carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Leite & Mercado > Giro Lácteo

Lançado pela Embrapa, aplicativo Roda da Reprodução facilita o processo de gestão do rebanho leiteiro

postado em 18/10/2016

4 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Facilitar o processo de gestão do rebanho leiteiro pelos produtores e agentes de extensão rural. Esse é o objetivo do aplicativo Roda da Reprodução, lançado no último dia 28 de agosto pela Embrapa. A ferramenta exibe, em meio digital, o quadro físico usado no campo para acompanhar o ciclo de reprodução do rebanho - desde o momento da cobertura ou inseminação artificial da novilha até o parto.

app Roda da Reprodução - Embrapa

Segundo André Luiz Monteiro Novo, Chefe-adjunto de Transferência de Tecnologias da Embrapa Pecuária Sudeste, localizada em São Carlos/SP, a ideia surgiu por meio da equipe do Balde Cheio inspirada pelas necessidades dos produtores de leite.

“Há dois anos, começamos a usar diversos aplicativos disponíveis e vimos um grande potencial para essa nova plataforma no meio rural. Pensamos imediatamente em adaptar algumas ferramentas que usamos já há bastante tempo (a roda da reprodução física por exemplo) para este novo formato. A ideia era ampliar o acesso a essas ferramentas assim como provocar o interesse de jovens e adolescentes na gestão da atividade leiteira. A partir daí envolvemos os colegas da Embrapa Informática em Campinas que aceitaram o desafio e nos deram um grande apoio. Queríamos replicar o visual e as funcionalidades da roda ‘física’ no meio virtual e juntos, fizemos isso em tempo recorde”.

O aplicativo funciona da mesma forma que a Roda da Reprodução convencional, porém com algumas facilidades inerentes do meio digital como acessibilidade, facilidade e rapidez de acesso à informação. Na roda física, o animal é representado por um ímã colorido, posicionado e movido de acordo com a fase reprodutiva em que se encontra. Seguindo o mesmo padrão, a versão digital representa cada animal por um círculo da mesma cor do ímã, que se movimenta automaticamente pela roda.

roda da reprodução - aplicativo - embrapa

Dessa forma, o produtor consegue visualizar a qualquer momento a situação reprodutiva do rebanho e, por meio do registro dos animais em fase de reprodução (vacas e novilhas cobertas), a roda gera várias informações, como: proximidade do parto, vacas em aberto para serem cobertas, vacas já cobertas a espera de confirmação de prenhez, vacas próximas à secagem, distribuição de partos, entre outros, em uma só imagem.

O app também disponibiliza outras funcionalidades, como a exibição das categorias isoladamente e a possibilidade de o produtor enviar a imagem do quadro por e-mail ou whatsapp para o técnico analisar. Na fazenda a praticidade de ter todas as informações no bolso ajuda o produtor e os funcionários a identificar imediatamente o estado produtivo ou reprodutivo de cada animal. “Até o momento, as avaliações têm sido muito positivas. Há destaque para a rapidez no registro da informação, a mobilidade e o envolvimento de jovens no processo de gestão da atividade com a ferramenta”, destacou André em entrevista ao MilkPoint.

Ele ressalta que a presença de plataformas digitais no campo tem aumentado a cada dia. “A ideia tem sido muito bem recebida pois o conceito de exposição visual de todo o rebanho na roda é intuitivo, com grande impacto visual dos problemas e informações necessárias no dia a dia de quem maneja um rebanho leiteiro. Apesar disso, noto que os produtores ainda não perceberam todo o potencial que as novas ferramentas podem ter para o auxílio das atividades cotidianas”.

Para André, os principais desafios do manejo reprodutivo na pecuária leiteira brasileira ainda são reflexos da falta de alimentos volumosos de qualidade, manejo inadequado e falta de conforto. “Além disso, muitas fazendas leiteiras não têm o mínimo de informações para gerenciar o rebanho. Pode parecer inacreditável, mas dados essenciais como data do parto, data de cobertura, diagnóstico de prenhez e data de secagem ainda são desconhecidos para muita gente”.

aplicativo Embrapa - reprodução

Criado com base nos padrões de usabilidade do Google, a Roda da Reprodução é simples de ser usada e funciona no sistema Android, além de ser compatível com outros aplicativos e permitir integração com outros sistemas.

A equipe de desenvolvimento da Embrapa Informática Agropecuária planeja criar, até o início do próximo ano, uma versão para a plataforma iOS da Apple. 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Thomaz Jasso Neto

Araraquara - São Paulo - Produção de leite
postado em 18/10/2016

Aplicativo de ótima funcionalidade, simples e que ajuda muito no dia-a-dia do plantel.

Rafael Narloch de Araujo

Palmas - Paraná - Produção de leite
postado em 19/10/2016

Parabéns a Embrapa excelente aplicativo .Fácil e pratico.  

Marllyza Rodrigues

Caçu - Goiás - Produção de leite
postado em 19/10/2016

Como consigo esse aplicativo?

Raquel Maria Cury Rodrigues

Piracicaba - São Paulo - Zootecnista e Conteudista do portal MilkPoint
MilkPoint - postado em 19/10/2016

Olá Marllyza, tudo bem?

Você consegue o aplicativo por meio deste link: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.embrapa.cnptia.baldecheioreproducao

A versão só está disponível no sistema Android por enquanto.

Abraços e obrigada pela participação.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade