos através de uma corrente em um arame e a alimentação fica nas extremidades do arame. Vou construir um modelo deste agora em julho e estou preocupado quando começar a chover, se tenho de cobrir alguma das extremidades ou os bezerros aguentam bem as chuvas. Eu só coloquei um sombrite no meio para proporcionar sombra para os bezerros."

Carla Bittar- "O sistema argentino tem sempre um sombrite em uma das pontas do arame a que o bezerro está preso, exatamente para que tenha acesso a sombra e algum abrigo contra chuva. Se você está em região muito chuvosa, e principalmente de chuva no inverno, seria melhor utilizar um telhado ao invés de sombrite. Em qualquer instalação temos que atender as necessidades básicas do animal: acesso a água, alimento e sombra, além de local seco e limpo para se deitar."

Quer aproveitar esta oportunidade de tirar suas dúvidas diretamente com a instrutora Carla Bittar? Clique aqui e inscreva-se neste Curso Online!

Ou entre em contato:
cursos@agripoint.com.br
(19)3432-2199
Whatsapp (19) 99817- 4082
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint