ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Sistemas de pastejo rotacionado. 1. Divisão da área.

POR MARCO A. A. BALSALOBRE

E PATRICIA MENEZES SANTOS

PRODUÇÃO

EM 23/03/2004

5
0
No pastejo rotacionado, as áreas são divididas em piquetes que são submetidos a períodos alternados de pastejo e descanso. A grande vantagem deste método de pastejo é proporcionar um maior controle sobre o pasto. Ele permite definir quando e por quanto tempo as plantas estarão sujeitas à desfolha, os pastejos tendem a ser mais uniformes e a eficiência de pastejo mais elevada.

A montagem de um sistema de pastejo rotacionado pode ser feita aproveitando-se apenas as divisões já existentes ou redividindo-se os pastos. No primeiro caso, deve-se começar reduzindo o número de lotes de pastejo da propriedade. Por exemplo, em uma fazenda com 6 divisões de 50 ha, onde cada uma é ocupada continuamente por lotes de 50 animais, o pastejo rotacionado deve ser iniciado reunindo-se os 300 animais em um só pasto, enquanto os outros ficam vedados. Após pastejar a primeira área, todo o lote deve ser transferido para a segunda, e assim sucessivamente, até retornar à primeira.

Apesar de ser uma medida simples e barata, geralmente há muita resistência à sua adoção devido à uma série de tabus que precisam ser quebrados. Por exemplo, o pecuarista acredita que se misturar os lotes de pastejo haverá competição entre os animais, o que irá reduzir seu desempenho. No entanto, para que os animais tenham um bom desempenho o mais importante é que a oferta de forragem esteja em níveis adequados.

Tendo a oferta de forragem em níveis adequados, deve-se tomar cuidado com o espaço de cocho de sal disponível por animal e também o espaço no bebedouro. É comum observar implantação de sistemas de pastejo rotacionado onde esses cuidados não foram observados, os animais reduzem o desempenho devido ao baixo consumo de sal e à competição por água, que nesse caso não é só em relação à quantidade, mas sim, também, devido à qualidade da água. Outro aspecto geralmente negligenciado na implantação dos sistemas de pastejo rotacionado é quanto ao manejo de animais no curral, corredor e até mesmo na porteira de entrada e saída dos piquetes. Esses espaços devem ser adequados ao tamanho dos lotes. O bom manejo dos funcionários que lidam com os animais reduzem o efeito negativo de instalações (porteira, corredor e curral).

O tamanho dos lotes vai depender muito do manejo na propriedade. Os lotes podem ser formados por até 1.000 cabeças, ou mais, entretanto, um tamanho que tem sido comum e com bom resultado é entre 400 e 600 animais. Vacas com bezerros, geralmente, devem ser manejadas em lotes menores.

No caso de se redividir as áreas, o primeiro passo deve ser definir os locais onde serão implantados os sistemas de pastejo rotacionado e as áreas de descanso. Em seguida, deve-se determinar o número de piquetes necessário e fazer as divisões. O número de piquetes depende do período de descanso e do período de ocupação indicados para a forrageira que se está trabalhando, deve ser calculado de acordo com a seguinte equação:

Número de piquetes = (período de descanso / período de ocupação) + 1

Sendo assim, quanto menor o período de ocupação para um mesmo período de descanso maior será a necessidade de número de piquetes (Tabela 1).

Tabela 1- Necessidade de piquetes para cada período de descanso e para cada período de ocupação.


Quanto maior a taxa de crescimento da planta forrageira (ex: área adubada), menor deve ser o período de ocupação. Da mesma forma, menor deve ser o período de ocupação para plantas de hábito cespitoso (Colonião, Tanzânia, etc.) e para plantas de ciclo precoce (Humidícola, etc.). Por outro lado, piquetes formados com forrageiras de hábito de crescimento prostrado (Braquiarão, Decumbens, Estrela, etc.) e sem adubação nitrogenada, podem ser ocupados por mais tempo. Entretanto, deve-se ter o conceito de que quanto menor o período de ocupação maior será a eficiência do pastejo e, portanto, maior será a lotação animal.

No primeiro pastejo, deve-se entrar nos piquetes antes do período de descanso estabelecido e fazer pastejos leves. Assim, evita-se que os últimos piquetes fiquem muito passados. Outra alternativa é de se colocar um número menor de animais e ir aumentando conforme a necessidade.

5

COMENTÁRIOS SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Seu comentário será exibido, assim que aprovado, para todos os usuários que acessarem este material.

Seu comentário não será publicado e apenas os moderadores do portal poderão visualizá-lo.

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

SERGIO VIEIRA NAVES CAVALCANTE

PARAUAPEBAS - PARÁ - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 28/03/2017

Bom dia Marco Aurelio !

Gostaria de saber mais sobre rotacionados para bovinos de corte, como estimar a oferta de materia seca nas areas de pastagens durante o ano .

Voce teria um modelo de planilha de campo para aplicar nesse sistema rotacionado .

Obrigado!
JOSÉ CARLOS AZEVEDO

CAMPOS DOS GOYTACAZES - RIO DE JANEIRO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 05/05/2015

Prezados:

Como conseguir uma planta de piquetes para pastagem rotacionada?

Apresento os seguintes dados: na várzea disponho de aproximadamente 3,5 alqueires geométricos todos cultivados com o Mombaça. Disponho de 30 vacas em lactação e para os próximos 2 meses precisarei de espaço para mais 8 novilhas que chegam para o leite e não tenho outra saída, se não em tempo ínfimo distribuir melhor a pastagem ou formar piquetes de 350 m2 por animal Estas novilhas prestes a chegarem hoje estão em pasto alugado e estou pagando muito caro. Como posso ser ajudado por Vossas Senhorias? Devo trabalhar com lascas e arame farpado e em que quantidade?

Qualquer posição ligado ao assunto de tamanha urgência pra mim, agradeço
RUBSON MORAIS DA SILVA

TERESINA - PIAUÍ - PESQUISA/ENSINO

EM 02/02/2015

Para comecar uma criacao de 200 matrizes e necessario quantos piquetes em uma area de 5 hectares
LUIZ RODRIGUES COSTA

CUIABÁ - MATO GROSSO - INSTITUIÇÕES GOVERNAMENTAIS

EM 20/06/2009

Como deve ser a área de descanso e o tamanho da mesma, no sistema de pastejo rotacionado?
ALEXANDRE V MORAES

SÃO PAULO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 12/11/2008

Boa tarde,
Caros colegas, gostaria de saber se há algum conceito sobre metragem calculada por animal para pastejo rotacionado. Ex 8 m2/animal, para se dimensionar as areas dos piquetes.
Obrigado