FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

A importância da oferta de forragem nos sistemas de produção de ovinos em pastagem

POR ALDA LÚCIA GOMES MONTEIRO

E CESAR HENRIQUE ESPÍRITO CANDAL POLI

PRODUÇÃO

EM 03/07/2006

0
1
A oferta de forragem indica a quantidade de pasto de que o animal dispõe, e esta irá determinar o desempenho produtivo e o sucesso da exploração. A informação sobre a oferta de forragem é fundamental para o cálculo da carga animal que se deve usar em determinada área de pastagem.

A oferta é representada pela quantidade de MS (kg) disponível por 100 kg de peso vivo animal que se encontra na área, portanto é indicada como valor percentual. Ex.: oferta de forragem igual a 8%, significa 8 kg de MS por 100 kg de peso vivo.

As diferentes categorias animais apresentam diferentes necessidades nutricionais em função de diferentes fases fisiológicas pelas quais estão passando. Por exemplo: ovelhas em lactação amamentando gêmeos; ovelhas em monta.

Considerando as diversas fases fisiológicas da vida do ovino, cujas exigências nutricionais devem ser observadas, pode-se afirmar, por exemplo, que referente à necessidade de ingestão de forragem, as ovelhas em fase de monta necessitam da oferta de forragem de cerca de 4-5 kg de matéria verde seca (MVS)/ovelha/dia, propiciando melhoria do ganho de peso diário e da taxa de ovulação.

No início da gestação as exigências nutricionais diminuem, sendo que cerca de 1-1,3 kg de MVS/ovelha/dia são suficientes. Para o terço final de gestação, a necessidade de ingestão está entre 1,5 a 2,5 kg MVS/dia. Quando as ovelhas pastejam com seus cordeiros no período pós-parto, ofertas de cerca de 5 a 8 kg MVS/dia são exigidas, para que o consumo esteja em 2,3 a 2,7 kg MVS/dia e entre 3,2 a 3,5 MVS/dia, para parições simples e duplas, respectivamente (Geenty, 1986; Carvalho et al., 1991; Tabela 1).

A partir de todos esses valores relatados, conclui-se que as ofertas de forragem devem ser entre 3 a 4 vezes superiores à necessidade de ingestão dos animais, de forma que os mesmos possam ter a possibilidade de selecionar material de melhor qualidade, que atenda às exigências nutricionais de cada fase.

Tabela 1: Ofertas de forragem para ovelhas com partos simples ou duplos junto com seus cordeiros


Fonte: Geenty (1986) citado por Carvalho et al. (1991)

De acordo com Carvalho et al.(2002), os cordeiros quadruplicam sua ingestão de forragem entre o 1o e o 3o mês de vida e esta necessidade deve ser prevista no manejo da pastagem, não prevendo apenas a ingestão das ovelhas, o que pode trazer decréscimo no desempenho dos cordeiros, tornando-os mais susceptíveis às verminoses.

A seguir, apresenta-se uma figura que indica a demanda de pastagem, de acordo com as necessidades nutricionais de ovelhas em diferentes fases do ciclo produtivo:


Figura 1: Necessidade de forragem (kg MS/ovelha/dia) conforme demanda nutricional por época do ano (flecha de cor verde= encarneiramento; flecha de cor vermelha=parição)

Observa-se então, que as fases de maior exigência em consumo de matéria seca de forragem ocorrem nas etapas de encarneiramento (atividade reprodutiva) e pós-parto (lactação)

Avaliação da pastagem

Para que o produtor tenha condições de calcular a quantidade de matéria seca disponível aos animais (oferta de forragem) e assim, controlar a carga animal presente, algumas formas de avaliação são apresentadas a seguir.

1. Corte e Secagem

Cortar o pasto de uma área representativa da quantidade que existe no piquete. Cortar uma área conhecida rente ao solo; para isso utilizam-se discos de ferro de 0,1m2 (ver foto abaixo) ou quadrados de ferro de cerca de 0,25 m2 (essas metragens são sugestões, qualquer metragem conhecida pode ser usada).

O material colhido deverá ser seco em estufa ou em forno comum ou microondas até que fique bem seco e quebradiço. Utiliza-se em geral 15 minutos em potência alta em microondas. No forno de microondas é importante colocar junto uma vasilha de água para evitar que haja queima do material. Depois de seco o material deve ser pesado.

Com isso consegue-se calcular a quantidade de matéria seca de pasto (peso em kg) na área que foi cortada e calcular a massa disponível por hectare (10.000 m2). Essa avaliação é importante para calibrar o olho do avaliador e relacionar a quantidade de matéria seca disponível com a altura.


Figura 2: Disco de ferro para avaliação da disponibilidade de matéria seca do pasto

2. Altura da Pastagem:

Mede-se a altura das folhas em vários pontos da pastagem. Essa altura está diretamente relacionada com a quantidade de matéria seca disponível. Essa relação pode ser calibrada com a avaliação através do corte e secagem (vide 1). Alguns trabalhos de pesquisa têm mostrado que a cada 10-12 cm de altura distribuída uniformemente na área, há em torno de 1000 kg de matéria seca por hectare.

3. Avaliação visual:

Após fazer várias vezes as avaliações anteriores o produtor terá condições de fazer a sua avaliação visual da quantidade de matéria seca disponível. Essa é uma forma rápida, sem custos e consegue abranger uma área grande. Entretanto, essa forma de avaliação exige enorme experiência.


Bibliografia Consultada

Carvalho, P.C.F. de; Poli, C. H. E. C. et al.. Normas racionais de manejo de pastagens para ovinos em sistema exclusivo e integrado com bovinos. In: Simpósio Paulista de Ovinocultura, 6, Anais...Botucatu, SP. 2002. p. 21-50.

Carvalho, P.C.F. de; Poli, C.H.E.C. et al. Manejo de pastagens para ovinos: uma abordagem contemporânea de um antigo desafio. In: Simpósio Paranaense de Ovinocultura, 9, Anais...Ponta Grossa, PR. 2001. p. 79-102.

Carvalho, P.C.F. de; Ribeiro Filho, H.M.N. et al. Importância da estrutura da pastagem na ingestão e seleção de dietas pelo animal em pastejo. In: Mattos, W.R.S. et al. (ed.). A produção animal na visão dos brasileiros. Piracicaba: FEALQ. 2001. p. 853-871.

Favoretto, V. Pastagens para ovinos. In: Produção de ovinos. Anais...Jaboticabal: FUNEP, 1990. p.65-80.

ALDA LÚCIA GOMES MONTEIRO

Coordena o Laboratório de Produção e Pesquisa em Ovinos e Caprinos (LAPOC) da UFPR

CESAR HENRIQUE ESPÍRITO CANDAL POLI

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.