FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Aumento das exportações exige mais atenção e cuidados à qualidade dos grãos, ressalta GenesisGroup

TEXTO RURAL

EM 12/08/2019

0
0

Maiores produtores mundiais de milho, os Estados Unidos estão sofrendo um duro golpe este ano, com recuo da safra em cerca de 9%. A mais recente previsão do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) é para colheita de 348 milhões de toneladas. “A queda na oferta norte-americana abre novas oportunidades para a agricultura brasileira. E a atividade está respondendo. A produção de milho deve ficar em torno de 100 milhões de toneladas. Somente a safrinha, colhida agora no meio do ano, deve atingir 72,4 milhões/t, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento”, ressalta Rita Froes, diretora comercial do GenesisGroup, que desde 2001 oferece soluções em testes, inspeções e rastreabilidade na cadeia agroalimentar.

Porém, alerta Rita, nunca foi tão importante cuidar da qualidade dos grãos brasileiros para atender às necessidades do mercado global. “A menor oferta dos EUA aumenta a importância do Brasil no comércio internacional. Tradicionais compradores dos nossos grãos, como soja e milho, estão nos consultando para aumento dos volumes. E outros países, normalmente clientes dos EUA, como o México, estão vindo para o Brasil pela primeira vez”, informa a especialista do GenesisGroup.

Nesse cenário, ganha ainda mais importância o controle de qualidade dos grãos produzidos no Brasil. Rita Froes explica que os cuidados precisam ocorrer em todas as etapas da cadeia: da propriedade ao armazenamento e, deste, para os portos.

“O clima brasileiro é favorável à infestação de insetos e proliferação de fungos na produção de grãos, especialmente nos armazéns. Se a prevenção e o cuidado não forem bem feitos, os problemas decorrentes do aparecimento de micotoxinas serão relevantes. Além disso, as exigências dos importadores são cada vez mais rígidas para os fatores de segurança e qualidade geral, o que exige atenção cada vez maior”, explica Rita.

O GenesisGroup é líder no controle de pragas nos grãos produzidos no Brasil. “Um exemplo: na última safra passaram pelas mãos dos nossos colaboradores cerca de 44 milhões de toneladas de soja e 16 milhões de toneladas de milho”, diz Rita Froes.

Entre as principais soluções oferecidas pelo GenesisGroup estão a profilaxia de unidades armazenadoras, controle de qualidade dos grãos armazenados, fumigação e expurgo de grãos e testes de micotoxinas, especialmente aflatoxina e fumonisina – que são potencialmente cancerígenas. “É preciso ter muita atenção à qualidade dos grãos disponibilizados ao mercado para garantir sua segurança alimentar”, informa a especialista do GenesisGroup.

Mais informações: www.genesisgroup.com.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.