FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Poluição do meio ambiente através de efluentes gerados na higienização da Indústria leiteira

POR LÍVIA RODRIGUES SALCEDO

INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

EM 03/06/2015

2 MIN DE LEITURA

4
0
Com a crescente melhoria na qualidade de produção de alimentos, a higienização tem sido diretamente ligada ao nível de qualidade do produto final. Assim, na indústria de leite e derivados, essa etapa do processo possui importância significativa contra contaminações do alimento produzido.

No entanto, não somente a qualidade do produto deve ser considerada mas também deve haver a preocupação com todo o ambiente envolvido nessa produção industrial como o meio hídrico, esgoto, solo entre outros.

As indústrias de alimentos destacam-se por um maior consumo de água e uma maior geração de efluentes por unidade produzida. A indústria de laticínios por exemplo, gera um grande volume de efluentes com uma elevada carga orgânica através de procedimentos de limpeza de silos, tanques, pasteurizadores, homogeneizadores, tubulações, etc. A carga orgânica que constitui esses efluentes acarreta em elevada Demanda Química de Oxigênio (DQO), Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO), óleos e graxas, nitrogênio, fósforo, etc.

No sistema de higienização CIP (Cleaning In Place) descarta-se água de enxágüe com pH que varia de 1,0 a 13,0 (devido às próprias soluções básicas e ácidas aplicadas no processo) o que dificulta a neutralização do efluente na estação de tratamento.

Existe recuperação do efluente cáustico gerado pelo sistema CIP?

Hoje há sistema de ultrafiltração (Ex: nanofiltração) que promove a Reciclagem de Soluções de limpeza Causticas e Ácidas (CIP). Porém, se faz necessário avaliar o custo desse processo, que muitas vezes pode ser dispendioso.

Quais as principais operações de higienização que geram ou podem influenciar significativamente os efluentes líquidos da indústria de laticínios?

São as seguintes:

• lavagem e/ou enxágue para remoção de resíduos de leite ou de seus componentes, assim como de outras impurezas, que ficam aderidos em latões de leite. Lavagem de tanques (inclusive os tanques de caminhões de coleta de leite e silos de armazenamento), tubulações e mangueiras de soro, bombas, equipamentos e utensílios diversos utilizados diretamente na produção;

• lavagem de pisos e paredes;

• arraste de lubrificantes de equipamentos da linha de produção, durante as operações de limpeza;

Em qual etapa da produção podem ser implementadas ferramentas para prevenir a poluição do ambiente?

No caso da indústria leiteira, o ideal é que a prevenção se inicie desde a extração da matéria-prima até a disposição final, ou seja, desde a manutenção das salas de ordenha até o beneficiamento do leite na indústria. Para se ter uma ideia, a quantidade total de efluentes orgânicos produzidos por confinamentos de vacas leiteiras varia em média de 9% a 12% do peso vivo do rebanho por dia, variando de acordo com o volume de água utilizado na limpeza e desinfecção das instalações e equipamentos da unidade de produção. Os efluentes orgânicos oriundos de sistemas de produção leiteira confinada, quando lançados num corpo receptor, provocam alterações físicas e químicas nos mananciais, oferecem riscos à saúde publica e ao abastecimento, pois podem estar presentes na água potável elementos patogênicos e/ou tóxicos.

Há tempos em que a crescente degradação do ambiente tem sido foco de preocupação mundial, de modo que uma relevante importância tem sido dada ao fato. Dessa forma, o meio ambiente tem sido considerado como parte integrante no desenvolvimento e deve ser considerado em todos os níveis de decisão dentro de uma empresa.

ARTIGO EXCLUSIVO | Este artigo é de uso exclusivo do MilkPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

LÍVIA RODRIGUES SALCEDO

4

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

LUIS CARLOS KUYVEN

RIO GRANDE DO SUL - INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

EM 11/06/2015

Conheço sistema de tratamento de efluentes para laticinios, que é totalmente biologico, com minhocas, da empresa Espanhola BIDATEK, que esta instalada junto a UNIVATES - Lajeado, RS, e que esta com otimos resultados, pois com baixo custo de energia, sem mao de obra especializada, sem adiçao de produtos quimicos, atinge otimos resultados necessarios.
LEONARDO PERIN

INDÚSTRIA DE INSUMOS PARA A PRODUÇÃO

EM 10/06/2015

No caso de detergentes ácido e Alcalino, se resolve o problema usando Hypred. A empresa possui ISO 14001, e seus produtos são biodegradáveis.
MARIANA POMPEO DE CAMARGO GALLO

PIRACICABA - SÃO PAULO

EM 10/06/2015

Para quem quiser saber mais sobre ferramentas para redução de efluentes no processamento do leite, a AgriPoint está com inscrições abertas para o Curso Online "Novas Tecnologias para Otimização de Processos em Laticínios" com a instrutora Isabela Ferrari.



Mais informações e inscrições no site: http://www.agripoint.com.br/curso/tecnologia-leite/



Ou entre em contato: (19) 3432-2199, cursos@agripoint.com.br .



Desconto especial para grupos, excelente oportunidade para equipe de laticínios e estudantes!
ROGERIO DALTOE

JI-PARANÁ - RONDÔNIA - INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

EM 04/06/2015

Hoje estamos realmente nos preocupando com o que fazer com a água utilizada não só em Industrias como também em lares, escolas, empresas. O que nos deparamos diariamente é um desperdício imenso de águas tratadas e uma falta de consciência de todos os consumidores.

Acredito que nossa geração está sentindo na "pele"  a falta de cuidados com essa matéria prima essencial para nossa existência.

Espero que todos olhem seu artigo como um alerta para todos os setores de nossas indústrias e que consigamos diminuir o desperdício deste produto e utiliza-lo de modo mais eficaz e produtiva.
MilkPoint AgriPoint