Atendimento on line
  • FAZENDAS INOVADORAS

    Poitara Genética, Matozinhos/MG

    "As feias que me perdoem, mas beleza é fundamental". Não falo aqui das musas de Vinícius, mas de uma fazenda. E por que não? Um lugar bonito, onde cada cantinho foi pensado com carinho, funcionalidade e, principalmente, com o objetivo de proporcionar bem estar aos animais e a todos que passam ou trabalham por lá. Isso, sem falar na simpatia dos proprietários, com quem é possível passar horas muito agradáveis, falando sobre vacas, leite, histórias de vida e paixão pelo trabalho. Acessar »

  • #BEBAMAISLEITE

    Você sabe o que é leite "A2"?

    As beta-caseínas representam, aproximadamente, 30% do total de proteínas do leite de vaca, e podem estar presente em duas variantes: A1 ou A2. No processo digestivo do leite, a ação das enzimas intestinais sobre a beta-caseína A1 libera o BCM-7, cujo consumo está associado a sintomas semelhantes aos da intolerância à lactose em parte da população. Por outro lado, isso não ocorre no processo digestivo da beta-caseína A2. Dentre as raças de bovinos leiteiros, a Gir parece apresentar a maior presença da beta-caseína A2 no leite, o que já tem mobilizado produtores e indústria no sentido de desenvolver pesquisas para elucidar melhor os efeitos da beta-caseína A1 e também para selecionar animais que possuam o alelo A2. Acessar »

  • REPRODUÇÃO

    10 sinais de que o manejo reprodutivo está inadequado

    Os índices reprodutivos são importantes ferramentas para o gerenciamento de rebanhos leiteiros, fornecendo informações para a evolução da atividade, alterações no manejo, seleção de animais com melhor desempenho, descarte de “animais problema” e introdução de tecnologias que visam melhorar a lucratividade. Acessar »