FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Preço do leite antecipado é bom ou não?

PRODUÇÃO

EM 14/07/2012

1
0
Preço do leite antecipado é bom ou ruim?

Discutir se a interferência do governo com medidas regulatórias  é um passo atrás ou um passo à frente, se é bom ou não, tem sempre um viés ideológico e dos interesses das partes afetadas pela medida, por isso minhas considerações relativas ao preço do leite ser bom ou ruim para o produtor é independente da medida ter sido fruto de uma ação governamental.

Numa economia com inflação relativamente baixa, não vejo como um grande problema para a indústria de lacticínios apresentar ao produtor o preço que pagará pelo leite no mês seguinte, da mesma forma que um outro tipo de indústria tem uma tabela de vendas que vigora para o mês seguinte ( nenhuma indústria vende ao comprador sem dizer qual é o preço ). Existem riscos? Sim, mas muito minimizados numa empresa bem organizada e estruturada.

Com relação ao fato das oscilações mensais  raramente ultrapassarem 5% para mais ou para menos, é preciso lembrar que 5% pode ser a diferença do lucro ou prejuízo para o produtor. Consideremos um valor de referência de R$ 1,00 / litro. Se o produtor receber 5% a menos receberá R$ 0,95/litro e se receber 5%  a mais receberá  R$ 1,05/litro, caracterizando um range de R$ 0,10/litro.

No meu entendimento a fixação do preço ao produtor  não vai mudar a tendência dos preços, que é regulada pela lei da oferta e procura no mercado internacional e principalmente no mercado nacional.

Não acredito que o fato de saber num mês quanto vai receber no outro levará o produtor mudar de parceiro todo mês por causa de uma diferença mínima no preço pago por compradores, gerando um mercado altamente especulativo e contribuindo para piorar o relacionamento entre produtor e indústria. Quem ficar pulando de galho em galho certamente ficará sem galho para pular.

Naturalmente que não é o fato do produtor saber num mês o que vai receber no mês seguinte não é o que vai garantir a sustentabilidade econômica da sua atividade e que lhe permitirá planejar a longo prazo. O ideal seria um contrato regulando as relações entre o comprador e o vendedor de leite cru, mas no Brasil ( ou mesmo fora dele ) a maioria dos produtores trabalha sem contrato com a indústria.

Vejo o preço antecipado ao produtor  como  medida positiva, como um primeiro passo  na direção de um relacionamento mais formal e melhor entre produtores e indústria.

Marcello de Moura Campos Filho

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

PAULO GUIMARAES

DATAS - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 06/12/2012

Concordo plenamente com vc,mas partiu de 1,00 e quando já estão te pagando 0,63 por leite de qualidade e alegam que é pelo frete da industria,é difícil.O problema é que quem corre risco somos nos, eu nunca recebi nenhuma ajuda.O preço do leite deveria ser o custo + o lucro e pronto.Sobe o preço do queijo,do chocolate,do pão,do leite em pó,da manteiga de todos os derivados do leite e falam que o leite é preço de mercado?Que mercado, talvez tenha alguma novidade,só que minha cabeça não entende como trabalhar abaixo do custo. Já sei deve ser a paixão pela profissão, é o que nos move.

Concordo com vc .

Paulo Guimaraes