Autor

Mensagem

Wilson Mota da Silva

Iniciante na criação


Enviado em 16/03/2007

Iniciarei em 2008 criação de Gado Leiteiro ,já tenho o equipamento completo para a ordenha mecanica (sistema novo contato manual com o leite), propriedade tem 22,4 hectares(quase cinco sao em mat nativa e nao posso usá-los) 1 ha está com eucaliptos,e meio hectare é o local que o antigo proprietário reservou para construir a moradia ( incluindo horta,pomar e tanque de peixes), dessa forma 15 hectares são área útil para exploração,4 hectares usarei para agricultura (na regiao de Ituporanga/SC cultiva-se cebola, fumo e feijão), em 11 hectares pretendo usar para o gado ( de 15 a 20 vacas em lactação), os criadores da região me orientaram a criar holandes e jersey em conjunto mas não misturar os cruzamentos entre as raças. Sempre morei em cidade grande e,tenho 2 filhos de oito e quatro anos,pergunto se essas raças são mansas?Nestes 11 ha é possivel dividir a area em pastagens para o gado em lactação,vacas seca novilhas , produzir milho sorgo e outras fontes para alimentar o gado minimizando a compra de suplementos? É possível adquirir o semen sexado (como em Santa Catarina ainda não há esta tecnologia disponivel terei de trazer de Sao paulo) Grato pela ajuda

Névio Primon de Siqueira

Enviado em 18/03/2007

Wilson, tentarei ajuda-lo.

Quanto ao gado a utilizar: O convivio entre as duas raças indicadas é muito tranquilo, apesar de , eu particularmente ser criador de Jersey, não acho que seja ruim a exploração mista, pois uma dara volume de leite e a outra qualidade de leite. Lógico que existem outras diferenças entre as duas, não vou aqui defender nenhuma delas (aso queira mais informações a respeito poderei fornecer).

Quando a docilidade do jersey, que é a raça com a qual convivo mais, é muito tranquila. Voce podera checar aqui no milkpoint, no menu a esquerda, no titulo comunidade, entre nas 10 fotos mais avaliadas e vera uma criança entre algumas vacas jersey. É meu filho na espera da ordenha da tarde. Ele fica tocando as vacas para entrarem na ordenha. É prudente sempre estar acompanhando pois podera haver empurrões entre as vacas e uma delas acabar pisando ou empurrando uma criança, mas não que elas sejam arredias ou não gostem de crianças ou mesmo ade dultos. São realmente muito dóceis. Fica um alerta quanto aos touros. NUNCA confie em touro nenhum de raça alguma. SEMPRE tenha medo deles. É mais prudente. A vaca holandesa, em geral, tambem é dócil, mas minha experiência maior é com o jersey.

Quanto a area disponivel , que é 11 ha, dependendo das condições e da forma de uso e de qualidade de terra e topopgrafia, é possível sim a colocação de 20 vacas no leite, com aproximadamente 4 a 5 secas, mais as novilhas e bezerras em fase de cria. Como a area não é muito grande, o ideal é que se faça uma venda de bezerras de pelo menos metade delas ate um ano de idade, assim voce utilizara uma area maior para as vacas produtivas do rebanho e não para a recria de bezerras. Podera tambem produzir milho para silagem para uso no inverno e ainda capineira ou cana, alem é claro de piquetes para pastejo.

Lembro que esse material a ser produzido na sua area, não é concentrado, mas sim volumoso, o que o fara comprar suplementos concentrados de fora, para uma exploração mais rentavel.

Quanto ao semen sexado, esta disponível por algumas centrais de inseminação , e que eu saiba, não existe restrição a nenhum estado do Brasil. Eles entregam através de seus representantes. Qualquer dúvida, poderei te indicar algumas centrais para mais informações.

Gostaria no entanto, de deixar claro, que o ideal seria voce ter um técnico competente para fazer um projeto de utilização da area e de estabilização de plantel, dividindo a area em quinhões para o devido uso com vacas em produção, vacas secas , novilhas e bezerras, para que não haja uso indevido de terra e não falte comida para seus animais, e para que o uso de capital seja feito de forma definitiva e ñão provisória.

Um abraço, Névio.



Guilherme Alves de Mello Franco

Enviado em 19/03/2007

Prezado Wilson:No meu entendimento, que já externei aqui neste mesmo fórum, em outros debates, anuncio que lhe deram a informação correta, apesar do meu amigo Névio entender de forma diversa, pelo cruzamento entre as raças. É que eu prefiro aproveitar todas as qualidades de ambas as raças (Holandês - leite em quantidade e Jersey - leite rico em sólidos), o que, na miscigenação, não é possivel. Assim, eu mesmo adoto, em minha propriedade, a criação seletiva de ambas as raças (no Jersey, estou começando). Concordo com tudo o que o Névio disse a respeito da mansidão do Gado Jersey. Quanto ao Holandês, estou mais a vontade para falar, já que lido há anos com a raça. Por sua maior estatura e peso, reconheço ser mais perigosa a vaca holandêsa, não pelo temperamento, que, via de regra, é bastante dócil, mas, pela possibilidade de acidentes com as crianças. Todavia, alerto que o manejo é fundamental na serenidade dos animais, já que, tratadores brutos, que batem nos animais e os tornam constantemente estressados, fazem com que a irritabilidade tome conta de qualquer raça. O touro holandês não é de brincadeira em momentos de reprodução ou quando há vacas no cio. Qualquer um tem que se cuidar para evitar ser agredido por ele, muito mais uma criança. Mas, nada que não possa ser evitado com alertas aos pequenos.Porém, concordo com o Névio: não se pode confiar em nenhum touro. Minhas vacas, pode-se andar entre elas que nada estranham, mesmo que você nunca tenha visitado a propriedade. A primeira vez que meu nutricionista entrou em minha fazenda, a observação inicial que fez foi esta - sinal de empregados conscientes e manejo perfeito. Quanto ao sêmen sexado, que, a princípio, parece ser uma panacéia, pode não passar de placebo. Explico: este tipo de sêmen só deve ser utilizado em novilhas virgens e por inseminadores experientes ou em vacas de ciclagem regular, que não repetem cios, emprenhando com facilidade, já que o poder de fertilidade dele é muito menor que o do convencional (em torno de trinta por cento). Não aconselho, por enquanto, que você o utilize, pelo menos em seu incío. Ganhe, primeiro, experiência com reprodução e, depois, sim, pode arriscar. Eu, até hoje, não me dispus a tentar. Espero ter sido útil. Muito boa sorte em seu novo empreendimento.
Um grande abraço,

GUILHERME ALVES DE MELLO FRANCO
Fazenda Sesmaria - Olaria - MG
Seleção de Gado Holandês
Filiada à Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais
(Afixo: S.E.S.G.A.)
Rebanho cem por cento registrado

HOLANDÊS: A RAÇA QUE MAIS PRODUZ LEITE NO MUNDO!!!
HOLANDÊS DA SESMARIA: VOCÊ AINDA VAI TER UM!!!

Névio Primon de Siqueira

Enviado em 19/03/2007

Wilson, estou respondendo neste topico para não ficar uma coisa em cada lugar, ficando mais dificil de se entender.

Eu percebi que havia algo errado no que voce tinha dito, mas realmente não achei que fosse importante no momento. com sua correção, melhor.

Quanto ao semen sexado, tambem acho mais prudente deixa-lo para uma etapa futura o seu emprego.

Quanto a produção de vacas jersey, temos conseguido produções em torno de 15 Kg/vaca/dia em sistema de pastejo rotacionado com suplementação, com relativa facilidade. Em sistema de confinamento, as vacas jersey poderão produzir diariamente por volta de 20 a 24 Kg/vaca/dia (sempre considerando média de rebanho). É claro que dependera muito da genetica dos animais trabalhados, mas essas médias estão sendo conseguidas por criadores da raça.

Quanto aos piquetes, sempre que falamos em vacas em lactação, pensamos em pastejos diarios, ou seja, um piquete para cada dia. Mas como ja falei antes, se as condições não forem suficientes para fazer um piquete para cada dia, faça de forma que seja necessario somente a divisão dos piquetes em tres, não sendo necessario a perda das cercas já existentes, mas apenas dividi-los em partes menores.

Caso use algum capim do tipo do tifton, coast-cross ou similar, o periodo de descanso é em torno de 17 a 18 dias no verão e a area dos piquetes é de aproximadamente 50 metros quadrados por vaca, em dezoito a vinte piquetes.

Quanto aos dados das areas e suas utilizações, seria recomendado o uso de um tecnico capacitado para ajuda-lo, pois depende do tipo e qualidade do solo, topografia, clima, tipo de capim, etc.

Só achei seu tanque um pouco super-dimensionado , principalmente para o inicio das atividades, pois voce tera que colocar por volta de trezentos litros dentro para que ele comece a funcionar bem ( em torno de 10% da capacidade total).

Um abraço,

Névio.

Wilson Mota da Silva

Enviado em 26/03/2007

Obrigado pela colaboração até o momento, pelo que o Dr. Névio explicou não posso iniciar com todas as vacas em lactação, elas secarão ao mesmo tempo, sendo 15 a 20 animais produzindo, deve haver planejamento para que uma seque e outra entre em produção,mantendo assim a lactação do rebanho, De acordo com o Dr guilherme , pessoas agressiva com os animais os deicam estressados e " eles respondem " da mesma forma. Agora vou adquirir o plantel. Esta semana (quinta feira) recebo 5 bezerras 7 meses desmamadas (3 holandesas e 2 jersey) sem "pedigree"porém as mães tem lactação acima de 14 litros 2 ordenhas dia, pretendo comprar algumas já produzindo para no segundo semestre deste ano iniciar a venda do leite e, a partir de janeiro 2008 ter a entrega planejada de leite à cooperativa. continuarei lendo o site para conhecer mais o universo agroecuário

Guilherme Alves de Mello Franco

Enviado em 26/03/2007

Prezado Wilson: Não sou doutor. Sou apenas mais um aluno neste universo de informações que nos são repassadas por profissionais de grande capacidade, como é o caso do Névio. Alio a estes grandes ensinamentos minha prática cotidiana no trato com vacas holandêsas. Parabéns pelo início: sorte na caminhada e bem vindo ao grupo dos produtores de leite.
Um abraço,

GUILHERME ALVES DE MELLO FRANCO
Fazenda Sesmaria - Olaria - MG
Seleção de Gado Holandês
Filiada à Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais
(Afixo: S.E.S.G.A.)
Rebanho cem por cento registrado

HOLANDÊS: A RAÇA QUE MAIS PRODUZ LEITE NO MUNDO!!!
HOLANDÊS DA SESMARIA: VOCÊ AINDA VAI TER UM!!!

Wilson Mota da Silva

Enviado em 29/03/2007

Hoje pela manhã recebi meus primeiros animais (5 bezerras desmamadas,6 meses de idade 3 holandesas 2 jersey) com a rceita para alimentação diária.Por enquanto elas ficarão em local fechado, mas quando forem para o pasto nao seria prudente vaciná-las contra a raiva? Não sei se nesta região ha presença de morcegos, por isso minha preocupação.

Guilherme Alves de Mello Franco

Enviado em 29/03/2007

Prezado Wilson: Parabéns pelo começo. Acho prudente que as vacinações básicas, como raiva, aftosa, tuberculose e brucelose, sejam efetivadas mesmo em áreas em que a incidência destas moléstias sejam restritas ou, até mesmo, inexistente. Melhor prevenir que remediar, diz a sabedoria popular e, não é à toa. Quanto às suas bezerras, é conveniente que sejam soltas em um pasto, durante o dia, para tomarem contato com o carrapato, evitando que adquiram babesiose (uma doença que é transmitida por ele e que mata), também conhecida por tristeza. À noite, dormem presas em casinhas ou na estrutura que você tiver para elas. Note que o pasto não é para que elas se alimentem propriamente, mas para que brinquem e se desenvolvam fisicamente, já que a alimentação deve ser, ainda, à base de ração, feno e outros aditivos. São suas futuras vacas, não se esqueça disto.
Um abraço,

GUILHERME ALVES DE MELLO FRANCO
Fazenda Sesmaria - Olaria - MG
Seleção de Gado Holandês
Filiada à Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais
(Afixo: S.E.S.G.A.)
Rebanho cem por cento registrado

HOLANDÊS: A RAÇA QUE MAIS PRODUZ LEITE NO MUNDO!!!
HOLANDÊS DA SESMARIA: VOCÊ AINDA VAI TER UM!!!

Névio Primon de Siqueira

Enviado em 29/03/2007

Caro Wilson, recomendo que consulte algum técnico da sua região, pois os problemas regionais certamente ele tera conhecimento, para indicar um bom manejo sanitario para os seus animais.

Comece com cuidado, pois é no começo que se faz a coisa certa. Só alerto para que cheque se a vacina de brucelose já foi feita, pois essa é obrigatória e só pode ser feita até os 8 meses de idade. Procure se informar e providecie a vacinação, caso seja necessário.

Abraço,

Névio.

Helio

Enviado em 22/09/2012

gostaria de  comprar algumas  novilhas jersey pode  ser pc que  tenha uma boa  genetica, sou  de  Anapolis  goias,meu  sitio tem 20  ha  formados de   capim branquiarao brizanta,  qtas  cabeças posso comprar???????????
Meu nome  e  Helio,  e o  meu  email  e  aguiareformasepinturas@gmail.com
Grato.

Maria de Fátima Siqueira Viggiano

Enviado em 19/02/2013

Qual é o tipo ideal de terra para criação de gado leiteiro? Estou comprando uma terra de 10 alqueires, com 20% de mata nativa que contorna toda a propriedade. O terreno é divido em duas partes: uma parte que é mais amorrada e a outra um pouco plana. Será que eu posso criar algum gado leiteiro. Quas vacas caberiam nesse local?
e-mail: mariaviggiano@ig.com.br

Maria de Fátima Siqueira Viggiano

Enviado em 19/02/2013

Qual é o tipo ideal de terra para criação de gado leiteiro? Estou comprando uma terra de 10 alqueires, com 20% de mata nativa que contorna toda a propriedade. O terreno é divido em duas partes: uma parte que é mais amorrada e a outra um pouco plana. Será que eu posso criar algum gado leiteiro. Quas vacas caberiam nesse local?
e-mail: mariaviggiano@ig.com.br

Maria de Fátima Siqueira Viggiano

Enviado em 19/02/2013

Qual é a melhor terra (plano ou acidentada) para cirar gado leiteiro?

Névio Primon de Siqueira

Enviado em 20/02/2013

CAra Maria de Fátima, dificil a resposta. Para responde-la com responsabilidade teriamos que conhecer sua area e fazer as indicações corretas ou possiveis. Uma area plana seria recomendada em alguns sentidos ( facilidade de manejo, conforto ao caminhar, menor desgaste fisico, facilidade em planejar instalações, etc) porem temos que tomar muito, mas muito cuidado com barro, lama, acumulo de sujeira, etc. Eu particularmente prefiro a topografia levemente ondulada, onde temos escoamento hídrico e possibilidade de manejo fácil com pouco desgaste fisico dos animais ( subir morros não é fácil). As terras planas tem a vantagem também de serem mais facilmente cultivaveis, o que resulta em custos menores de alimento ( capineiras, roças para silagem, piquetes, etc). Planicies em beiras de ribeirões ou rios tambem são passiveis de inundação temporaria ( pesquise se for o caso para não ter surpresas). Enfim , faça seu planejamento de sistema de manejo que voce pretende desenvolver ( analisando se é possivel executa-lo na propriedade) e boa sorte.
Abraço,
Névio

Maria de Fátima Siqueira Viggiano

Enviado em 20/02/2013

Muito obrigada pela informação. Abraços.

Gabriel

Enviado em 21/04/2013

Boa noite .
     Caro Amigo tenho uma boa vaca de leite que está com aquela doença de urinar sangue , gostaria de saber se tem cura ?
pode me ajudar , por favor ?
é urgente .
agradeço .

Névio Primon de Siqueira

Enviado em 21/04/2013

Caro Gabriel, existem algumas doenças que tem como sintoma o sangue na urina. Considerando que voce esta em São Jose dos Campos e sabendo que na região do Vale do Paraiba é frequente a presença de samambaia nas pastagens, imagino que seja a "hematúria enzootica Bovina, causada pela ingestão da mesma. Se realmente for esse o seu problema ( da sua vaca), voce somente consegue amenizar temporariamente a hematúria e ainda assim não é sempre que tem resultados positivos. Caso esteja com a vaca prestes a parir por exemplo, as vezes voce consegue levar a gestação a termo. O tratamento ( paliativo ) é a base de antihemorragicos ( usava muito vitamina k associada ao Transamim que não esta fácil de encontrar acho que parou a comercialização dele) e os animais tratados paravam temporariamente de urinar sangue, mas voltavam a apresentar o problema. Faça bem as contas para ver se vale apena o tratamento...
abraço,
Névio

Mariana Pompeo de Camargo Gallo

Enviado em 14/04/2014

Gostaria de convida-los a participar do Curso Online  "Aleitamento de bezerras com sucedâneos lácteos".

O curso terá início em 29/04 e a instrutora Carla M. M. Bittar, irá esclarecer os principais aspectos relacionados ao uso de sucedâneo para aleitamento de bezerras, além de tirar dúvidas através do fórum de perguntas e conferência online.

Para mais informações ou realizar sua inscrição acesse nossa página de cursos: http://www.agripoint.com.br/curso/aleitamento-bezerras/

Ou mande um e-mail para: cursos@agripoint.com.br

Ilson Brandão

Enviado em 18/06/2014

Caros amigos,

Estou adquirindo uma propriedade para começar uma atividade leiteira em pequeno porte, com ordenha mecânica e tentar fazer o manejo do gado somente em pasto (leite verde).

Gostaria de saber quantos hectares preciso dispor para criar 20 vacas boas de leite (minimo 30 litros dia), penso em gado holandês puro.

Agradeço pela atenção e orientação dos amigos.
Estou em Minas Gerais.

abraços.

Responder ao tópico:

10.000 caracteres restantes

Enviar mensagem

Copyright © 2000 - 2014 AgriPoint Consultoria Ltda. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade