FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Reverter X retardar a resistência parasitária

PRODUÇÃO

EM 31/07/2006

1
0
Como dicas de sucesso, seguem duas resposta de perguntas realizadas durante a primeira conferência online do curso online de Controle Parasitário de Ovinos e Caprinos.

Essa conferência contou com a participação do instrutor do curso Dr. Marcelo Molento, da convidada especial Profa. Dra. Aurora Gouveia e do pesquisador M.Sc. Fernando Borges.

Como reverter a resistência se a cada dia a mídia anuncia novos super vermifugos?

Esses "novos" super vermífugos são medidas paleativas, que não representam uma ferramenta segura no controle de parasitos.

Acredito que o foco principal deva ser em retardar a resitência e não tentar revertê-la. Este processo é um pouco complexo. Acredito que poderemos falar mais sobre reversão na próxima conferencia.

A própia refugia pode ser utilizada para isso. Estamos testando algumas drogas que apresentam este efeito. Mas estamos nas etapas iniciais.



Minha intenção é a manutenção de um rebanho em estado semi-infectado. Qual seria sua sugestão?

O OPG DE ROTINA tem de ser uma pratica implementada como de BASE no criatório. Da mesma forma, é imprescindível a existência de um centro de manejo/tronco de contenção no caso da atividade corte, onde o numero de animais a se trabalhar individualmente é grande.

Já pensou ficar colhendo fezes ou inspecionando animais para o Famacha (tema de modulo futuro deste curso) tendo que agarrar cada animal para conter? Em resumo, os criadores precisam buscar caminhos que viabilizem o uso sistemático do OPG nas criações.

Não existe uma fórmula milagrosa sem este (e outros) acompanhamento. Como dito, é sim dar tiro no pé, e estimular a resistência.



Para ler o conteúdo da conferência na íntegra, clique aqui. Você verá temas relacionados aos seguintes tópico:

  • refugia,

  • sistema integrado de controle parasitário,

  • resistência parasitária,

  • realização de OPG e coprocultura,

  • manejo de caprinos em pasto úmido x verminose,

  • expectativas entre caprinos de corte x bovinos de corte

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

JOSE GUEDES NETO

SOLONÓPOLE - CEARÁ

EM 08/08/2007

Parabéns ao Professor Molento,

A cada dia fico mais atento em entrevistas, palestras e trabalhos cientificos que sao publicados pelo professor. Não o conheço pessoalmente mas noto que é um homem dedicado à profissão e tem orgulho em poder passar informações aos produtores e criadores de nosso país, sempre com humildade nas suas colocações.
um abraço.
Guedes Neto