FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

O caso do contrabando de Vitamina B12

POR FLÁVIA FONTES

ESPAÇO ABERTO

EM 09/03/2015

2 MIN DE LEITURA

7
0
Perda de memória, depressão, fadiga, letargia, perda de apetite, anemia, convulsões e demência são alguns dos sintomas apresentados por pessoas com deficiência de Vitamina B12. Esses quadros são relativamente comuns, especialmente em vegetarianos e pessoas com problemas de absorção intestinal dessa vitamina. Trabalhos recentes de pesquisa sugerem que uma proteína encontrada no leite de vaca estimula a absorção de Vitamina B12 por uma rota alternativa, tornando os lácteos as principais fontes naturais desse nutriente.

Apesar de ser essencial para vários processos metabólicos, o corpo humano não consegue produzir Vitamina B12 - uma molécula produzida por bactérias presentes no rúmen dos bovinos. Assim, é necessário que a mesma faça parte de nossa dieta ou seja consumida na forma de suplementos.

A recomendação diária de consumo de Vitamina B12 é de 2,4 microgramas - quantidade encontrada em 3 copos de leite - mas, muitas pessoas consomem bem menos que isso. É o caso dos vegetarianos, especialmente dos veganos, já que as únicas fontes naturais de Vitamina B12 são os produtos de origem animal. No caso dos idosos, a deficiência parece estar relacionada à baixa absorção intestinal, que também afeta pessoas com doenças gastrointestinais ou submetidas a cirurgias no trato digestivo.

Consequentemente, a deficiência de Vitamina B12 é relativamente comum, levando a uma série de problemas de saúde, inclusive lesões nervosas. O tratamento é feito com injeções intramusculares ou suplementação oral, impondo uma rotina diária não muito fácil de ser seguida. Assim, os cientistas começaram a estudar novas formas de fornecimento de Vitamina B12 para pessoas com risco de deficiência.

Vários estudos têm demonstrado que a Vitamina B12 proveniente de produtos lácteos é melhor absorvida que aquela proveniente de outras fontes naturais, assim como das fontes sintéticas presentes nos suplementos. O segredo dessa maior biodisponibilidade parece estar em proteínas presentes nos lácteos que se aderem à vitamina, facilitando sua absorção intestinal e chegada ao sistema circulatório. Uma vez na circulação sanguínea, a Vitamina B12, também conhecida como Cobalamina, é transportada para vários órgãos por uma proteína chamada de Transcobalamina.

Além do transporte pelo sangue, existem evidências de que a Transcobalamina pode também promover a absorção da Vitamina B12 no intestino, em uma espécie de "contrabando". Um grupo de pesquisadores observou que a Transcobalamina, extraída do leite de vaca, estimula a absorção de Vitamina B12 nas células intestinais de vacas, ratos e humanos. Eles concluíram também que a Vitamina B12 presente no leite de vaca (ligada à Transcobalamina) é muito mais efetiva em atravessar as células intestinais humanas que a Vitamina B12 isolada. Essa rota alternativa, torna os lácteos especialmente indicados para a suplementação de Vitamina B12, especialmente para aquelas pessoas com deficiência causada por baixa absorção.

Para o futuro, os pesquisadores planejam extrair a Transcobalamina do leite de vaca para tratamento de pessoas com severa deficiência.

Para o presente, temos em mãos mais um ótimo motivo para tomar mais leite por dia e também convencer pessoas a nossa volta a fazê-lo. 

ARTIGO EXCLUSIVO | Este artigo é de uso exclusivo do MilkPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

FLÁVIA FONTES

Editora-Chefe da Revista Leite Integral

7

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

JOÃO LEONARDO PIRES CARVALHO FARIA

MONTES CLAROS - MINAS GERAIS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 13/03/2015

Mais uma matéria com fontes confiáveis e informações relevantes que provam claramente a necessidade do consumo de leite de origem animal.
JULIO CESAR MARTINS

GOVERNADOR VALADARES - MINAS GERAIS

EM 11/03/2015

Prezada Flavia Fontes, parabéns pela matéria e gostaríamos de publica-la no nosso jornal´do Sindicato rural de G Valadares
VERIDIANO OLIVEIRA

XINGUARA - PARÁ - REVENDA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS

EM 10/03/2015

Excelente artigo. Parabéns Flávia!

A humanidade cresceu e vive em pleno desenvolvimento sustentável comendo leite e seus derivados, isso é fato. É o produto de origem animal mais completo que existe, não há o que questionar. Sua cadeia produtiva sustenta e melhora a qualidade de vida no campo e na cidade a mais pessoas no mundo que qualquer outra atividade econômica. O empresário do setor, incluindo-se, principalmente, o produtor, que observar, bem concluir e planejar seus projetos, terá, certamente, motivos para investir e crescer com o leite. Um grande abraço e fé aos produtores de leite do Brasil.
ILOR PEDRO TREVISAN

CHAPECÓ - SANTA CATARINA - INDÚSTRIA DE INSUMOS PARA A PRODUÇÃO

EM 10/03/2015

Importantíssimo, principalmente para aquelas pessoas que não consomem outros alimentos de origem animal!
ANTÔNIO DE SOUZA FILHO

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS

EM 10/03/2015

Parabéns Dra. Flávia pelo compartilhamento de conhecimentos.
CLÓVIS RIBEIRO GUIMARÃES

PAPAGAIOS - MINAS GERAIS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 10/03/2015

Muito bom Doutora Flávia Fontes.

Para nós, que trabalhamos com pecuária leiteira e somos questionados constantemente sobre a qualidade e benefícios do nosso produto, esse texto é muito útil como argumentação a favor de um maior consumo de leite e derivados. Devemos nos munir de conhecimento para maior capacitação e desenvolvimento de uma maior bagagem acerca do assunto. O texto traz informações muito relevantes.
LEONARDO DE ALMEIDA BRAGA

FORMIGA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 10/03/2015

Está matéria precisar ter uma divulgação ampla em diversos meios de comunicação, principalmente entre os médicos.
MilkPoint AgriPoint