Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Leite & Mercado > Giro Lácteo

Acordos com Vietnã e Coreia do Sul beneficiam exportações agropecuárias

postado em 19/09/2016

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, fechou na semana passada acordos para a exportação de produtos agropecuários para o Vietnã e para a Coreia do Sul. O anúncio foi feito pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, que classificou os acordos como “um golaço para economia brasileira”. Ainda não há informações, no entanto, sobre quanto isso pode render anualmente para a economia brasileira.

Com o Vietnã, foi estabelecido que o Brasil exportará suínos, aves e produtos lácteos. Para a Coreia, serão exportados suínos e aves.

Segundo Padilha, os acordos mostram “a inserção brasileira de forma diferenciada” em “mercados importantíssimos”. Ele fez questão de ressaltar o papel do governo no êxito das negociações, afirmando que as tratativas ganharam força após a visita do presidente Michel Temer à China. Também classificou Blairo Maggi de “farejador de negócios”.

As declarações foram dadas após reunião com Temer, no escritório particular que o presidente mantém em São Paulo.

As informações são do jornal Valor Econômico.


Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade