FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Aprendendo a conhecer caprinos e ovinos - Parte I

VÁRIOS AUTORES

PRODUÇÃO

EM 12/08/2011

13
2
O artigo passado "Práticas de manejo para animais recém adquiridos" teve como objetivo mostrar de forma simples a importância da realização da quarentena nos animais recém chegados na propriedade para minimizar os riscos de introdução no rebanho de novas doenças, formas diferentes da mesma doença ou cepas resistentes (vermes, bactérias e vírus). Também foram apresentados alguns aspectos básicos que devem ser observados nos animais durante a inspeção dos mesmos.

No artigo desse mês iremos discutir os aspectos básicos para identificação dos animais saudáveis. É muito importante que quem trabalha diretamente com os animais (criador, funcionários, veterinário, zootecnista, técnico, entre outros) conheça bem o comportamento típico da espécie e as características de um caprino/ovino saudável para que seja capaz de identificar de forma rápida e precisa um animal com algum tipo de distúrbio ou alteração no estado de saúde com o objetivo de preservar a saúde e a vida do animal, evitar a disseminação de doenças contagiosas no rebanho e corrigir erros de manejo que possam afetar a saúde e o desempenho produtivo do rebanho.

Entre as principais características dos caprinos e ovinos saudáveis destacam-se:

Tanto os ovinos quanto os caprinos apresentam comportamento gregário, isto é, por sua natureza vivem em grupo com demais animais do rebanho. Por isso, atenção para animais isolados dos demais indivíduos do lote pois esse é um sinal indicativo de alteração de comportamento que pode estar ligada a alguma alteração no estado de saúde do animal (miíase, toxemia da gestação, verminose, entre outros).

Figuras 1 e 2 - Ovinos e caprinos em comportamento social típico da espécie (em grupo).



Apresentam bom apetite e selecionam o alimento oferecido, seja no cocho (silagem, feno, concentrado, entre outros) ou a pasto.

Figuras 3 e 4 - Caprino e ovinos alimentando-se: apetite e seleção do alimento.



Os animais jovens são bastante ativos e curiosos.

Figuras 5 e 6 -Animais jovens explorando o ambiente.



Os pêlos devem ser sedosos e brilhantes. A produção de lã deve ser compatível com a raça: se é especializada ou não para esta finalidade.

Figura 7 -A presença de pêlos e lã arrepiados, sem brilho e com queda são indicativos de alterações no estado de saúde do animal.



Figura 8 - A pele deve ser integra, sem presença de lesões, cortes ou descamações.



Adequado escore de condição corporal: compatível com a idade, o estado fisiológico (gestação, lactação, reprodução, entre outros) e a raça. Animais muito magros ou obesos são indicativos de inadequado manejo nutricional e/ou doença (verminose; linfoadenite visceral, etc).

Figura 9 - Animal obeso (A) e muito magro (B)



Úbere com consistência macia; temperatura semelhante ao resto do corpo; sem edema, abscessos e nódulos. O tamanho do úbere deve ser compatível com o estado fisiológico (seca ou em lactação) e a raça (especializada ou não para a produção de leite).



Figuras 10 e 11 - Glândula mamária de uma fêmea jovem (nulípara) e de uma ovelha com mastite.

As fezes são de consistência firme e em forma de síbalas (bolotas).

Figura 12 - Fezes com consistência normal (A) e diarreica (fazes mole a líquida).



Figura 13 - Caprino com acumulo de fezes na região posterior: indicativo de diarreia.



A urina deve apresentar coloração amarelada, com odor forte característico e em volume dentro da normalidade, de acordo com a espécie e a categoria. O animal não deve apresentar dificuldades para urinar.

Figura 14 e 15 - Animal com urolitíase obstrutiva: dificuldade de urinar, pênis e região ventral edemaciados.



A integridade dos cascos também compõe o quadro de aspectos de um animal saudável e é essencial para o bom desenvolvimento das atividades normais, tais como deslocamento, alimentação, reprodução, entre outros. Animais com bons cascos conseguem se sustentar e se locomover normalmente sem sinais de dor ou incômodo (claudicação).

Figura 16 - Casco: lesão interdigital



Lembre-se que os cascos dos caprinos e dos ovinos crescem continuamente com certa velocidade para compensar o desgaste natural que ocorre devido o seu contato com terrenos e pisos duros, pedregosos ou áridos. Caso este crescimento seja maior que o desgaste, pode ocorrer a formação de dobras que facilitam o acúmulo de matéria orgânica e o desenvolvimento de bactérias causadoras de enfermidades no casco, como a "podridão do casco".

Figura 17 - Animal com crescimento excessivo do casco pode levar a dificuldade de locomoção e deformação de aprumos.



No artigo do mês que vem continuaremos a discutir outros aspectos importantes na identificação dos animais saudáveis.

MARIA ANGELA FERNANDES

Médica Veterinária pela UFPR
Doutoranda do Programa de Ciências Veterinárias da UFPR
Integrante do LAPOC - Laboratório de Produção e Pesquisa em Ovinos e Caprinos da UFPR

CARINA BARROS

Médica veterinária
Mestre em Ciências Veterinárias UFPR
Doutora em Nutrição e Produção Animal FMVZ-USP
Pós-doutorado FMVZ-USP
Atuação na avaliação econômica e modelagem

EDSON F EVARISTO DE PAULA

Zootecnista (UFPR),
Mestre em Ciências Veterinárias (UFPR)
LAPOC - Laboratório de Produção e Pesquisa em Ovinos e Caprinos da UFPR

DAMARIS FERREIRA DE SOUZA

13

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

ANA MARIA DANTAS DE OLIVEIRA

MARACANAÚ - CEARÁ - OVINOS/CAPRINOS

EM 17/09/2019

Boa tarde!!!!!
estou um cabrito de 6 meses, seu crescimento está comprometido, pois está muito pequeno e com os cascos muito compridos e ele fica mais de joelho do que andar... O que devo fazer????
ODAIR LEME

EM 10/10/2018

Comprei um carneiro de 7 meses ,,, só que está soltando fezes mole....tem algum medicamento pra dar .
JEFFERSON TELLO DA FONSECA

FORTALEZA - CEARÁ

EM 07/04/2013

Minha ovelha esta com crescimento excessive do casco, chegana dobrar, nao sei se tem uma doença como a pododermatite, o que devo fazer ?  JeffersonTello@gmail.com
JULIANA ALVES

CRISTINO CASTRO - PIAUÍ - PESQUISA/ENSINO

EM 07/02/2013

otimo artigo
JOSÉ ELIAS FELIPE DE LIMA

PALMARES - PERNAMBUCO

EM 11/04/2012

Quero tão somente agradecer voces, pois quando mas precisei, fui ajudado pelo estudo que fiseram. Com serteza será de grande valia para quem ainda está estudando.   
FRANCISCO TIAGO BARBOSA ARAUJO

PARAIBA

EM 14/11/2011

Ótimos artigos, sou apaixonado por ovinos, mas não sou criador, e vendo estes artigos me deixam confiante de que saberei escolher os animais, como se trata de uma paixão pretendo ter apenas 10 matrizes em regime de confinamento, sendo as mesmas Santa Ines provavelmente um dorper como reprodutor.



Parabéns a Equipe!



Att, Francisco Tiago, Boqueirão, cariri Paraibano.
FRANCISCO BARROSO

RIO BRANCO - ACRE

EM 30/08/2011

muito bom o artigo, mais valtou comentarios  de como tratarmos eventual causas !
JOSE CARLOS ROCHA

VIAMÃO - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE CAPRINOS DE CORTE

EM 23/08/2011

gostaria de ver mais matérias de caprinos para corte
EDSON F EVARISTO DE PAULA

CURITIBA - PARANÁ - ESTUDANTE

EM 16/08/2011

Boa Noite Marcus,

em meu nome e dos demais autores, agradeço o seu elogio.

Estamos à disposição para esclarecer eventuais dúvidas.

Att,

Edson
MARIA ANGELA FERNANDES

CURITIBA - PARANÁ

EM 16/08/2011

Prezados

Alexandre e Francisco



Agradecemos seus comentários! Ficamos contentes em saber que o nosso artigo está atingindo seu objetivo de orientar criadores e pessoas interessadas em ovinos e caprinos.



Nos próximos meses iremos continuar apresentando de forma simples e objetiva as características de um caprino e um ovino saudável! Não deixem de acompanhar nossa coluna.

Att

Maria Angela
MARCUS VINICUIS DA FONSECA

JUIZ DE FORA - MINAS GERAIS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 15/08/2011

Parabens, muito bom o artigo.

FRANCISCO DAS CHAGAS AZEVEDO

NATAL - RIO GRANDE DO NORTE - PRODUÇÃO DE OVINOS

EM 15/08/2011

Muito interessante o artigo, aprendendo e conhecendo Caprinos e Ovinos, principalmente para aqueles que convivem diáriamente no trato com os animais(tratadores).
ALEXANDRE SAMPAIO BARROS

CARUARU - PERNAMBUCO

EM 13/08/2011

Muito bom o material... parabéns a toda a equipe que desenvolvel este estudo.