ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

A realidade e o custo de criação de novilhas

PRODUÇÃO DE LEITE

EM 09/12/2009

2 MIN DE LEITURA

0
0

Quem é produtor de leite?Aquele que possui vacas leiteiras e as ordenha diariamente? Com que dinheiro mantém a atividade? Com a renda gerada pelo próprio negócio?
Ser produtor (com "P" maíusculo) é uma coisa. Ter a atividade leiteira como um "hobby" é outra coisa. Apesar deste segundo caso (hobby) ser cada vez mais raro nos dias atuais, ainda encontramos "produtores" com tal perfil. O verdadeiro produtor, não tem saída. Deve sobreviver com a atividade. E pagar todas as suas contas.
Atualmente, muitos técnicos e especialistas conceituados têm escrito artigos sobre custo de criação de novilhas em diferentes periódicos, revistas, internet, etc. A linha de raciocínio é sempre a mesma: criar bem as bezerras, investir em nutrição, garantir boa sanidade e pronto! Com 15 meses conseguimos emprenhar uma novilha que entrará em lactação aos 24 meses. Transcrevo a conversa que tive com um colega (técnico) que queria provar a tal teoria ideal. Relato a minha pessoa como "produtor" e do meu colega como "técnico":
Técnico: "suas novilhas podem melhorar, né? Vc poderia impor um maior ganho de peso, assim conseguiria inseminá-las mais cedo"
Produtor:
"claro, com certeza, poderia melhorar consideravelmente a dieta, poderia adubar melhor os piquetes, com certeza elas cresceriam mais rapidamente"
Técnico: "você sabe que matematicamente compensa mais investir na criação de bezerras e novilhas para que elas cresçam na taxa de ganho de peso adequada? É mais barato porque as mesmas entrariam em lactação antes, economizando tempo e comida!"
Produtor: "com certeza seria muito bom, numa planilha de custo fica mais barato mesmo; já fiz esta conta 1 milhão de vezes e você tem toda razão agora, posso te fazer uma pergunta?"
Técnico: "claro!!"
Produtor: "você sabe o quanto eu teria que investir a mais por animal para atingir o - tecnicamente - perfeito?!"
Técnico: "não"
Produtor: "você sabe qual seria o impacto dentro do fluxo de caixa da atividade gerado por uma compra adicional de volume significativo de matéria prima para produção de ração destes animais de modo que venhamos a adequar o: - tecnicamente - correto?"
Técnico: "não"
Produtor: "assuma uma fazenda, gerencie a mesma, controle o conta corrente, administre o capital, pague suas contas em dia e verifique como é difícil tomar determinadas decisões. Muitas vezes queremos avançar, no entanto, o fluxo, o capital disponível não permite e então o que fazer? Vendemos animais? Reestruturamos todo o rebanho de modo que venhamos a equacionar o nº de cabeças produzindo leite em relação a animais não produtivos? É fácil, fazer isso?!"
A conversa mudou de assunto.
Toda esta questão recai sobre um tema também clássico, abordado há muitos anos pelo Profº Vidal: a questão da distribuição do rebanho. Se a distribuição do mesmo está adequada, fica mais fácil obter renda para investir mais na criação de animais jovens. Quando a distribuição (os famosos 80 a 83% do rebanho em produção em lactação) não é ideal, quando a reprodução não caminha a 100% e a taxa de descarte é elevada, fica muito complicado atingir determinadas metas abordardas por alguns "especialistas". Devemos tomar muito cuidado quando abordamos determinados assuntos. A técnica é verdadeira é fundamental, funciona como um "norte". Aplicá-la, entretanto é um passo adiante. Se não hover maturidade profissional, erros são cometidos e muitas bobagens são ditas/escritas.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint