Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Leite & Mercado > Giro Lácteo

Blairo Maggi acompanha presidente Temer em viagem à Índia e ao Japão

postado em 17/10/2016

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) integra a comitiva de ministros que acompanha o presidente da República, Michel Temer, na 8ª reunião de Cúpula do Brics – bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A viagem começou na sexta-feira (14) e se encerra na próxima quinta-feira (20).  

Em Goa, o Brasil e os demais países do bloco vão assinar acordos de pesquisa agrícola e cooperação ambiental e alfandegária. Blairo Maggi deverá assinar três memorandos de entendimento durante os eventos. Um deles é entre o BRICS e prevê a criação de uma plataforma de pesquisa agropecuária.

Os outros dois memorandos são apenas com a Índia. Um é voltado à cooperação na área de pesquisa agropecuária. O outro é sobre produção de gado de leite a partir de raças indianas.  O Brasil é o principal parceiro comercial da Índia na América Latina. Em 2015, o intercâmbio comercial entre os dois mercados foi de US$ 7,9 bilhões, mas há potencial para crescer muito mais.

Negociações

O ministro esteve na Índia entre os dias 21 a 23 de setembro, durante a reunião de Ministros da Agricultura do Brics. Na ocasião, foram elaborados os memorandos de entendimento que serão assinados na Cúpula da bloco.

Além disso, houve negociações bilaterais sobre temas comerciais e de cooperação. Entre eles, as exportações brasileiras de frutas, carne de aves e de suínos e a cooperação bilateral para pesquisa de lentilhas no Brasil a partir de material genético procedente da Índia.

Naquela oportunidade, ficou acertado que a empresa transnacional indiana UPL vai investir em uma fábrica no Brasil para a produção de ingredientes ativos de agroquímicos. O valor do investimento é de R$ 1 bilhão.

A Embrapa também fez acordo com a UPL, no valor de R$ 100 milhões, para o desenvolvimento de pesquisas com leguminosas conhecidas como “pulses”, cujo principal produto é a lentilha. A estimativa é que, em 2017, a Índia importe 7 milhões de toneladas do produto e, em 2030, o volume chegue a 30 milhões de toneladas. 

As informações são do Mapa.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade