FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Interpretando variações na produção de leite

POR MARCELO PEREIRA DE CARVALHO

PRODUÇÃO

EM 06/04/2000

0
0
Marcelo Pereira de Carvalho

A produção de leite por vaca/dia é uma variável com grande influência na rentabilidade da atividade, uma vez que grande parte da receita está vinculada a ela. Com isto, é natural que as atenções estejam sempre voltadas a este parâmetro. Em termos gerais, o aumento da média é tido como evolução, ao passo que a redução da média é tida como retrocesso.

No entanto, a avaliação da média por vaca /dia por si só pode apresentar inconsistências, pois vários aspectos podem afetá-la sem que haja necessariamente melhoria ou piora no desempenho do rebanho.

O principal item é a mudança do estágio de lactação do rebanho entre uma avaliação e outra. Após o pico de produção, um rebanho de gado especializado declina a produção a uma taxa média de 0,29% ao dia, de acordo com vários dados estatísticos (já considerando a proporção média de animais de primeira cria, cujo declínio é menor). Logo, se o rebanho como um todo avançar na lactação entre uma medição e outra, é natural a produção cair sem que tenha sido causada por queda de desempenho. Pelo contrário: se a produção se mantiver constante ou mesmo aumentar, terá havido de fato uma melhoria de desempenho.

Em outras palavras, se um rebanho estiver em média com 150 dias em lactação e produção de 20 kg em um determinado dia e, na medição seguinte estiver com 170 dias em lactação, é esperado que a média caia.

Desta forma, para que possamos realmente comparar a produção média em 2 avaliações distintas é preciso eliminar o efeito da variação nos dias em lactação. E como fazer isto ?

É simples: basta uma aplicar fórmula que "traga" a produção real até um estágio de lactação padrão. Via de regra, é utilizada a produção padrão aos 150 dias de lactação, isto é, a partir da produção média e dos dias em lactação no dia da medição, é aplicada uma fórmula que calcula qual deveria ser a produção deste rebanho caso ele estivesse com 150 dias em lactação.

A fórmula é a seguinte:

Produção corrigida = Produção real * (1+0,0029)^(DEL atual - 150), onde:

Produção real = média diária
DEL atual = dias em lactação médio do rebanho
(note que o símbolo ^ significa elevado a)

Complicado ?

Então vamos ao seguinte exemplo: consideremos inicialmente um rebanho de 3 vacas, sendo uma com 90 dias em lactação (DEL), outra com 180 e a última com 270 dias em lactação. O DEL médio é de (90+180+270)/3 = 180. Supondo que a produção média seja de 18 kg/dia, a produção corrigida para 150 dias é de:

Produção corrigida = 18*(1+0,0029)^30 = 19,6 kg/dia

Logo, se este rebanho estivesse com 150 dias em lactação, teoricamente a média deveria ser 19,6 kg. Fica fácil entender que, com DEL menor que 150, a produção corrigida fica menor do que a produção real, ao passo que, com DEL maior do que 150, a produção corrigida aumenta, como no exemplo acima.

********


fonte: MilkPoint

MARCELO PEREIRA DE CARVALHO

Engenheiro Agrônomo (ESALQ/USP), Mestre em Ciência Animal (ESALQ/USP), MBA Executivo Internacional (FIA/USP), diretor executivo da AgriPoint e coordenador do MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.