FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

A importância da densidade em silagens e os fatores que a determina

POR THIAGO FERNANDES BERNARDES

PRODUÇÃO

EM 26/05/2014

8
0
As etapas de abastecimento do silo e compactação da forragem têm como objetivo eliminar o ar remanescente no interior da massa, fundamental para que a fermentação seja otimizada, pois silagem é um alimento fermentado. Somado a isso, estas etapas também determinam o quando de ar que poderá penetrar na silagem quando a mesma for exposta ao ambiente durante a fase de desabastecimento do silo (Lembrando que o ar leva ao processo de deterioração do alimento).

Após o abastecimento e a compactação a massa de forragem irá alcançar uma determinada densidade, ou seja, haverá certa quantidade de alimento em um determinado volume. Portanto, o objetivo da compactação é diminuir a porosidade da massa. A porosidade pode ser definida como o número de poros entre as partículas sólidas de um material. Os poros podem ser preenchidos com gases e/ou água nas silagens. Para que os gases se movam na massa é necessário que os poros sejam contínuos. Desse modo, eliminar poros significa não contribuir para o fluxo de ar na massa. Estudos recentes recomendam que a densidade de matéria verde de uma silagem deve atingir 700 kg/m3. Para que este objetivo seja alcançado, devemos saber os fatores que afetam a densidade da massa em silos horizontais trincheira e superfície, os quais são: I) teor de matéria seca da forragem, II) o tamanho de partícula, III) a altura da camada distribuída no silo durante o abastecimento, IV) o peso do veículo e o V) tempo de compactação.

Todos fatores apontados acima são importantes e interagem entre si, contudo os três últimos são considerados determinantes. Desse modo, a seguir discutiremos com maior profundidade cada um deles.

A distribuição das camadas e a compactação da massa

A distribuição das cargas durante o abastecimento de forragem no silo deve ser de forma organizada de modo que a espessura da camada não dificulte a compactação pelo veículo. A camada descarregada em silos horizontais deve estar entre 15 a 20 cm. A organização na distribuição dos vagões e a utilização de lâminas (frontais e traseiras) nos veículos que efetuam a compactação auxiliam nesta etapa. Percebam que são fatores que dependem apenas da organização por parte da propriedade.

O veículo e a compactação da massa

O peso do veículo e o tempo de compactação são pontos que melhores se correlacionaram com as variações nas densidades das silagens. Deve-se observar um intervalo de descarregamento das cargas de forragem que chegam para dedicar mais tempo à pressão de compactação à massa, já que altas densidades estão correlacionadas positivamente com o tempo de compactação. Muck e Holmes (2000) avaliaram os fatores que alteram a densidade em silos trincheira e recomendaram que o tempo de compactação deve ser de 1 a 1,2 vezes o turno de colheita, ou seja, assumindo que a jornada de trabalho da colhedora possa durar 10 horas/dia, o tempo de compactação deve ser de 10 a 12 horas/dia. Quanto ao peso do veículo, o equipamento de compactação deve apresentar peso igual ou superior a 40% da massa de forragem que chega ao silo por hora de trabalho efetiva. Exemplo: se a cada hora o silo receber 10 t de forragem o veículo deverá ter no mínimo 4 t. Caso a quantidade de forragem seja muito superior a este valor, o correto é aumentar o número de veículos que realizam a compactação.
 

ARTIGO EXCLUSIVO | Este artigo é de uso exclusivo do MilkPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

THIAGO FERNANDES BERNARDES

Professor do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (UFLA) - MG.
www.tfbernardes.com

8

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MAURICIO BECKER OSWALD

SÃO LOURENÇO DO SUL - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 08/06/2014

Qual o ponto ideal para ensilar? (estágio dos grãos).E sobre o uso de inoculante,se realmente é viável? quais os benefícios? Obrigado!
LAERTE PEREIRA

BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL

EM 02/06/2014

Muito obrigado ao Marcelo.

Fundamental o esclarecimento do José Ferrão.

Agradeço também a este site que facilita a interlocução e favorece a aprendizagem e a troca de experiências.
MARCELO WADDINGTON

BELA VISTA DE GOIÁS - GOIÁS - INDÚSTRIA DE INSUMOS PARA A PRODUÇÃO

EM 02/06/2014

Concordo com o José Ferrão.
CARLOS EDUARDO VALENTE PIERONI

CAMPO FLORIDO - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 29/05/2014

Sempre que faço a silagem cubro com lona,obvio, e uma camada de terra para que todo ar seja eliminado.Há muita gente que dispensa a terra. Quem está certo ?

Obrigado.
THIAGO FERNANDES BERNARDES

LAVRAS - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 27/05/2014

Laerte, serão necessários todos os processos de produção de uma silagem, menos a colheita. Ou seja, haverá transporte, compactação e vedação da silagem que já foi produzida.



Att,



Thiago Bernardes
LAERTE PEREIRA

BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL

EM 27/05/2014



Interessante o artigo.

Uma pergunta: é possível mudar a silagem do local onde foi compactada, depois de dois meses pronta,  para outro local mais perto do cocho de alimentação dos animais, sem que tal mudança cause danos irreparáveis à sua qualidade? Caso seja possível, como proceder? Será necessário nova compactação?

Obrigado

Laerte Pereira
THIAGO FERNANDES BERNARDES

LAVRAS - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 27/05/2014

Caro Sandro, não há comprovação, por meio de estudos, que a largura dos pneus exerça influência direta sobre a compactação. O importante é colher a maioria das culturas com teor de matéria seca entre 30-40%, manter as partículas uniformes, promover camadas finas para o trator compactar e, principalmente, ficar atento ao peso do veículo e o tempo de compactação.



Att,



Thiago Bernardes
SANDRO DE CASTRO

GOIÂNIA - GOIÁS - PESQUISA/ENSINO

EM 27/05/2014

Parabéns pelo artigo! E quanto a rodagem do veículo mais estreita ou larga que aumenta ou diminui a superfície de contato com o material picado. Qual a mais indicada?

Abraços