FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Pontos que as fazendas que querem ter sucesso na reprodução devem estar atentas

POR RICARDA MARIA DOS SANTOS

E JOSÉ LUIZ MORAES VASCONCELOS

JOSÉ LUIZ M.VASCONCELOS E RICARDA MARIA DOS SANTOS

EM 02/03/2010

2 MIN DE LEITURA

9
0
1. Os números. A fazenda que entende a real importância do manejo reprodutivo, todos sabem os números que representam o rebanho, como: produção diária, média por vaca, taxa de detecção de cio, taxa de concepção, idade ao primeiro parto, dias de serviço, intervalo entre partos, entre outros.

2. Detecção de cio. As vacas não podem ser inseminadas se não forem detectadas em cio. A fazenda de sucesso entende isso e toma medidas necessárias para aumentar a taxa de detecção de cio. Todos da fazenda devem estar envolvidos e comprometidos com essa atividade.

3. Nutrição. A dieta afeta o desempenho reprodutivo das vacas. A fazenda de sucesso sabe a importância da relação entre alimentação e reprodução, e por isso é cuidadosa nesses pontos.

4. Treinamento dos empregados. Um gerente de sucesso não pode gastar todo seu tempo observando as vacas. Ele precisa saber que os encarregados dessa função devem desempenhar bem suas atividades, e considera que treinamento é fundamental. Por isso oferece oportunidades de treinamento, elabora programas de incentivos aos funcionários e faz com que todos se sintam parte de uma equipe.

5. Conforto para as vacas. Vacas que sofrem qualquer tipo de estresse têm menor eficiência reprodutiva. O objetivo do manejo deve ser sempre minimizar qualquer tipo de estresse, para que a vaca tenha chance de expressar seu máximo.

6. Criação de Novilhas. O sucesso da reprodução de uma vaca começa muito antes dela entrar em lactação. Uma fazenda de sucesso cuida do manejo das novilhas de reposição do rebanho desde o dia em que ela é concebida.

7. Novas técnicas e informações. A indústria do leite esta sempre mudando. A fazenda de sucesso esta sempre procurando novas soluções e informações. Na maioria das vezes é difícil sair da fazenda para fazer um curso ou assistir uma palestra, mas isso pode ser útil na resolução de algum problema, pois quando compartilhamos nossos problemas as soluções podem ser encontradas com mais facilidade.

8. Outras histórias de sucesso. As fazendas de leite devem compartilhar suas histórias de sucesso e aprender umas com as outras. Não só os sucesso mas os fracasso também, assim impede que os mesmos erros sejam cometidos por outras fazendas.

9. O que os especialistas estão dizendo. Existem muitos especialistas no mundo do Leite. A fazenda de sucesso sabe ouvir e sabe quando cada mudança pode trazer benefícios.

10. Custos e Benefícios. A fazenda de sucesso sabe como o desempenho reprodutivo do rebanho deve ser para a atividade ter rentabilidade. Dependendo da situação econômica sabe quando assumir riscos e aonde aplicar os recursos financeiros. Os problemas com reprodução na maioria das vezes faz com que a fazenda deixe de ganhar dinheiro, diferente de um surto de mastite, que faz com que o gasto com medicamentos e descarte de leite sejam imediatos. Por isso nem sempre os problemas de reprodução são detectados no momento certo, para que possam ser corrigidos antes de grandes prejuízos.

O sucesso do manejo reprodutivo depende de cuidados diários, dedicação e capacidade de detectar e solucionar problemas com rapidez.

RICARDA MARIA DOS SANTOS

Professora da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia.
Médica veterinária formada pela FMVZ-UNESP de Botucatu em 1995, com doutorado em Medicina Veterinária pela FCAV-UNESP de Jaboticabal em 2005.

JOSÉ LUIZ MORAES VASCONCELOS

Médico Veterinário e professor da FMVZ/UNESP, campus de Botucatu

9

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

RAFAEL COLLADO MORENO

BAURU - SÃO PAULO

EM 16/03/2010

Prezado senhores (as) concordo plenamente com o artigo porem, complementando a idéia do Sr. Eder Ghedini, nos médicos veterinários, devemos cada vez mais trabalhar com a medicina preventiva e a sanidade do rebanho principalmente quando se diz respeito a índices reprodutivos, acredito não pode ser deixada em segundo plano. Hoje o sucesso na produção animal deve ser equilibrado através de sanidade, nutrição e bem estar animal. Parabéns pelo artigo.

Att,

Rafael
RICHARD JAMES WALTER ROBERTSON

RIO VERDE DE MATO GROSSO - MATO GROSSO DO SUL

EM 16/03/2010

Menosprezar a formação de nossas matrizes, desde o nascimento e não ficar de "plantão permanente" para os resultados reprodutivos na propriedade é o mesmo que ter uma montadora de automóveis e deixar a ferrugem corroer suas máquinas. Parabéns pela matéria. É sempre importante reforçar estes lembretes.
RUY CESAR PADULA

ARAÇATUBA - SÃO PAULO

EM 11/03/2010

Fantastica materia , a muito tempo digo aos produtores que o sucesso da atividade leiteira esta na reprodução , porem , existe todos os itens citados e mais alguns para se obter sucesso.

E o grande problema é que a maioria dos produtores não fazem diagnostico de gestação do rebanho seguem fazendo um voo no escuro. (Chamado prejuizo escondido) diferente de um problema de casco que qualquer pessoa identifica a qualquer momento um animal mancando.

E digo mais foca a parição para o periodo da entre safra usa os técnicos utiliza tecnologia.
Ruy
RICARDA MARIA DOS SANTOS

UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 07/03/2010

Prezado Adalberto Antonio de Oliveira,
Muito obrigada pela participação!
Temos realmente que nos preocupar com conforto das vacas. E quando falamos em conforto é em todos os sentidos: ambiente, saúde, alimentação, água, manejo e assim por diante. Só dando conforto é que elas podem expressar a capacidade de produção.
Um abraço, até mais,
Ricarda.
PAULO MOREIRA

PORTO VELHO - RONDÔNIA - PESQUISA/ENSINO

EM 05/03/2010

Quase sempre manejo reprodutivo pressupõe mudança de atitute.
ADALBERTO ANTONIO DE OLIVEIRA

GOIÂNIA - GOIÁS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 05/03/2010

Parabéns pelo artigo, são pontos importantíssimos... sem querer focar apenas em um, acho fundamental um deles: o conforto para as vacas. Cada vez mais devemos proporcionar e dedicar a elas todo carinho....!! Um abraço.
RICARDA MARIA DOS SANTOS

UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 03/03/2010

Prezado Eder Ghedini,
Muito obrigada pela correção! A sanidade é com certeza o ponto de partida para a eficiência reprodutiva.
Um abraço,
Ricarda.
FRANCIELE DORS

REALEZA - PARANÁ - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 03/03/2010

Bom dia,
Se todos os Produtores tivessem atentos a tantas orientações que nos são passadas, o nosso nivel de produção seria cada vez mais divulgado. Hoje, acredito que cada vez mais estamos buscando a propriedade como impresa, e dados estatisticos sendo considerados como atividade diaria da propriedade. Observações e anotações, levam o Produtor a ter a noção exata de como a impresa esta sendo administrada, desdo correto treinamento dos Funcionarios e a compreensão de seu rebanho, o qual necessita de dedicação em tds seus ciclos.
Gostei mto do assunto, pq nos leva a parar e pensar, como estao estes ptos na minha propriedade???... simplesmente uma reflexão inteligente...
Abraços
EDER GHEDINI

TAPEJARA - RIO GRANDE DO SUL

EM 02/03/2010

Olá,
Complementando seu comentário, gostaria de ressaltar a importância na utilização de um protocolo de vacinação, as temidas doenças reprodutivas deixariam de existir com um simples e bom manejo sanitário. Trataríamos então da saúde preventiva do nosso rebanho. No mais gostaria de parabeniza-los pelo assunto, que é sem dúvida de grande importância. Forte abraço.
MilkPoint AgriPoint