FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Custos de produção do leite de cabra na região sudeste do Brasil

POR CARLOS HENRIQUE PIZARRO BORGES

PRODUÇÃO

EM 29/05/2006

4
0

O objetivo deste artigo é apresentar informações disponíveis sobre os custos de produção do leite de cabra na Região Sudeste do Brasil, para que possamos dar início às discussões sobre este assunto nesta seção do FarmPoint.

A determinação dos custos de produção constitui um elemento auxiliar na administração de qualquer empreendimento, sendo freqüentemente conceituado como a soma dos valores de todos os insumos e serviços empregados na produção de um determinado bem.

Informações sobre os custos de produção do leite podem ser utilizadas para muitas finalidades: 1) analisar a rentabilidade da atividade, comparada a outras alternativas de emprego do tempo e do capital; 2) determinar o preço de venda compatível com o mercado; 3) planejar e controlar as operações do sistema de produção; 4) identificar o ponto de equilíbrio do sistema de produção; 5) auxiliar o produtor no processo de tomada de decisões.

Apesar de dispor de apenas 4% do efetivo caprino do Brasil, a Região Sudeste destaca-se pela representatividade de seus Estados no agronegócio caprino leiteiro, sendo responsável por cerca de 25% do total do leite de cabra produzido no País. Destaca-se ainda pelas iniciativas pioneiras de produtores e indústrias quanto à legislação sanitária e marketing do leite de cabra, coleta granelizada, produção de leite em pó, leite longa vida, leite achocolatado, leite light, queijos finos, sorvetes e cosméticos.

A produção de leite de cabra na Região Sudeste caracteriza-se pelo uso de sistemas de produção intensivos confinados, na sua grande maioria em pequenas áreas próximas de centros urbanos. Nesses sistemas, animais de raças leiteiras especializadas (Saanen, Alpina e Toggenburg), ou mestiços destas raças, são mantidos em galpões, sendo toda a alimentação fornecida no cocho.

Custos de produção do leite de cabra na região sudeste do Brasil

O quadro 1 apresenta um resumo dos custos de produção do leite de cabra publicados em trabalhos realizados na Região Sudeste do Brasil. O quadro apresenta os valores (R$/litro) da época de publicação bem como uma atualização para o mês de janeiro de 2006 de acordo com o IGP-DI acumulado no período.

Tabela 1: Custos de produção do leite de cabra na Região Sudeste do Brasil.



(1) Valores nominais (moeda corrente da época).
(2) Valores corrigidos pelo IGP-DI para janeiro/2006; base: agosto/1994 = 100.

Os quadros 2 e 3 apresentam os valores médios referentes a 12 meses de atividade, de janeiro a dezembro de 2005, de 9 produtores de leite de cabra localizados na Região da Zona da Mata Mineira. Estes valores foram calculados a partir de dados fornecidos pelo Prof. Carlos Augusto de Oliveira da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, responsável pelo programa GeroCabra Rastrear®, uma ferramenta desenvolvida com o propósito de auxiliar caprinocultor leiteiro na gestão de seu empreendimento.

Tabela 2: Valores médios referentes a 12 meses de atividade (jan. a dez. 2005) de 9 produtores de leite de cabra na Zona da Mata Mineira.



Obs: valores calculados a partir de dados fornecidos pelo Prof. Carlos Augusto de Oliveira - UFRRJ.

Tabela 3: Valores médios referentes a 12 meses de atividade (jan. a dez. 2005) de 9 produtores de leite de cabra na Zona da Mata Mineira.



Obs: valores calculados a partir de dados fornecidos pelo Prof. Carlos Augusto de Oliveira - UFRRJ.

Ao analisar os dados apresentados nos quadros 1, 2 e 3 podemos observar uma grande variação nos valores encontrados, provavelmente em função de algum(ns) dos seguintes fatores:

1) diferenças nos procedimentos metodológicos utilizados, principalmente no que diz respeito ao custo da mão-de-obra familiar e aos critérios de depreciação e remuneração do capital investido. Falta padronização na metodologia contábil das fazendas leiteiras. Além disso, há o fator inflação, dificultando ainda mais a comparação de resultados.

2) aproveitamento insuficiente dos recursos de produção. Ênfase muito grande deve ser dada à utilização dos alimentos concentrados e da mão-de-obra empregada, uma vez que estes constituem os principais itens no cálculo do custo de produção do leite produzido em confinamento.

3) rebanhos com grande número de animais jovens improdutivos e baixas porcentagens de cabras em lactação. Estes dois aspectos revelam uma situação típica de projetos em implantação, o que, invariavelmente, conduz a custos altos. Na prática, dificilmente encontramos rebanhos estabilizados, com porcentagem adequada de cabras em lactação.

4) renda proveniente da venda de animais. Sendo a pecuária leiteira uma atividade de produção conjunta, os gastos que se têm com o rebanho conduzem à produção, ao mesmo tempo, de leite e de animais. Por isto, os custos do leite devem ser separados dos custos da atividade leiteira, que engloba leite e animais.

5) adoção de diferentes tecnologias, tais como conservação de forragens e estação de monta na primavera. Estas tecnologias visam garantir o fornecimento constante de volumoso de qualidade em quantidades compatíveis com as exigências nutricionais do rebanho e concentrar os partos no outono, obtendo o pico de produção na época de entressafra.

6) diferentes níveis de produção dos rebanhos. O conceito de animal produtivo nos sistemas de confinamento envolve animais com alta eficiência alimentar, capazes de produzir grande quantidade de leite durante o período de 10 meses de lactação. Há certa concordância entre especialistas de que o nível mínimo de 750 kg de leite por lactação deva ser exigido para um sistema de confinamento de caprinos leiteiros funcionar economicamente. Entretanto, os trabalhos publicados freqüentemente revelam valores inferiores.

7) falta de habilidade administrativa dos responsáveis pelo sistema de produção. Há uma grande dificuldade de se medir a competitividade dos sistemas de produção de leite de cabra porque a grande maioria dos produtores desconhece os indicadores técnicos e econômicos de suas unidades produtoras.

O baixo nível de produção de leite por animal, a pequena escala de produção e o uso excessivo de alimentos concentrados e mão-de-obra contratada podem ser considerados como fatores determinantes dos altos custos de produção observados em sistemas de confinamento de cabras leiteiras na Região Sudeste do Brasil.

E vocês, caros leitores, têm conhecimento dos custos de produção do leite que suas cabras produzem? Aqueles que tiverem, por favor, façam contato para que possamos aprofundar a discussão.

Referências bibliográficas

BORGES, C.H.P., BRESSLAU, S. Custos de produção do leite de cabra - Capril Pedra Branca, Bom Jardim, RJ. In: Encontro de Caprinocultores do Sul de Minas e Média Mogiana, 5, Espírito Santo do Pinhal, 2001. Anais... Espírito Santo do Pinhal:CREUPI, 2001.

BORGES, C.H.P., BRESSLAU, S. Produção de leite de cabra em confinamento. In: SEMINÁRIO NORDESTINO DE PECUÁRIA, 6, Fortaleza, 2002. Anais... Fortaleza:FAEC, 2002, p.174-186.

FONSECA, M.F.A.C., BRESSLAU, S., SANTOS, P.C.B., PERALI, C. Análise do mercado do leite de cabra no Estado do Rio de Janeiro. In: REUNIÃO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 34, Juiz de Fora, 1997. Anais... Juiz de Fora:SBZ, 1997, p.352-354.

GUIMARÃES, M.P.S.L.M.P. Custos de produção do leite de cabra - Capril Sanri, Florestal, MG. In: Encontro de Caprinocultores do Sul de Minas e Média Mogiana, 5, Espírito Santo do Pinhal, 2001. Anais... Espírito Santo do Pinhal:CREUPI, 2001.

HAAS, L.S.N., HAAS, P. Viabilidade econômica da caprinocultura. In: Encontro Nacional para o Desenvolvimento da Espécie Caprina, 3, Jaboticabal, 1994. Anais ... Jaboticabal:UNESP, 1994. p.162-195.

OLIVEIRA,C.A. Palestra apresentada no III Simpósio sobre Agronegócios - Caprinos e Ovinos. Universidade do Grande Rio, Silva Jardim, RJ, 2003.

PEROSA,J.M.Y. Módulo mínimo para produção de leite de cabra. In: Encontro Nacional para o Desenvolvimento da Espécie Caprina, 5, Botucatu, 1998. Anais ... Botucatu:UNESP, 1998. P.67-80.

CARLOS HENRIQUE PIZARRO BORGES

4

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CLEVER

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS - OVINOS/CAPRINOS

EM 08/09/2016

BOA TARDE...ESTOU PRECISANDO DE UM ESTUDO DE VIABILIDADE ECONÔMICA PARA IMPLANTAÇÃO DE CAPRIL ENTRAR EM CONTATO PELO EMAIL NIVACAIPIRA@GMAIL.COM
JEFERSON DE ARAÚJO

BARRA MANSA - RIO DE JANEIRO - PRODUÇÃO DE CAPRINOS DE LEITE

EM 31/08/2006

O brasileiro não conhece queijo de cabra. Não temos uma boa divulgação de produtos de qualidade e o baixo consumo não estimula investimentos por parte dos produtores que já se encontram na atividade.
MARIA LUIZA LIMA DE VASCONCELOS

GOIANA - PERNAMBUCO - ESTUDANTE

EM 29/08/2006

Nos mais variados países destacam-se a criação e desenvolvimento das raças caprinas e ovinas, sejam do Primeiro Mundo ou não, todos têm a necessidade de desenvolver as técnicas primordiais para tais criações.

Por isso, é deveras importante que os ramos técnicos, científicos e práticos sejam cada vez mais aprimorados em prol de todos que fazem parte e dependem de tais estudos e informações.


TEREZA DE CASTRO GUINART

SÃO JOÃO DA BOA VISTA - SÃO PAULO - INSTITUIÇÕES GOVERNAMENTAIS

EM 15/06/2006

<p align=justify>Muito interessante encontrar notícias sobre ovinos e caprinos, pois são espécies que poderiam ser bem mais exploradas em nosso país, e no entanto as ainda não são, pois não estão dando a devida importância que a criação merece e requer.

Principalmente em relação a caprinocultura de leite, pois sabemos que produzir leite bovino (raças leiteiras) no nosso país é caro, e a caprinocultura de leite seria uma altenativa muito interessante para os pequenos produtores.

Para valorizar esta criação precisariam estar atentos à aprendizagem da criação econômica (com técnica), conhecer o valor do leite da espécie caprina e as formas de processa-lo.</p>