ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Diarréia nas vacas em lactação

POR RENATA DE OLIVEIRA SOUZA DIAS

PRODUÇÃO

EM 17/03/2008

26
0
A diarréia em vacas adultas constitui um sério problema de diagnóstico. O distúrbio pode acometer o rebanho ou apenas alguns animais. Uma das maiores dificuldades para a definição da conduta clinica é a falta da anotação sobre o histórico dos últimos casos de diarréia. Com o histórico é possível identificar as características dos últimos casos, o tipo de tratamento utilizado e resultados obtidos. Contudo, como os casos de diarréia no rebanho adulto são esporádicos, raramente são realizadas as anotações sobre os eventos ocorridos, mantendo obscuro os dados sobre incidência e prevalência e não favorecendo a rápida ação do veterinário nos futuros quadros.

Uma das primeiras ações, para favorecer o diagnóstico e as anotações dos quadros clínicos, é a utilização do escore de fezes:

Escore 1: Fezes muito líquidas

Escore 2: Fezes amolecidas, que não formam monte

Escore 3: Escore ideal, as fezes formam um monte de 4 a 5 cm, apresentando vários círculos concêntricos e uma pequena depressão ou cova no centro.

Escore 4: Fezes moderadamente secas

Escore 5: Fezes duras e muito secas

O clínico pode também utilizar este escore de fezes para auxiliá-lo a descrever os quadros clínicos da diarréia, por exemplo:

Diarréia leve:

- escore de fezes 2,
- sem presença de febre,
- perda do apetite,
- pequena redução da produção de leite,
- até três dias de duração do quadro clinico.

Diarréia moderada:

- escore de fezes 2 ou 1
- sem presença de febre,
- perda do apetite,
- significativa redução da produção de leite.

Diarréia severa:

- escore de fezes 1
- com presença de FEBRE,
- grande perda do apetite,
- grande redução da produção de leite.

Este é apenas um exemplo de como os quadros clínicos podem ser sintetizados, descrições como esta podem ser modificadas de acordo com o tipo de agente causal. Nos casos de diarréia leve, geralmente, não é necessário tratamento. Mantenha o animal sob observação e faça a anotação sobre a ocorrência. Nos casos de diarréia moderada e severa há necessidade de tratar o animal, o tratamento vai variar de acordo com o agente causal. Faça também as anotações da ocorrência e dos resultados obtidos com o tratamento.

Existe uma gama de possíveis causas para diarréia em vacas adultas, fato que evidencia a dificuldade de lidar com esta patologia. A causa pode ser uma bactéria, um vírus, micotoxinas (da dieta), problemas de balanceamento da dieta, mudança de componentes da dieta, erros na mistura da dieta (excesso de algum ingrediente), etc. Muitas vezes, para a definição do diagnostico é necessário uma reunião entre o nutricionista e o veterinário.

No sistema digestivo, o segmento gastrintestinal tem a função de digestão dos alimentos. O movimento de líquidos é feito por um processo de absorção e secreção. A maior parte deste líquido é secretada pelo próprio órgão e apenas 20% são provenientes da ingestão. No intestino, o processo de absorção de líquidos e nutrientes é realizado pelas vilosidades e a secreção pelas criptas.

A diarréia é um desequilíbrio dos processos de absorção e de secreção intestinal, podendo ser ocasionado pela inibição da absorção e/ou estímulo da secreção. A salmonelose, por exemplo, provoca destruição dos enterócitos (células epiteliais intestinais) e deformação das vilosidades intestinais. Com isso, a capacidade de absorção da mucosa intestinal é reduzida, instalando-se um processo de má absorção, e conseqüente diarréia.

A preocupação imediata quando aparecem casos de diarréia no rebanho adulto é avaliar a necessidade de isolamento do animal. A segunda atitude é avaliar o índice de resposta ao protocolo de tratamento, analisando a necessidade de mudança das drogas e a qualidade dos mecanismos de hidratação dos animais acometidos, e a terceira atitude é avaliar o programa de vacinação.

O critério de avaliação de animais acometidos por diarréia é o mesmo utilizado para orientar a decisão sobre o tratamento, ou seja: monitore a produção de leite, o apetite, a atitude e o nível de hidratação. Mas sempre tenha o escore de fezes como parâmetro que possa dar suporte às decisões.

Finalizando, a prioridade é tratar e cuidar dos animais acometidos, em seguida a atenção deve ser voltada para a prevenção. Afinal, esta equação sempre deve ser lembrada: DOENCA= NÍVEL DE EXPOSICAO X RESISTÊNCIA. Por isso, é importante determinar como minimizar a exposição e maximizar a resistência. Os índices indicarão qual é o nível de sucesso da identificação da doença, do tipo de ação tomada e da resposta ao tratamento. As medidas relacionadas à resistência dos animais devem ser direcionadas inicialmente para identificar e minimizar os fatores causadores de estresse, no intuito de favorecer a resistência natural. Em seguida é necessário avaliar o programa de imunização baseado no monitoramento de índices do rebanho.

Fonte:

Rhoda, D.A. Diarrhea....a most obscure problem. Hoard´s Dairyman. 10 de Setembro, 2007.

RENATA DE OLIVEIRA SOUZA DIAS

26

COMENTÁRIOS SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Seu comentário será exibido, assim que aprovado, para todos os usuários que acessarem este material.

Seu comentário não será publicado e apenas os moderadores do portal poderão visualizá-lo.

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MANOEL BISPO NETO

EM 08/01/2018

sou Manoel Bispo Neto de Itacambira/MG, estou com uma vaca girolando ja desmamada com uma diareia  escore de fzezes 1 ja alguns dias de duração o que fazer
JOSÉ DE ALENCAR

PIUÍ - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 08/12/2017

A casos em que vacas com tripanossoma também tem diarreias, em geral com cor escura e mau cheiro, perdem o apetite, arrepiam parecendo estar intoxicadas e acabam o leite
LAYANE

LIMOEIRO DO NORTE - CEARÁ - ESTUDANTE

EM 08/10/2017

Boa noite! Minha vaca esta com mais de 20 dias com diarréia com cheiro forte e a uns 10 dias inchou a gola no pescoço. Ela foi desmamada a 30 dias e não perdeu o apetitite, nem está com cansaço. Já usei injeções para diarréia, terrmicina, anti tóxico e invermim, mas nada resolveu o problema. O que posso fazer?
LAYANE

LIMOEIRO DO NORTE - CEARÁ - ESTUDANTE

EM 08/10/2017

Na minha propriedade apareceu um caso de diarreia em uma vaca recém desmamada, seguida de inchação na região da maçã do peito, entre as patas dianteiras, apos uma aplicação do medicamento corta curso, eliminou a diarreia mas o animal apresenta cansaço, falta de apetite, e a inchação continua.

O que eu posso fazer?
RINALDO DE PAULA CAMPOS

LIMA DUARTE - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 28/08/2017

Boa noite pois estou com todas vacas com diarreias  a te o toro
VANADIR DE AQUINO SCHUENCK

NOVA TEBAS - PARANÁ - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 25/04/2017

boa noite. Pois estou com umas  vacas com diarreia  pois mudei a alimentação delas, estamos dano silagem sera que pode ser isto? Sera que e viável dar para ela bicarbonato de sódio.
CRISTIANE

SOROCABA - SÃO PAULO

EM 14/04/2017

Oi eu sou krisloira6@gmail.com minhá vaca se encontra triste obrando sangue e o leite parou seco..Oque faço .. Alguém pode ajuda.. Obrigado
JOSE JOSELI DA SILVA

SURUBIM - PERNAMBUCO - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 02/07/2016

Dra. Renata, Bom dia!!!



Gostei muito de seu trabalho técnico sobre diarreias em animais adultos. Existe várias causas para diarreias em animais acometendo animais de todas as idades. Mas, sabemos que devido a sensibilidade dos animais jovens, os casos são mais frequentes. Temos como agentes causadores das diarreias: agentes microbiológicos, tais como bactérias, vírus e protozoários, agentes químicos, plantas tóxicas, além fatores que causam desequilíbrio na absorção pelas células da mucosa intestinal. Ainda temos diarreias causadas pela baixa quantidade de fibra ingerida através dos alimentos.

Foi de capital importância a orientação de que casos de diarreias em animais adultos devem ser avaliados pelo veterinário juntamente com um nutricionista. Pois distúrbios gastrointestinal podem ocorrer por um simples erro na alimentação principalmente em vacas em produção de leite.
OSMAR GOMES DA SILVA

CONCHAS - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 24/04/2016

eu tenho uma vaca ja e uma vaca de cinco parição, ela esta com este problema  d  diarréias  gostaria de saber que medicamento posso da  ainda esta dano leite
OSMAR GOMES DA SILVA

CONCHAS - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 24/04/2016

eu tenho uma vaca ja e uma vaca de cinco parição, ela esta com este problema  d  diarréias  gostaria de saber que medicamento posso da  ainda esta dano leite
GILMAR

SÃO JOÃO DEL REI - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 13/04/2016

  Ela esta alimentando muito bem mas não esproduzindo o normal  Escore 2: Fezes amolecidas, que não formam montegrande  redução da produção de leite.
WILSON GEALH

SALVADOR - BAHIA - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 02/11/2015

As diarréias são constantes e precisamos nos atualizar constantemente.  No caso, como tratar a diarreia preta pós parto, 3-4 dias depois vem diarréia branca.
ADENILSON GAZOLA

MONTE APRAZÍVEL - SÃO PAULO - PESQUISA/ENSINO

EM 29/06/2015

tenho uma vaca em lactação,e ela esta no escore 01,ja faz mais de uma semana que esta assim,ja chamei o veterinario foi medicada,pior que agora ela deitou e nem quer levantar,estou tratando dela deitada,o que fazer troco o veterinario,ela perdeu peso emagreceu,ja naõ sei o que fazer!!!denilson gazola monte aprazivel
MARCELO

EM 17/02/2015

olá, estou com vaca com diarreia e quebra no leite o q devo fazer?
ZENAIDE S BATISTA

CAÇAPAVA - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 08/11/2014

Por favor se tem alguem que conseguiu acabar com a diarreia da sua vaca, me diga como fez pois estamos com algumas meu marido tem certeza da causa mas tentou de tudo. E nada de resultado bom
LILIAN ALVES

MANAUS - AMAZONAS - ESTUDANTE

EM 11/09/2014

Boa noite!

Estou com três vacas que acabaram de morrer... uma estava gravida, as outras com diárias e moleza,  gostaria de saber se tenho que separar meu rebanho para evitar uma contaminação nos outros? Vale ressaltar que não sei o motivo. Há um dos meus funcionários deu milho para algumas pode ser por isso?
LIDIA

DOVERLÂNDIA - GOIÁS - ESTUDANTE

EM 12/08/2013

olá meu nome e Lídia ,estou com umas vacas que agora na época da seca trato elas com cana e ração ,só que uns dias pra cá elas estão com diárreia e umas apresentaram com rajas de sangue será por que? nunca aconteceu isso é alguma coisas grave?.
ANTONIO TENÓRIO DE FREITAS JUNIOR

EM 06/05/2013

Antonio Tenório de Freitas Junior



Tenho visto algumas rezes que evacuam nos quadros (escore 1 e 2) preciso aprender a controlar essas diarreia, porque em alguns casos torna-se grave, já desmamei vaca antes do período de lactação para evitar que a vaca fique muito fraca



atenciosamente


CARLOS MAGELA SOUZA

DIAMANTINA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 07/02/2013

Na minha propriedade apareceu um caso de diarreia em uma vaca recém desmamada, seguida de inchação na região da maçã do peito, entre as patas dianteiras, apos uma aplicação do medicamento corta curso, eliminou a diarreia mas o animal apresenta cansaço, falta de apetite, e a inchação continua.



Carlos Magela - Senador Morão-Diamantina - MG
JEAN MARCELO MAUL

BALNEÁRIO CAMBORIÚ - SANTA CATARINA - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 19/12/2012

interessante a  abordagem, mas seria melhor se tivesse uma indicação de qual dieta adotar quando o quadro for muito severo.