Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Leite Fazenda Bela Vista lança embalagem de meio litro

postado em 12/04/2002

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Leite da Fazenda Bela Vista, maior fabricante de leite pasteurizado tipo A de São Paulo, quer crescer 10% este ano apostando no mercado de consumidores que moram sozinhos ou casais que não têm filhos. A empresa pretende atingir a meta de produção de 50 mil litros por dia e aumentar sua fatia no mercado com o lançamento de embalagens de leite de 500 mililitros, uma novidade para o setor.

A empresa, que já trabalha com embalagens de 1 e 2 litros, decidiu pelo lançamento da embalagem menor após realizar pesquisas nos pontos de venda e ouvir consumidores pelo SAC - Serviço de Atendimento ao Consumidor. "Descobrimos que muitas pessoas deixam de consumir leite para evitar o desperdício, uma vez que o produto só estava disponível em embalagens a partir de 1 litro”, explicou o gerente comercial da empresa, Paulo César Passarini.

Atualmente, já existem diversos produtos em embalagens dirigidas ao público que mora sozinho, ou consome em pouca quantidade, como por exemplo ovos em embalagens de meia dúzia, pães de forma com apenas 8 fatias, cereais com pequenas porções individuais dentro da caixa 500 gramas, queijos, massas frescas e outros.

A diversificação foi a saída encontrada para crescer no segmento dos leites "top" de linha, que têm apresentado crescimento de 4% ao ano, um número modesto diante do salto ocorrido em outras áreas de lácteos, como iogurtes e sobremesas.

O negócio do leite tipo A tem suas particularidades: o leite deve vir de rebanho único, sem contato manual e com limite de 500 bactérias por mililitro após a pasteurização. No leite B, são 40 mil bactérias e no leite C, até 150 mil. Uma única fazenda, na cidade de Tapiratiba (SP), na divisa com Minas Gerais, produz todo o leite da empresa.

As especificações rígidas restringem a entrada de produtores comuns no negócio e permitem que uma empresa de porte médio como a Leite da Fazenda, que faturou R$ 20 milhões no ano passado, possa ser a líder em São Paulo. Entre as gigantes dos alimentos, apenas a Parmalat também atua neste mercado no Brasil.

Pelos cálculos de Passarini, a Leite da Fazenda tem cerca de 70% de participação no mercado de leite tipo A do Estado de São Paulo. Os números são aproximados porque o mercado de leite tipo A não é auditado. "É um nicho muito restrito, de somente 40 milhões de litros por ano em todo o Brasil", diz o consultor da Scot, Maurício Nogueira.

Por se tratar de um produto altamente perecível a empresa acredita que as pessoas que consomem pouco irão optar pela compra de quantidade menor a preço mais barato. Enquanto o litro de leite tipo A custa cerca de R$ 1,80, a embalagem com meio litro deverá custar aproximadamente R$ 1,00.

Por enquanto, o produto começou a ser distribuído em algumas padarias da Grande São Paulo. A próxima fase será a entrada nos grandes supermercados.

Além do leite pasteurizado, hoje a Leite da Fazenda fabrica creme de leite e suco de laranja pronto para beber. A empresa também estuda a entrada em outros mercados de lácteos nos próximos anos.



Fonte: Leite Fazenda Bela Vista (por Waldely Reis e Luzia Zocchio) e Valor Online (por Giuliano Ventura), adaptado por Equipe MilkPoint

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

luiz carlos

Belo Horizonte - Minas Gerais - Produção de ovinos
postado em 30/04/2002

Como consumidor do Leite Fazenda Bela Vista, parabenizo a iniciativa da empresa de lançar a embalagem de 500 ml. Como produtor de leite, penso que esta embalagem trará mais comodidade ao consumidor, podendo, quem sabe, ganhar uma fatia do mercado do leite longa vida, que vem sendo um dos responsáveis pela má remuneração ao produtor.

Edmar Soares Nicolau

Goiânia - Goiás - Pesquisa/ensino
postado em 12/08/2002

Sou Professor da Disciplina de Inspeção e Tecnologia de Leite e Derivados da E.V./UFG e gostaria de parabenizar a Milkpoint e a Leite Fazenda Bela Vista, pela publicação e criação da embalagem de meio litro para o leite tipo "A", gostaríamos de ter esta aqui em Goiânia-GO. Quero também aproveitar este espaço para solicitar à Milkpoint que se possível publique artigos sobre a tecnologia de fabricação dos queijos tipo Catupiri e tipo Coalho ou envie estas duas metodologias para o meu site. Desde já agradeço.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário

Copyright © 2000 - 2014 AgriPoint Consultoria Ltda. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade