Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Cadeia do leite > Touro da Semana

Beekmanshoeven Bertil (BERTIL) - HPB - Holandês Preto e Branco

Por Roger van der Vinne
postado em 08/07/2010

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

BERTIL - Funcionalidade e sólidos: muita gordura e proteína no leite!



Não é de hoje que a preocupação com o incremento de sólidos no leite (principalmente gordura e proteína) vem direcionando muitos programas de seleção em todo o mundo. Isto ocorre à medida que as indústrias começam a remunerar o leite de acordo com a sua composição.

Apesar de alguns acharem que no Brasil isso não é importante, visto que muitas indústrias não pagam um adicional, deixar de levar isso em conta hoje pode ser um erro grave na seleção dos touros que utilizamos. Impreterivelmente o mercado caminha para o pagamento por sólidos e não se pode ficar esperando isso acontecer para só então colocar a genética de sólidos nos itens a serem melhorados no rebanho.

Não podemos esquecer que uma geração dura em média 3 a 5 anos quando falamos em bovinos e aí pode ser muito tarde. Portanto, é muito importante a utilização de touros como Beekmanshoeven BERTIL, um dos líderes da raça para produção de gordura e proteína. Essa característica é herdada principalmente de sua forte linha materna com JOCKO BESNE e FATAL, o que também propicia um pedigree bastante aberto. Também acompanham o pacote a pelagem escura, que é bastante desejada, bons úberes e pernas bem funcionais, características típicas dos bons touros europeus.

BERTIL também pode ser utilizado em novilhas, o que facilita sua aplicação.

Touro: BERTIL (CRV Lagoa)

Pai: VENERIETE WILLIS
Mãe: BEEKMANS TINIE 409
Avô Materno: JOCKO BESN
Avó Materna: BEEKMANS TINIE 311

Empresa que distribui o sêmen no Brasil: CRV Lagoa

Fatores positivos: sólidos altíssimos, facilidade de parto, bons úberes e pernas.

Fatores limitantes: não transmite muita força e profundidade corporal.

Prova Americana

Prova Canadense

Prova Holandesa

Você gostaria de indicar um touro para essa seção? Clique aqui.

O que você achou desse touro? Comente utilizando o box de Cartas do Leitor.

Você deseja entrar em contato com a empresa que comercializa esse touro? Preencha o formulário abaixo que encaminharemos a mensagem.

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

Gustavo Luiz Amaral de Oliveira

Ilha Solteira - São Paulo - Estudante
postado em 21/07/2010

Coloração ideal para regiões cuja incidência de raios ultravioletas são de maior proporção; bom tamanho ou porte, o que facilita as parições, diminuindo a ocorrência de partos distócicos.
Interessante também quando se trata de alto teor de sólidos, uma vez que a tendência é receber (R$) por "Kg" e não mais por Litro de leite.

rovilson pereira dos santos

alfenas - Minas Gerais - zootecnista
postado em 08/01/2012

touro que tivemos problema de  distocia em varias repectoras.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2014 AgriPoint Consultoria Ltda. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade