FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

7 índices de desempenho na sala de ordenha que você precisa conhecer!

EDUCAPOINT

EM 16/07/2020

2 MIN DE LEITURA

0
1
Sistemas de ordenha bem estruturados são indispensáveis para a produção de leite de alta qualidade. Avaliar o desempenho do sistema pode auxiliar na identificação de falhas de manejo de ordenha e oportunidades de redução de custos.
 
Mas como saber o que se deve avaliar e se os números estão satisfatórios? Confira agora os 7 principais índices de desempenho e suas metas, que, embora sejam mais aplicáveis para fazendas de médio a grande porte, são importantes:
 
1) Vacas ordenhadas por hora

Esse é um índice facilmente calculado, fazendo a divisão do total de vacas ordenhadas pelo tempo total da ordenha.

Metas: para fazendas com ordenha espinha de peixe, o valor estimado é de 60 a 200 vacas por hora. Já em salas de ordenha paralelas, o valor é de 80 a 400 vacas/hora.
 
2) Lotes por hora

Esse índice mede o número de lotes ou de grupos de vacas ordenhadas de cada lado da sala de ordenha, por hora.

Meta: de 4 a 5 lotes por hora (um novo lote é ordenhado a cada 12’ ou a cada 15’ minutos).
 
3) Vacas ordenhadas por unidade ou conjunto de ordenha por hora

Trata-se da simples divisão das vacas ordenhadas por hora pelo número total de unidades.

Metas: em uma situação de 2 ordenhas/dia com a adequada preparação do úbere, um bom número é de 4,3 a 4,5 vacas por unidade/hora. Já em rebanhos ordenhas 3x/dia, o esperado é de 4,8 a 4,9 vacas por unidade/hora.

=> Quer conhecer outros índices zootécnicos importantes para seu rebanho? Acesse o conteúdo completo do curso Índices zootécnicos: econômicos, criação de animais jovens e produção a pasto. O curso pode ser adquirido individualmente ou você pode optar por assinar a plataforma EducaPoint, tendo acesso a todos os cursos disponíveis (mais de 180!) por um preço único. 
 
4) Volume de leite por unidade por hora:

É o total de leite dividido pelo número de unidades de ordenha e pela duração total da ordenha.
 
Metas: em duas ordenhas diárias, 68kg de leite por unidade por hora. Já em três ordenhas por dia, a meta é de 55kg de leite por unidade por hora.
 
5) Fluxo médio de leite:

Geralmente, são obtidos em gado holandês de média a alta produtividade. 

Meta: Ao redor de 3,9 kg/minuto quando há duas ordenhas no dia e 3,0 kg/minuto em situações de três ordenhas diárias.
 
6) Tempo de ordenha:

Esse índice também é usado para vacas de alta produção.

Meta: ordenhar os primeiros 12,5 kg de leite em 4 minutos de ordenha efetiva. Para cada 4,5kg de leite adicional, o tempo adicional é de 30 segundos.
 
7) Eficiência do ordenhador:

A variação é grande, depende do sistema, do gado, do número de ordenhas, da produtividade das vacas.

Meta: Devido à grande variação, esse número é bem generalizado, sendo de 50 a 100 vacas por ordenhador/hora.
 
A avaliação desses índices de desempenho permite a identificação de problemas de manejo de ordenha e de situações que necessitam de melhoria. Entre os casos mais comuns de redução do desempenho, está a demora na entrada das vacas na sala de ordenha, a dificuldade de posicionamento da vaca dentro da sala de ordenha (contenção), a preparação da vaca antes da ordenha, a saída das vacas, a mudança de lotes e os problemas de configuração de extratores de teteiras.
 
Mais informações:
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint