ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Serviço que orienta nutrição eficiente de caprinos e ovinos será lançado nesta quinta-feira

PRODUÇÃO DE LEITE

EM 05/07/2017

3 MIN DE LEITURA

2
0
Criadores de caprinos e ovinos contam agora com um serviço de assessoria com recomendações para orientar a alimentação racional de seus rebanhos. O Serviço de Assessoria Nutricional Remota para Pequenos Ruminantes (AssessoNutri), desenvolvido pela Embrapa, pode reduzir os custos de produção em até 20%, além de agilizar a análise nutricional por meio das fezes dos animais, oferecendo os resultados dos exames e recomendações nutricionais em até três dias úteis. Pelos métodos tradicionais, o tempo de espera pode chegar a 15 dias. O Serviço permitirá monitorar rebanhos e fornecer orientações e indicadores sobre a qualidade da pastagem e dos alimentos disponíveis para os animais.

O AssessoNutri será lançado no dia 6 de julho, às 11 horas, no XXI Seminário Nordestino de Pecuária (Pecnordeste), em Fortaleza (CE), na Arena da Feira de Produtos e Serviços Agropecuários montada no Centro de Feiras e Eventos. Lá estará disponível, para demonstração e realização de análises, o laboratório móvel, caminhão adaptado que irá até as regiões produtoras e fará análises de fezes dos animais por meio de equipamento de espectroscopia no infravermelho próximo (NIRS).

No primeiro momento, o serviço contemplará apenas a região dos Inhamuns, que concentra os maiores rebanhos ovinos e caprinos do Ceará. Mas a ideia dos pesquisadores que o desenvolveram é ampliá-lo para um alcance nacional, por meio de acesso remoto via internet. O serviço já vinha funcionando, por meio de um projeto-piloto, no Município de Tauá (CE), naquela mesma região.

Uma primeira fase de coletas já foi realizada em abril, durante o projeto-piloto. Os resultados das análises irão gerar um primeiro boletim com orientações específicas para os criadores da região sobre a dieta dos animais, indicando se há necessidade de suplementação alimentar, entre outras informações. A ideia é emitir boletins mensais que serão distribuídos em casas agropecuárias, associações de produtores, entre outras instituições locais, além da divulgação em redes sociais.

“A nutrição dos rebanhos corresponde a até 75% dos custos de produção em alguns sistemas. Mesmo em sistemas extensivos, o custo também é representativo, embora esse não seja contabilizado pelos produtores”, destaca Diego Galvani, pesquisador da área de nutrição animal da Embrapa Caprinos e Ovinos (CE). De acordo com ele, o maior desafio para implementação de um serviço nos moldes do AssessoNutri é a determinação do balanço de nutrientes, ou seja, a falta ou excesso desses na dieta de animais criados em sistemas de pastejo, principalmente aqueles que têm o pasto nativo como base alimentar. Esse obstáculo é contornado por meio da análise da composição das fezes dos animais.

Testes conduzidos pela Embrapa, juntamente com instituições parceiras no Nordeste, Centro-Oeste e Sul do Brasil, permitiram determinar os benefícios do monitoramento nutricional dos rebanhos e da adoção de práticas alimentares orientadas pelo AssessoNutri. Galvani cita experimento na Paraíba, estabelecido em parceria com a Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa), que avaliou rebanhos durante todo o ano de 2016. Dentre os indicadores avaliados, o pesquisador destaca a redução de mortalidade de cabritos em 15% e o aumento na produção de cabritos por matriz [fêmea] em 26,8%.

“Nós estimamos que, para um produtor com um rebanho de 50 animais, a nutrição adequada por meio do acompanhamento nutricional pode trazer um acréscimo anual de R$ 2.400 à sua renda. No caso de Tauá (CE), por exemplo, estima-se que se 10% dos produtores locais usarem este serviço, haveria a possibilidade de injeção de R$ 1,4 milhão por ano na economia local”, destaca o pesquisador.

Rodada de Negócios

A ideia é ampliar o AssessoNutri por meio de acesso remoto na internet, em que um produtor em qualquer ponto do País possa solicitar o serviço, encaminhar amostras para um laboratório parceiro e contar com um técnico credenciado para fazer recomendações. Para viabilizar essa ampliação do serviço, além do lançamento, haverá também rodada de negócios no Pecnordeste, no dia 7 de julho, na qual clientes interessados, como associações, cooperativas e órgãos públicos, poderão encontrar informações sobre como utilizar o serviço e formalizar contratos de parceria.

De acordo com o pesquisador Marco Bomfim, chefe-geral da Embrapa Caprinos e Ovinos, a empresa poderá oferecer pacotes de serviços para as instituições, assim como colocar o serviço à disposição para governos que quiserem adotar o AssessoNutri para colaborar com políticas públicas, que possam aumentar a eficiência de recursos alimentares e otimizar programas públicos.

As informações são da Embrapa Caprinos e Ovinos. 
 

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

SERGIO FERREIRA DA SILVA

NOVO LINO - ALAGOAS - OVINOS/CAPRINOS

EM 13/08/2017

Como posso acessar os serviços do assessonutri pois sou um pequeno criador de ovinos do interior de alagoas na região da zona da mata a 100 km da capital, tenho grande interesse em utilizar esta ferramenta.
JERRE ADRIANI

SOMBRIO - SANTA CATARINA

EM 30/07/2017

Ola sou um pequeno criador de ovinos e estou com um poblema. tenho uma ovelha q apos 30 dias q pario um corderinho ela endureceu as pernas e nao se alevanta mais tipo, parece uma cambra! se alguem poder me ajudar fico muito grato obgd..
MilkPoint AgriPoint