FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

"Nada além da natureza" uma grande revolução para fazendas leiteiras

A mais de cinco anos iniciamos na Verde Campo um projeto audacioso e silencioso, que envolveu toda a nossa cadeia de suprimentos, incluindo leite e insumos como polpas, aromatizantes, proteínas, adoçantes, acidulantes dentre outros componentes.

A motivação maior do projeto no início foi de alinhar ingredientes às nossas crenças. Fazia todo sentido modificar insumos e processos artificiais por tecnologias a volta do que é natural. Em um primeiro momento, isso se deu muito mais motivado pelo que acreditamos do que por interesse de agregar mais um diferencial comercial.

Antes de mais nada, precisávamos manter vivos os nossos valores durante o desenrolar do projeto, seguindo o que respeitamos ao longo da nossa história. Todos os dias da vida da Verde Campo foram guiados por três crenças fundamentais:

- Como a gente faz importa;
- Nossos produtos são especiais
- Compartilhamos benefícios.

Essa redação vai muito além de simples teoria, ou formalidade. Qualquer pessoa quando entra na Verde Campo se integra em uma linha de pensamento e cultura que não a permite agir de forma desconectada com esses conceitos. Quem não consegue incorporar acaba sendo naturalmente excluído, muitos outros mudam de vida quase sem perceber, positivamente influenciados por esses valores.  Para iniciar o projeto de tão longo prazo, qual era o grande desafio?

Seria tirar sorbato de potássio da linha de iogurtes ou não utilizar corantes, aromatizantes e nenhum ingrediente que tenha processos artificiais na sua elaboração?

Na verdade, o grande desafio foi assumir o compromisso não só de ter um produto sem aditivos, mas sim de uma empresa inteira com o conceito de “zero artificiais”. O trabalho que se anunciava era enorme, e essa magnitude até então não conhecida e inovadora só tinha um início possível: no enraizamento da cultura.

Dentro da estrutura organizacional já havia um sólido trabalho de respeito as crenças com os colaboradores, que era e continua sendo renovado a cada dia. A ação fundamental que permitiria não fazer uso de artificiais passava por ter o nosso principal ingrediente em qualidade extremamente alta, o leite.

Para isso, entendemos que não bastava somente bater porteira com trabalho técnico. Precisávamos naquele momento motivar produtores parceiros a abraçar a nossa cultura. A entender que “Como eles fazem importa”, que “Produzem leite especial” e que “Compartilham benefícios” diretamente com os nossos consumidores, na medida que eles podem ter em suas casas produtos diferenciados, que não seriam o que são sem o leite especial.

Esse trabalho de “formiguinha” se deu de forma discreta quase silenciosa, na implantação das certificações de Boas Práticas. Para se ter qualidade, é muito mais fácil a partir da implantação de métodos bem definidos e da transferência de valores éticos do que por simples transferência de tecnologia. Certificações foram surgindo: originalmente tínhamos a BPF (Boas Práticas na Fazenda). Era um bom início, de uma metodologia mais básica e abrangente em vários aspectos.

Daí evoluímos por fragmentar esses procedimentos em quatro setores, “dando nome aos bois”. Aposentamos a BPF e criamos as certificações BPP (Boas Práticas de Produção), BPBEA (Boas Práticas em Bem-Estar Animal), BPA (Boas Práticas Ambientais) e a BPCS (Boas Práticas em Conformidade Social).

Dessa forma, conseguimos de tempos em tempos evoluir em conceitos que até então eram desconexos e muito complexos para as fazendas administrarem de forma isolada. Permanecemos na seleção de quais produtores topavam essa “aventura” complexa e gratificante e intensificamos o trabalho técnico de qualidade de leite e gestão de fazendas - porque afinal de contas para o produtor tudo isso faz muito sentido, mas ele precisa se rentabilizar com a atividade. 

A grande revolução silenciosa apareceu anos depois. Conseguimos assumir o compromisso de ter uma empresa inteira que somente usa ingredientes naturais na elaboração de nossos produtos.

E os fornecedores da Verde Campo chegaram ao objetivo de nos proporcionar um leite com padrão altíssimo, várias vezes superior a padrões legais europeus em CBT e CCS. Essas fazendas crescem a altas taxas, entre cinco a oito vezes superiores à média de crescimento da produção nacional.

E eles conseguiram ainda mais - incorporaram uma cultura vencedora, onde valores fundamentais de vida se sobrepõem a simples lucratividade de uma atividade. E por isso mesmo trazem para si, naturalmente, um ciclo virtuoso de sucesso, crescimento e lucratividade de forma perene.

Outro dia, um parceiro produtor me questionou: “O que vocês estão planejando dessa vez?” Achamos engraçado, rimos bastante e mudamos para outros assuntos.

Tentando responder a essa pergunta, posso dizer que estamos sempre planejando coisas novas. Somos inovadores de ofício, mas inovadores do bem. Tudo o que fazemos com esses conceitos só tem gerado coisas boas que se estabelecem na rotina de nossos parceiros, clientes e sociedade.

Nada nessa grande revolução seria possível sem nossos parceiros produtores de leite e para eles em especial eu digo: Somos todos Verde Campo, e a Verde Campo é “Nada Além da Natureza”.

SÁVIO SANTIAGO

Gestor de Matérias Primas Lácteas da Verde Campo,
empresa do grupo Coca-Cola especializada em lácteos saudáveis. Pioneira na produção de produtos sem lactose. Tem na linha produtos reduzidos em sódio, zero açúcar e proteinados.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

ANTÔNIO CARLOS DE SOUZA LIMA JR.

GOIÂNIA - GOIÁS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 06/03/2019

Parabéns equipe Verde Campo pela revolução que estão fazendo no setor e para o setor!
Tenho tido o privilégio de acompanhar de perto esta parceria que vocês tem empreendido com o produtor.
Abraço Sávio e todo seu time de campo.