ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Demandas dos supermercados para a garantia da qualidade dos alimentos

POR ROBERTA ZÜGE

NA MIRA

EM 21/06/2013

1 MIN DE LEITURA

0
0
 No período de 18 a 20 de junho foi realizada, em Joinville-SC, uma feira de supermercados, denominada Exposuper. Este evento tem foco em Produtos, Serviços e Equipamentos para Supermercados, sendo um dos maiores geração de negócios do Estado de Santa Catarina e do Brasil.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) teve pela primeira vez um stand para expor os produtos certificados da Produção Integrada. No stand do MAPA foram apresentados os produtos já certificados pela produção integrada como o morango e banana. E outros ainda em fase de implementação ou com a norma ainda não publicada, caso do arroz, leite, tubérculos e carne suína.


Morango Certificado



Estrategicamente, a seleção desta feira, deve-se à assinatura do termo de cooperação com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) e o MAPA, com o objetivo de capacitar produtores e fornecedores de frutas e hortaliças para supermercados em boas práticas agrícolas e, principalmente, no uso racional de agrotóxicos, dentro dos princípios da produção integrada, fomentando a difusão dos programas junto aos consumidores. O acordo contou com a assinatura do secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo, Caio Rocha, que na ocasião representava o ministro Antônio Andrade e o presidente da Abras, Fernando Yamada e, como testemunha do acordo, o governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo.


Assinatura do convênio



Este interesse da Abras, em buscar evidenciar a sanidade dos produtos que comercializa, demonstra que há uma demanda de transparência na produção e que o consumidor está, gradativamente, buscando ter informações dos produtos que são consumidos. Neste primeiro momento, o chamado setor FVL (frutas, verduras e legumes) despertou este interesse, mas é um cenário que deve se desdobrar para outras cadeias.

Esta afirmativa pode ser corroborada por algumas marcas de lácteos que estão evidenciando, em suas embalagens, portais e materiais de divulgação, os programas de qualidade que estejam certificados.

Divulgação


Antes algo se torne compulsório, é importante iniciar um investimento na aplicação de práticas que garantam a qualidade e sanidade dos produtos.





ROBERTA ZÜGE

Membro do CCAS.
Consultora técnica em fazendas e industrias de alimentos com foco no atendimento a requisitos legais e normas de qualidade. Coordenou o projeto da norma Brasileira de Certificação de Leite (MAPA/Inmetro).
.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint